Confinamento: saiba como funciona esse sistema de criação de animais

Inicio » Agronegócio » Confinamento: saiba como funciona esse sistema de criação de animais
18/02/2019 Por
Foto: confinamento
Confinamento: saiba como funciona esse sistema de criação de animais

Confinamento é necessário para que mercado agropecuário brasileiro siga em expansão

No ramo do agronegócio há vários métodos para criação de animais de diferentes espécies. Uma dessas formas, bastante utilizada, é o confinamento.

O confinamento é utilizado com maior frequência na criação de gado, no período produtivo que precede o abate do bovino. É um processo destinado à venda.

confinamento

O que é confinamento de animais?

O confinamento animal é destinado à criação de bovinos, suínos, aves, caprinos, ovinos e outros. A questão remete a um sistema de produção intensivo. Assim, o significado de confinamento, na área agrícola, envolve a criação de animais de diferentes espécies em galpões fechados. Eles se alimentam no cocho, com ração ou outros materiais.

Como funciona o processo

Cada país tem suas regras próprias de confinamento. No Brasil, geralmente é realizado anualmente, no período seco. Nessa época, a forragem para pasto se torna escassa.

O confinamento de gado inclui um sistema de engorda, que depende de:

  • Animais potencialmente aptos a ganhar peso;
  • Fornecimentos de alimentos em proporções e quantidades eficientes;
  • Gestão e planejamento.

A área de confinamento deve dispor de fartura de alimentos. Precisa estar bem localizada, facilitando a aquisição e a comercialização dos animais. Além disso, é premente que o local de confinamento animal possa contar com uma infraestrutura eficaz.

Por fim, é necessário um setor de gestão do negócio, com escritório e aparelhos, catalogando fichas e monitorando o desempenho dos lotes em confinamento. Até mesmo uma farmácia pode ser instalada.

Confinamento de boi 

Os bovinos são colocados em currais ou piquetes, em território restrito. O fornecimento de água e alimentos ocorre através dos cochos.

O confinamento de boi é uma preparação da carcaça do animal para seu abate, visando à comercialização. Uma carcaça de qualidade depende de os processos de cria e recria serem realizados com eficiência.

A ração deve ser balanceada e a água, de qualidade. Podem ser confinados bezerros desmamados, garrotes, vacas boiadeiras, novilhos recriados.

O confinamento de gado dá aos animais uma maior possibilidade de engorda rápida. Além disso, libera áreas de pasto.

Portanto, no confinamento de boi, atenção aos cuidados sanitários, vacinas e auxílio veterinário. Por outro lado, o tamanho do curral deve ter no mínimo 15 metros quadrados por cabeça.

Confinamento de suínos

Tem se aprimorado e expandido no Brasil. Isso devido às melhorias tecnológicas. A criação de suínos em forma intensiva, isto é, o confinamento de porco, inclui as seguintes modalidades:

  1. Confinado de alta tecnologia;
  2. Semiconfinado.
  3. Confinado tradicional;
  4. Confinado sobre cama;

Confinamento

Assim, no confinamento de porco é importante que o ambiente apresente temperatura confortável e ar de qualidade. O confinamento de suínos exige que os resíduos sejam manejados de maneira eficaz.

Confinamento de aves

Para comércio é, em geral, um sistema intensivo que se destina a produzir frangos para corte e galinhas para a produção de ovos. É parecido com a criação industrial.

Durante todo o ciclo produtivo, as aves são mantidas em galpões, em confinamento total, até o abate. No confinamento de aves, a cama aviária deve apresentar boas condições, como se manter seca e ter altura adequada.

Por outro lado, o volume de aves por metro quadrado é essencial para o sucesso do empreendimento. Elas são alimentadas com folhagens penduradas ou alimentadores.

Ademais, deve-se controlar doenças e utilizar vacinas auxiliam na produção. Na atualidade, o Brasil é o segundo maior produtor mundial em avicultura.

Animais confinados que geram produtos de qualidade

O significado de confinamento de animais é relacionado à obtenção de produtos de maior qualidade e rápida engorda.

Animais confinados devem ter as seguintes características:

  • Saúde e força;
  • Ossatura robusta (especialmente no caso dos bovinos);
  • Desenvolvimento muscular adequado;
  • Gordura o bastante para que a carne tenha sabor e uma carcaça com boa cobertura.

Portanto, o manejo dos animais em confinamento precisa ser realizado com cuidado e técnica, evitando situações adversas, e estresse dos confinados e prejuízos. Aparência e ações dos confinados devem ser constantemente observados por profissionais competentes.

Agro20 | Portal Vida No Campo