Cocada cremosa, variação da cocada tradicional, é deliciosa

Inicio » Agronegócio » Cocada cremosa, variação da cocada tradicional, é deliciosa
15/10/2020 Por
Cocada cremosa, variação da cocada tradicional, é deliciosa

Cocada cremosa é iguaria comum na Bahia, mas que faz sucesso no Brasil todo. É difícil encontrar um doce tão brasileiro quanto essa variação da cocada tradicional. Doce muito antigo, é uma ótima opção para rechear bolos, utilizar como calda ou simplesmente comer de colher.

A cocada cremosa também tem grande popularidade por ser muito fácil de fazer e consegue ser uma das receitas favoritas de todas as pessoas que amam doce. Inclusive, a receita é versátil e combina com uma grande quantidade de outros alimentos.

Cocada cremosa

O que é cocada cremosa?

Cocada cremosa é a variação da cocada tradicional. É um dos doces brasileiros mais conhecidos, principalmente na Bahia. A cocada é um doce que aceita diversas variações e métodos de preparo, podendo virar uma rapadura, um creme ou até mesmo uma calda.

Além disso, a produção da cocada cremosa tem uma grande vantagem para os produtores do agronegócio. Isso porque utiliza o coco, algumas vezes o maracujá, o açúcar e o leite condensado, produtos que dependem do agronegócio para chegar até o formato que todos conhecem.

A cocada, inclusive, é altamente produzida, seja ela na sua versão cremosa ou tradicional. Logo, é um ótimo doce e muito popular em diversas regiões do Brasil, o que faz com que turistas consumam em grande quantidade e, por conta disso, aumentam a economia e lucratividade do local.

Versatilidade da cocada

A cocada cremosa não só é feita da forma tradicional, como também pode ter diversos outros ingredientes na sua receita. Algumas pessoas vão mais além e incluem o chocolate em pó, a paçoca, essência de baunilha e outros ingredientes que dão a ela um sabor especial.

No seu preparo, inclusive, é possível colocar canela, açúcar mascavo e demais componentes que trazem um preparo diferenciado e um sabor que tem maior probabilidade de agradar a todos os públicos.

No exterior, inclusive, a cocada tradicional e a cocada cremosa são arduamente reproduzidas, já que muitos estrangeiros nunca tiveram a oportunidade de prová-la em solo brasileiro. Na Angola, a cocada é altamente consumida e considerada uma especiaria diferenciada e refinada.

Cocada cremosa

Cocada cremosa com leite condensado

Uma das variações mais conhecidas da cocada é a cocada cremosa com leite condensado. Esse tipo de cocada agrada o paladar de quase 100% de quem a consome. Para replicar o doce em casa, basta seguir os seguintes passos:

  • Coco ralado a gosto;
  • Leite condensado;
  • Meia xícara de açúcar;
  • 1 colher de margarina ou manteiga, preferencialmente sem sal.

Em uma panela, coloque o coco ralado, o leite condensado, o açúcar e a manteiga/margarina e mexa sem parar, até que tudo se misture e fique homogêneo.

É importante prestar muito atenção para que a cocada não passe do ponto e acabe virando uma cocada de corte. Quando mais cremosa ela ficar, melhor. Portanto, quando ela começar a ferver, baixe o fogo e repare o ponto que ela começa a desgrudar do fundo da panela.

Em seguida, desligue o fogo e transfira para um refratário ou tigela de vidro. Sirva a cocada fria ou quente.

A receita que leva leite condensado é uma das formas mais conhecidas e tradicionais de como fazer cocada cremosa. Além disso, a receita de cocada cremosa deve seguir conforme a vontade de quem está cozinhando.

Ou seja, há pessoas que preferem a cocada quase em ponto de corte, outras preferem a cocada quase em ponto de creme. Tudo isso varia muito de gosto para gosto. Porém, caso a intenção seja comercializar a mesma, é importante fazer com que ela chegue bem próximo ao ponto de corte.

De qualquer forma, ainda há pessoas que acabam deixando a cocada super cremosa e vendendo em potes em forma de cocada cremosa de leite ninho, gourmet ou a tão conhecida cocada cremosa de colher. Além disso, essa mesma receita também pode ser utilizada como cocada cremosa para recheio.

Cocada cremosa

Cocada cremosa de forno

Extremamente prática, a cocada cremosa de forno é um tipo de receita que dá gosto de fazer. Por conta da sua praticidade e versatilidade, pode ser feita em pouco tempo e ainda ser servida com calda de chocolate, brigadeiro ou sorvete. Confira!

  • 2 1/2 xícaras de coco ralado (cerca de 200 a 300 gramas);
  • 3 ovos;
  • 2 xícaras de açúcar cristal (ou outro de sua preferência);
  • 1 colher de margarina/manteiga derretida.

Para preparar, preaqueça o forno a 180 °C enquanto unta a forma com manteiga. É importante que a forma ou o refratário tenha a capacidade de suportar cerca de 500 ml.

Em seguida, em uma tigela pequena ou média, quebre os ovos e transfira para uma tigela maior. O fato de quebrá-los em uma tigela é só para evitar encontrar algum ovo estragado que possa danificar todo o preparo.

Em seguida, junte os ovos com a manteiga/margarina e misture com um batedor ou com o utensílio disponível em casa. Em seguida, vá adicionando aos poucos o açúcar, sempre mexendo muito bem em cada uma das adições, a fim de misturá-lo e não empelotar.

Após fazer isso, adicione o coco ralado e misture até ficar bem incorporado no creme de açúcar. Essa massa deve ser transferida para o refratário em que será levado ao forno. Deixe assando por cerca de 30 a 40 minutos.

A intenção da receita é que a parte de cima da mistura crie uma casca crocante, mas que o meio fique cremoso. Porém, dependendo do gosto de cada um, é possível assar por um tempo menor e servir a cocada ainda mais cremosa.

O ideal é servi-la gelada, mas a receita fica ótima quando servida quente e com uma ou duas bolas de sorvete de creme, preferencialmente. Também é possível colocar junto o brigadeiro de panela.

Cocada cremosa de maracujá

Há também a possibilidade de fazer a receita em forma de cocada cremosa de maracujá. Para isso, basta fazer uma mousse com pó de gelatina de maracujá, acrescentar o coco ralado e levar ao forno, ou simplesmente deixar gelar.

É muito importante salientar que, para fazer qualquer receita de cocada cremosa, é necessário que o coco esteja bem fresco e novo. Caso contrário, pode ser que a receita apresente um gosto de comida velha, o que está longe de ser a intenção. Logo, procure sempre consumir produtos novos, principalmente o coco.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo