Coxão duro é uma das melhores carnes bovinas para consumo

Inicio » Pecuária » Coxão duro é uma das melhores carnes bovinas para consumo
26/02/2019 Por
Coxão duro é uma das melhores carnes bovinas para consumo

Coxão duro é cada vez mais popular e consumido entre os brasileiros, além de fazer parte do setor mais lucrativo do país

O Brasil é o maior produtor, consumidor e exportador de carne bovina do mundo. A comercialização de carnes como coxão duro, coxão mole, contra filé, cupim e outros têm elevada popularidade no país.

O coxão duro é uma peça bovina alimentícia rica em vitaminas, proteínas, ferro e zinco; entretanto, a maior preocupação das pessoas sobre o consumo de alimentos, é baseado em seu teor de gordura. De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde – um consumo de, no máximo, 10% de gordura saturada não prejudica gravemente a saúde humana.

Estrogonofe: prato feito com coxão duro

Características do coxão duro

O coxão duro – ou coxão de fora – é caracterizado como um tipo de corte bovino; encontra-se na parte traseira do animal e apresenta uma grande quantidade de gordura exterior.

Considerado como um corte magro, o coxão duro apresenta 8,9g de gordura em sua carne já preparada, seja cozida, grelhada ou assada. Embora não seja o corte mais gorduroso, é recomendado que não seja consumido em excesso para evitar problemas.

De acordo com a revista Circulation, em estudo divulgado em 2010, bacon, linguiças e embutidos são os principais alimentos capazes de aumentar as chances de doenças cardiológicas em 42%. Deve-se saber exatamente o tipo de carne que se está ingerindo para manter uma vida saudável.

Em geral, a carne vermelha faz muito bem à saúde e contribui para riscos menores de doenças cardíacas e diabetes. Ainda que cortes bovinos sejam considerados vilões para a saúde, isso não é determinante quando se mantém o equilíbrio na ingestão de alimentos saudáveis.

Tipos de cortes bovinos

Popular entre os cortes bovinos brasileiros, o coxão duro divide as atenções dos amantes de carne vermelha com outros nomes. Entre eles, podemos citar:

  • Filé mignon
    Localizado na parte traseira dos bois, é popularmente conhecido por sua carne nobre, macia e com baixo teor de gordura e nervos. É muito utilizado em pratos finos e versáteis, como estrogonofe e refogados.
  • Alcatra
    Encontrada na parte de trás do boi, é a peça que divide o coxão duro e o coxão mole. Considerada uma carne de primeira, faz parte do grupo de carnes nobres e tem sabor e maciez como destaques principais.
  • Picanha
    Também encontrada na parte traseira do animal, é conhecida como a carne mais amada dos churrascos, é caracterizada por seu corte extremamente macio e sua sólida gordura externa.
  • Filé de costela – ou bife ancho
    Dividida em três partes, pode ser encontrada próximo ao lombo, ao quadril, e na minga – parte inferior. Popular em churrascarias, tem altos níveis de gordura e apresenta um dos cortes mais requisitados na culinária brasileira.
  • Fraldinha
    Encontrada entre a traseira e a costela do boi, é a mais utilizada na preparação de hambúrgueres; é uma peça pequena para corte, porém saborosa.

Coxão duro

Por fim, o coxão duro – assim como outras peças de carnes – deve ser consumido grelhadas e sem adição de óleo, manteiga ou derivados gordurosos. Assim, é possível excluir o máximo de gordura da própria carne e manter suas propriedades mais saudáveis para o consumo.

Agro20 | Portal Vida No Campo