Crédito rural: linha de recursos destinada a produtores agrícolas

Inicio » Agronegócio » Crédito rural: linha de recursos destinada a produtores agrícolas
04/06/2019 Por
Crédito rural: linha de recursos destinada a produtores agrícolas

O crédito rural pode ser obtido por produtores individuais ou cooperativas de créditos

Para usufruir do crédito rural é preciso aderir a um dos planos disponíveis. Ele pode ser destinado à compra de animais, sementes, insumos ou maquinário.

O crédito rural apresenta taxas e condições de pagamento diferenciados para os produtores e tem o objetivo de alavancar o setor.

Crédito rural

O que é crédito rural?

Crédito rural são recursos destinados especificamente para questões que envolvem o agronegócio. Estes recursos seguem regras estabelecidas no manual de Crédito Rural, que é elaborado pelo Banco Central do Brasil.

Assim, bancos e cooperativas de financiamento devem seguir estas normas para poderem realizar empréstimos e investimentos contemplados dentro do crédito rural.

Então, os recursos provenientes desta fonte – que também são chamados de crédito agropecuário – devem estar ligados aos custeios da produção agrícola, bens relacionados ao produtor rural, compra de insumos e implementos, etc.

Falando especificamente dos investimentos, a oferta de valores é proveniente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), além dos Fundos Constitucionais de Financiamento, como o FCO, FNO e FNE.

Quais as vantagens das cooperativas para o crédito?

Dentro das cooperativas de crédito, todos são sócios e participam dos lucros da instituição. A cooperativa, então, é composta por cooperados.

Dentro de uma cooperativa de crédito, portanto, os participantes possuem os mesmos direitos e deveres. Além disso, o objetivo do cooperativismo é de união entre os proprietários rurais, assim, juntos, eles podem conseguir valores maiores de financiamentos e investimentos.

Credito rural

Algumas vantagens das cooperativas, portanto, são:

  • Todos podem participar da gestão
  • Cooperativas de crédito funcionam como qualquer outro banco, então, possuem conta corrente, financiamentos e cartões de crédito e débito
  • Todos os cooperados participam de forma igualitária da instituição
  • Atendimento personalizado e próximo do produtor rural

Como o crédito rural funciona?

O objetivo deste tipo de crédito é aumentar a produtividade agrícola e agropecuária, favorecendo a criação de novos empregos assim como o desenvolvimento do setor. Além disso, também incentiva a geração de renda na agricultura familiar.

O Banco Central administra os recursos e o Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), que são as instituições que concedem estes valores.

Sendo assim, os recursos podem ser destinados de quatro formas:

  1. Custos – são valores que têm o objetivo de cobrir despesas corriqueiras da propriedade, como compra de insumos, período da plantação ou fase de colheita.

  2. Investimentos – são compras que trazem benefícios a longo prazo para o produtor rural, como a aquisição de maquinários, por exemplo.

  3. Comércio – o objetivo desta linha é oferecer aos produtores, e também cooperativas, valores que são necessários para incluir os produtos no mercado e facilitar sua venda.

  4. Indústria – são investimentos na industrialização dos produtos, o que pode agilizar sua produção ou agregar valor aos materiais que serão comercializados.

Credito rural

Como os investimentos são realizados?

Existem diversas planos para se conseguir obter o crédito. Um deles é através do Pronaf, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar. Para isso, contudo, é necessário que o produtor rural se enquadre dentro dos requisitos da agricultura familiar. Ou seja, ele visa beneficiar as pequenas propriedades rurais familiares.

Além de agricultores familiares, pescadores, quilombolas e indígenas também podem participar desta forma de crédito.

As taxas de juros do Pronaf variam conforme os objetivos do proprietário. Entretanto, não ultrapassam os 5,5% ao ano. Com os valores deste tipo de crédito rural é possível se investir em plantação e criações de animais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo