Corn Belt é região nos EUA especializada em cultivo de milho

Inicio » Agricultura » Corn Belt é região nos EUA especializada em cultivo de milho
03/10/2020 Por
Corn Belt é região nos EUA especializada em cultivo de milho

O cinturão do Corn Belt é uma das mais tradicionais áreas agrícolas do país norte-americano. O setor agropecuário estadunidense sempre teve grande destaque. Isso porque ele sempre teve intensa mecanização e favorecimento dos fatores naturais, como o clima e a ampla extensão territorial. Um dos grandes exemplos desse setor é o chamado Corn Belt.

Apesar de o país ser dos principais exportadores de produtos agrícolas para o mundo, ele não é o motor da economia local. Isso porque, mesmo com a produtividade do Corn Belt, a participação da atividade dentro do PIB nacional é pouca, mantendo um percentual modesto de apenas dois por cento.

Corn Belt

O que é Corn Belt?

Corn Belt é o termo dado ao tradicional cinturão produtor de milho localizado nos Estados Unidos. Aliás, ele está situado no chamado Meio-Oeste do país, uma região que é dominada pela concentração e produção de várias outras culturas.

Além de vários fatores favorecerem o sucesso produtivo local, vale destacar a presença de uma terra formada por uma elevada concentração de solo orgânico e solos férteis e profundos. De qualquer forma, grande parte desse milho cultivado no Corn Belt ainda é direcionado para a alimentação animal, como aves e suínos.

A importância do Cotton Belt

Outro importante cinturão agrícola, o chamado Cotton Belt é uma área voltada para a cultura do algodão. Isso porque, desde o século XIX, essa cultura começou a assumir um papel fundamental dentro da economia dos Estados Unidos.

Também chamado de Cinturão do Algodão, a especialização nesse tipo de cultivo costuma ocorrer na região Sudeste, devido ao clima quente e propício para tal. No entanto, nos últimos anos, estados do oeste do país vêm demonstrando força e ganhando mercado nesse tipo de produção.

Corn Belt

Os cinturões agrícolas e o Corn Belt EUA

A produção agrícola dos Estados Unidos é uma das mais interessantes e modernas do mundo. Seja em volume ou extensão, os chamados “cinturões” são organizados em grandes faixas de terras, também denominadas “zonas”.

No entanto, para esses resultados serem positivos, leve em conta fatores como condições climáticas, tipos de solos e até particularidades históricas de povoamento.

Além do Corn Belt EUA e também do Cotton Belt, que já conhecemos, outros belts também são especializados no cultivo de um determinado produto.

Enfim, vale lembrar que esses cinturões não são zonas monocultoras, visto que ainda existe uma série de cultivos secundários.

Corn Belt

Cinturão do Milho dos EUA inspira o Brasil

O chamado Cinturão do Milho dos Estados Unidos tem atraído a atenção de uma camada de produtores brasileiros. Isso porque o grande interesse era ver de perto por que e como esse país consegue se manter como maior produtor mundial de grãos.

Enfim, além de aprender novas técnicas sobre o principal exportador de produtos agrícolas, a viagem foi promovida por uma agência de negócios e intercâmbio econômico para aumentar nosso know-how. Sem falar que, além de ficar de olho no Corn Belt, nossos agricultores puderam conhecer melhor as máquinas, tecnologias e as técnicas que de quem é recordista em produtividade. Tudo para que a nossa agronomia possa crescer cada vez mais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo