Coliformes, presentes nas fezes, podem infectar animais

Inicio » Agronegócio » Coliformes, presentes nas fezes, podem infectar animais
10/08/2020 Por
Coliformes, presentes nas fezes, podem infectar animais

Podendo contaminar o solo, coliformes podem ser responsáveis por uma série de doenças

Os coliformes, extremamente comuns dentro do intestino humano, também podem ser encontrados nos mais diferentes ambientes. Estas bactérias também estão presentes nos organismos de animais de sangue quente e podem atrapalhar o funcionamento de diversos processos, como é o caso da agricultura. A presença deles na terra traz uma série de problemas posteriores.

Contar com um lote contaminado por coliformes pode fazer com que as bactérias estejam presentes nos alimentos ali colhidos. Desta forma, elas podem chegar ao consumidor final e aos animais, transmitindo uma série de doenças. Saiba tudo sobre este elemento que necessita ser neutralizado de forma eficiente.

Coliformes

O que são coliformes?

Coliformes são conhecidos cientificamente como Escherichia coli, sendo extremamente populares por conta da atividade no intestino humano. Porém, dentro deste órgão especificamente, essa bactéria é capaz de auxiliar na velocidade dos processos de digestão e equilíbrio da flora intestinal. No entanto, se encontrada em outras áreas do corpo, é capaz de gerar uma série de distúrbios e infecções.

O volume de coliformes fecais é importante até para determinar a qualidade da água, apontando se ela está potável ou não. Dentro do líquido, a ação destas bactérias é mais preocupante ainda, pois a contaminação em alta quantidade pode fazer com que uma série de doenças sejam transmitidas. Além disso, este tipo de problema também é encontrado em esgotos.

Hoje, na ciência, também há uma linha de profissionais que chamam estes elementos de coliformes termotolerantes, pela capacidade que eles têm para se adequar a novas situações de clima e espaço. Esta alcunha científica já é empregada em uma série de novas pesquisas.

Coliformes

Evitando problemas na agricultura

Para prevenir qualquer problema em relação à presença das bactérias em um terreno, é fundamental ficar de olho na qualidade da água utilizada para o tratamento.

Caso sejam utilizados líquidos sem nenhum tipo de tratamento, é provável que a presença dos coliformes possa ser repassada para o solo. Caso isso aconteça, haverá grande prejuízo no repasse de alimentos para vendas.

Além disso, vale destacar que a água de reuso não é, necessariamente, contaminada por bactérias. É preciso conhecer a procedência, sabendo para quais finalidades aquele líquido foi utilizado na etapa anterior. Por outro lado, caso a preservação seja feita da melhor maneira, é possível reaproveitar este item em sua plantação.

Nestes casos, é fundamental que uma análise seja realizada previamente. Hoje, é muito mais simples identificar a presença destes elementos na água. Qualquer observação simples pode detectar a presença destes elementos estranhos, o que vai apontar a necessidade de um tratamento de água mais intenso.

Coliformes

Doenças geradas pela bactéria

São várias as espécies de coliformes totais presentes em nosso dia a dia. Porém, alguns deles trazem problemas mais efetivos para a saúde, necessitando de um cuidado maior. Alguns tipos produzem toxinas que afetam o intestino, podendo gerar diarreias e hemorragias. Outras espécies causam problemas na urina, além de febres mais fortes e raras.

Dependendo da bactéria, até os jovens podem sofrer fortemente com problemas renais, além de lesões celulares graves. Mas o intestino delgado também pode ser um dos alvos favoritos, além do nascimento de mucosas e a contaminação do fluxo sanguíneo.

São vários os tipos de diarreia que podem ser gerados pela presença de coliformes no organismo, podendo ser extremamente graves e gerando uma desidratação mais intensa.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo