Cacau é fruto repleto de nutrientes e de grande produção brasileira

Inicio » Agricultura » Cacau é fruto repleto de nutrientes e de grande produção brasileira
02/07/2019 Por
Cacau é fruto repleto de nutrientes e de grande produção brasileira

Os benefícios do cacau e a importância da cacauicultura no Brasil

O cacau é o fruto que vem do cacaueiro. É o elemento principal do chocolate, querido entre milhares de pessoas no mundo. Trata-se de uma fonte de flavonoides e de substâncias antioxidantes, considerando que apresenta maiores quantidades, inclusive, que o açaí. Esse fruto pode solucionar diversos problemas de saúde, mas é importante ter em mente que estamos falando da fruta natural e não exatamente do chocolate, que ganha demais ingredientes.

Além disso, o cacau pode oferecer inúmeras vantagens à saúde. É capaz de atuar na prevenção de anemias, em razão do seu alto quantitativo de ferro. É o responsável pelo combate a doenças neurológicas, bem como sistema nervoso que se descontrola fácil. Veja os principais benefícios do cacau, a seguir.

Cacau

Benefícios do cacau

Entre os principais e mais conhecidos benefícios do cacau, podemos citar:

  • torna o humor melhor;
  • combate à ansiedade e depressão;
  • previne tromboses;
  • combate ao colesterol alto;
  • previne aterosclerose;
  • previne o acúmulo de colesterol nos vasos de sangue;
  • previne anemias;
  • reduz o risco de diabetes;
  • previne problemas como derrame e demência;
  • melhora a memória;
  • promove a redução da pressão, em razão de melhor qualidade dos vasos de sangue;
  • auxilia a regular a saúde intestinal;
  • auxilia no controle de inflamações.

Características do cacau

Essa planta é fruto tropical, estimulante, que pertence a classe das esterculiáceas, disponíveis nas Américas. Elas fazem parte de bosques de cor escura e em umidade, protegida sob árvores e florestas de exuberância. Elas ficam entre 1mil metros a nível do mar.

É do cacaueiro que se faz a extração das sementes que, posteriormente ao processo de fermentação, tornam-se amêndoas. A partir delas, há a produção do fruto em pó e da manteiga. Na fase seguinte ao processamento, há a obtenção do chocolate. Este é um produto com alto quantitativo de energético. Ele envolve sementes e está disponível em grandes volumes de polpa mucilaginosa, com açúcar e na cor branca. Produz sucos, geleias e refrescos.

Em relação à casca da fruta cacau, há grande quantitativo de pectina que, posteriormente ao processo mecânico, faz-se a transformação em um tipo de ração animal. Além disso, passa pela transformação biológica que pode ter uso como uma substância fertilizante de caráter orgânico.

Como funciona a produção de cacau no Brasil?

A cacauicultura brasileira tem distribuição nas regiões da Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Amazonas e Rondônia. Com uma região que tem plantação em média de 110 mil hectares de cacaueiros, sob responsabilidade de 15 mil produtores, o Pará é segundo lugar na produção brasileira do fruto em formato de amêndoas, de acordo com o IBGE de 2011.

Isso faz com que haja segurança das arrecadações por ano, em relação ao ICMS de R$ 30 milhões, em relação a produtividade deste ramo que chegou a ultrapassar R$ 300 milhões.

Cacau

Portanto, essa atividade no Pará, tem exploração por, de forma básica, produtores pequenos. A plantação de cacau é capaz de predominar em solos de alta e média fertilidade. O bom desempenho da área, com associação a características de preservação da produtividade do fruto em sistema agroflorestal, faz a eleição da cacauicultura como a atividade de maior interesse agrícola.

Já a cacauicultura na Bahia foi reduzida drasticamente, já que o estado ainda se encontra em recuperação das perdas que teve em função da disseminação de vassoura de bruxa na região. Isso fez com que se expandisse a atividade no Pará. O país, no ano de 2011, foi responsável pela importação de quase 33.000 toneladas da fruta, aumentando, ao Pará, a sua produtividade, sem pressão significativa de commodities do mercado.

Origem do cacau

O nome do fruto cacau é um vocábulo que tem derivação da terminologia “kakau”, dos maias. De acordo com os estudos, a palavra pode ter a tradução de “suco amargo”, porém, essencialmente, é um tipo de fonema utilizado para a referência do cacaueiro.

Diversos estudiosos do México puderam encontrar em vasos cerâmicos o vocábulo “ka”, que fazia a representação pelo formato estilizado de peixe, com marcação de dois pontos para a indicação de que o fonema teria duas repetições.

Não é sabido ao certo se estes foram os povos primórdios ao cultivo do fruto, mas de acordo com a história, Astecas e Mais se destacaram primeiramente nesse plantio. Outro fato da origem do cacau é que muito se diz sobre o tempo anterior aos primeiros colonizadores da Espanha até a América. O enredo é que o fruto já tinha cultivo pelos povos indígenas.

Conforme historiadores, a árvore do cacau era considerada sagrada pelos povos mencionados. Isso porque havia o ensinamento por profetas a fazer o cultivo da planta, tanto em relação ao alimento como para dar beleza a jardins de Talzitapec. Todo esse cultivo tinha o acompanhamento por cerimônias específicas de suas religiões.

Essas sementes consideravam-se valiosas, e tinha uso como moedas. Avalia-se que 400 sementes tinham o peso de um countle, e que 20 vezes desse valor formava um xiquipil. Em razão de tudo isso, o cacau conquistou extrema relevância no setor econômico, expandindo-se a ingestão do chocolate.

A partir disso, também, diversas tentativas foram realizadas observando o implemento de lavoura de cacau em áreas de condição de solo e clima que se assemelham ao de sua origem. Dessa forma, as sementes propagaram-se de forma gradual pelo mundo inteiro.

Maiores produtores de cacau

Não demorou para que este fruto se disseminasse pelo mundo. O resultado foi uma grande produção de cacaueiros, que foram conquistando inúmeros públicos por suas possibilidades culinárias. O cacau pode ser usado para a elaboração de doces e diversas receitas pelas quais provém o chocolate.

Cacau

Nesse ranking de maiores produtores de cacau do mundo, elaboramos um Top 6 que conseguiu destaque econômico por sua alta produção e plantação dotada de extensão nas regiões que abriga. Confira quais são eles.

  • 1º lugar – Costa do Marfim;
  • 2° lugar – Gana;
  • 3° lugar – Indonésia;
  • 4° lugar – Nigéria;
  • 5° lugar – Camarões;
  • 6° lugar – Brasil.

O nosso país é o sexto da lista em relação a produção do cacau, mas consegue produzir extensões de plantio todos os anos e segue como o principal produtor das Américas. É referência no mercado importador e consegue atingir grandes resultados para a economia brasileira. O chocolate, por conseguinte, é outra produtividade que ganha bastante destaque no mundo e, principalmente, pelos brasileiros que assumem o gosto pelo doce.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo