Como plantar graviola? Aprenda as melhores práticas

Inicio » Agricultura » Como plantar graviola? Aprenda as melhores práticas
03/10/2020 Por
Como plantar graviola? Aprenda as melhores práticas

Como plantar graviola, esse fruto cujo nome científico é Annona muricata, de forma bem-sucedida? De fato, a graviola é um fruto popular na América Central e do Sul. Embora nativa das Américas, a árvore hoje é cultivada em vários países tropicais ao redor do mundo.

A graviola pode ser consumida sozinha, mas é mais comumente incorporada em bebidas, sobremesas, sorvetes e doces. Afinal, o sabor da graviola é bastante distinto e doce. É frequentemente comparado a uma maçã cruzada com um morango, mas com um sabor cítrico azedo subjacente. Para aprender como plantar graviola de forma correta, continue lendo!

Como plantar graviola

O que é graviola?

Graviola é o fruto de uma árvore tropical, sendo um dos frutos favoritos nas Índias Ocidentais e na América do Sul, tanto pelo sabor picante quanto pelas propriedades medicinais. Sem dúvida, afinal, é dito que muitas condições podem ser tratadas com graviola.

As frutas, sucos ou chás feitos das folhas das árvores, por exemplo, foram relatados anedoticamente para ajudar a tratar diarreia, problemas digestivos, infecções por parasitas, diabetes, asma, resfriados, artrites, pressão alta, febre e ansiedade.

Benefícios da graviola

Além dos benefícios da graviola citados acima, outro que pode ser listado é o alívio do desconforto respiratório, sobretudo em pacientes que sofrem de doenças respiratórias como tosse e resfriado.

Além disso, o chá de graviola também é eficiente no tratamento de insônia. De fato, o chá de graviola é usado há séculos como um agente para aliviar o estresse.

Não menos importante, intensas pesquisas realizadas sobre a graviola apontam a fruta como tratamento alternativo para o câncer.

Diante de tantos benefícios, aprenda a seguir a melhor maneira de como plantar graviola!

Como plantar graviola

Como plantar graviola?

Com uma demanda crescente no mercado e possibilidades de cultivo em diversas regiões do Brasil, a graviola pode ser vendida para fruteiras até mesmo quando plantada em pomares caseiros.

De fato, no país, seu cultivo se sobressai em estados como Pará, Pernambuco, Ceará, Bahia e Alagoas. Nos últimos anos, porém, São Paulo vem tomando espaço na plantação de graviola, incentivando o plantio no restante do país.

Se ficou interessado, saiba como plantar graviola em vaso logo em seguida, mas antes veja algumas dicas importantes:

  • Solo: solos profundos, arejados, bem drenados e de textura leve;
  • Clima: temperaturas que variem entre os 21 e os 30 graus;
  • Área: pode ser plantada em quintais;
  • Colheita: pode ser feita doze meses após a enxertia ou, de outro modo, seis meses após a floração;
  • Custo: de 2 a 5 reais.

Como plantar graviola

Como plantar graviola em vaso?

  1. Primeiro, é preciso pegar as sementes de uma fruta de graviola e mergulhá-las em água morna durante a noite. No próximo dia, enterre as sementes a 12 milímetro de profundidade;
  2. Mantenha o solo constantemente úmido, pulverizando-o com água. Deve germinar dentro de 2-4 semanas;
  3. Depois que o graviola tiver germinado, mantenha-o em um local parcialmente ensolarado, em um solo bem drenado e protegido dos ventos fortes.

Como plantar graviola no quintal?

A princípio, quando falamos sobre como plantar graviola ao ar livre, é importante manter pelo menos 6 metros de outras árvores ou plantas e aplicar uma camada fina de composto, pois a graviola tem raízes rasas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo