Cicuta é um gênero de plantas que crescem no Hemisfério Norte

Inicio » Agricultura » Cicuta é um gênero de plantas que crescem no Hemisfério Norte
07/10/2020 Por
Cicuta é um gênero de plantas que crescem no Hemisfério Norte

A cicuta pode ser uma planta venenosa e perigosa que deve ser evitada. Diferente do caju, utilizado até para fazer bebidas alcoólicas, outras plantas e frutas podem ser utilizadas de outras formas. No entanto, muitas dessas plantas podem ser um problema, assim como a cicuta.

A cicuta é uma planta venenosa e mais comum no Hemisfério Norte. Algumas pessoas pensam que não há mercado aqui no Brasil. É engano do comerciante que acredita que essa planta não existe aqui. Mais engano ainda daquele que acredita que seu comércio não é comum e pode ser perigoso.

Cicuta

O que é cicuta?

Cicuta faz parte de um grupo de plantas tóxicas que pode ser prejudicial a todos que a ingerem. Assim sendo, sua medida deve também ser considerada nesse momento. Uma pequena ingestão pode causar desconforto, enquanto ingestão média a alta causa a morte.

É importante salientar que o veneno da cicuta é tão profundo, que pouco se tem a fazer quando ela estabelece contato com a pessoa por meio da ingestão. Portanto, é ideal conhecer as plantas de sua lavoura.

Mais do que evitar as pragas e insetos, é preciso se atentar ao plantio de espécies como a cicuta. Ainda que seja muito mais comum no Hemisfério Norte, ela pode aparecer pelo Brasil.

Aliás, não é incomum o tráfico desse tipo de planta para utilizar como veneno. A planta conhecida como Umbellifare cientificamente pode ser perigosa para qualquer um.

Mesmo que com a maceração para óleo, a planta seja benéfica para dores de ouvido, é mais comum sua venda para ornamento e plantio. Assim sendo, é utilizada para envenenamento, ainda que muitas pessoas tentem retirar esse veneno.

Contudo, são tentativas vãs. O Ministério da Saúde e a OMS já alertaram sobre os perigos dessa planta tóxica. Bem como já alertaram que a cicuta e a Mamona são muito parecidas em diversos aspectos, claro, ambas venenosas.

Portanto, é importante conhecer a cicuta para que o seu comércio não seja prejudicado. Afinal, há muitas formas de se prejudicar o trabalho alheio.

Plantas tóxicas para animais

Como já dito anteriormente, é engano de quem acredita que o comércio de cicuta não existe no Brasil. Na verdade, ele é mais comum em lojas naturais e de plantio. Algumas pessoas compram para usar no ornamento da casa.

Esse público é bem pequeno até, porque a planta não é exatamente bonita. Mas algumas espécies têm flores e podem ser bem-vindas para a maior parte das pessoas. Então, se você procura investir em uma floricultura, saiba que a cicuta é uma boa opção de venda.

Por outro lado, você sempre precisará ter o cuidado de avisar que se trata de uma planta tóxica. Logo, não deve ser ingerida e precisa ser mantida longe de crianças e animais. Isso porque essa é uma das plantas tóxicas para animais e que pode chegar a matar o seu pet.

Com esse aviso dado, basta investir na venda e no cuidado de cicuta. Vale muito a pena e algumas pessoas realmente procuram pela planta para enfeitar a casa.

A venda dessa planta é mais comum no Sul e Sudeste do país. Afinal, as temperaturas são mais baixas nessas regiões e a planta se adéqua bem ao clima.

No entanto, é preciso avisar que a cicuta não é comprada apenas para ornamento. Em algumas regiões do país, sobretudo no Sul, é comum que pessoas invadam as fazendas de outras pessoas para plantar a cicuta.

Por que elas fazem isso? Muito simples: envenenar os animais que vivem ali. Isso elimina o gado do “concorrente” e ele pode perder suas vendas por conta disso.

Cicuta

Envenenamento de bovinos

No Sul do país, as pessoas costumam plantar a cicuta para o gado de outro fazendeiro. Isso porque esse fazendeiro pode ter fornecedores que interessem essa outra pessoa. Portanto, é comum que ela invista nesse plantio ilegal para conseguir os contratos no lugar. Afinal, com o gado do outro morto, só resta ao contratante procurar outra carne.

Essa atitude é muito ruim e infelizmente acontece mais do que imaginamos. A cicuta é uma das plantas tóxicas para bovinos e pode matá-los em pouco tempo.

No entanto, se o fazendeiro não souber que o animal foi envenenado, pode vender a carne ainda assim. Logo, se o contratante não checa a qualidade da carne ou não a limpa, ela é vendida com veneno.

Como ele já está no sangue do animal, chegou a ser congelado e depois colocado no seu fogo, não precisa se preocupar. O máximo que pode acontecer é você e sua família terem uma intoxicação alimentar leve.

Nesses casos, então, a cicuta não causa a morte diretamente, mesmo ingerindo grandes quantidades de carne. No entanto, é essencial ter cuidado e lavar a carne sempre que comprar.

Cicuta

Como evitar a cicuta

Se você é fazendeiro e não quer correr o risco de ter sua carne prejudicada ou seu gado morto, é bom estar atento com algumas questões. Nesse caso, o primeiro passo é sempre ficar de olho na grama ao seu redor. Não basta alimentar bem o seu gado, é preciso observar o que ele mastiga.

De uma a duas vezes por semana, passeie pelo local e procure pela cicuta. Se ela foi plantada, corre risco de crescer em algum momento e infectar o seu gado. Se foi apenas deixada ali, é mais fácil de retirar.

Procurar pela cicuta para evitar envenenamento, é quase come evitar insetos na lavoura. Ela não é perigosa com a venda de óleo natural, mas infelizmente é pouco conhecida e utilizada nesse ramo.

Assim sendo, é preciso ter muito cuidado com a cicuta e estar atento ao seu campo. Se um dia chegar a encontrar essa planta tóxica, é ideal cuidar dos seus animais.

Ainda que eles tenham ingerido em pouca quantidade, você não quer arriscar perder um animal, certo? Então, procure um veterinário assim que possível e cuide dele.

Para tratar dos venenos da cicuta, o médico veterinário irá receitar alguns cuidados específicos. Estes dependem de animal para animal, portanto, não se deve utilizar os cuidados como universais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo