Croissant é um pão de origem francesa muito comum no Brasil

Inicio » Agronegócio » Croissant é um pão de origem francesa muito comum no Brasil
28/09/2020 Por
Croissant é um pão de origem francesa muito comum no Brasil

Popular em diversas regiões do Brasil, o croissant se destaca por movimentar a economia. Presente em praticamente todas as padarias brasileiras, o croissant é uma iguaria que faz sucesso na França há gerações. Este alimento se destaca por ser extremamente macio e saboroso, desmanchando na boca dos apreciadores. Mas a popularização fez com que novas receitas surgissem e o prato pudesse ser apreciado de uma série de formas diferentes.

Também conhecido como viennoiserie, o croissant se destaca pelo formato de meia lua, além da massa folhada e da textura inigualável. Para preparar um simples, é preciso adicionar açúcar, farinha, sal, fermento, leite, ovos e manteiga. Há uma infinidade de recheios que podem ser escolhidos, tornando o alimento ainda mais completo para o seu café da manhã.

croissant

O que é croissant?

Croissant é um prato tradicional francês que ganhou uma série de redefinições em território brasileiro. Porém, sua base é constituída de um pão de massa folhada, normalmente formatado em meia-lua, capaz de reunir os ingredientes já citados.

Na Europa, é comum que este pão sem recheio seja consumido na primeira refeição do dia, dando sustância para as próximas horas.

O principal segredo do prato está na preparação da massa, que não pode perder o aspecto folhado. Assumindo um formato semi folhado, a massa conta com menos itens gordurosos, precisando do acréscimo do fermento biológico.

A crosta deve ser crocante e assumir uma cor mais dourada. Porém, é preciso consumir com moderação por conta do excesso em lipídios.

Croissant na economia

Apesar de não serem itens baratos para serem produzidos, há uma margem de lucro interessante em relação à venda de croissant.

Nos Estados Unidos, um estudo realizado pela padaria City Bakery aponta que, para produzir cada item, é necessário gastar cerca de $ 2,60. Porém, no momento da venda, é possível aplicar um preço de $ 3,50. Não exagerando na produção diária, o lucro se torna uma realidade para o empreendedor.

O Brasil entrou de cabeça neste segmento especializado e já possui uma empresa de muito sucesso na venda do produto. A rede Croasonho, liderada pelo empresário Eduardo Silva, aplica uma antiga receita familiar e costuma produzir croissants com mais de 40 sabores diferentes. Em 2016, a empresa faturou cerca de R$ 110 milhões durante o ano e, para 2020, a meta é dobrar este valor.

Produzindo cerca de 450 mil croissants por mês, a empresa demonstrou ser um nicho de mercado absolutamente interessante. Eram 72 lojas em 16 estados do país em 2016, número que seguiu crescendo nos anos seguintes.

Ainda, vale destacar que a estratégia da rede especializada também foi adaptada para muitas padarias, fazendo com que o produto se tornasse um agente econômico respeitável no país.

croissant

Curiosidades sobre o croissant

Nas primeiras vezes em que foi produzida, a receita de croissant trazia um aspecto mais seco, de massa densa, que o tornava mais parecido com um pão comum.

As primeiras mudanças só foram ocorrer durante o século XX, quando foi implantada a massa folhada. Dessa forma, a receita que era originalmente austríaca assumiu característica francesa, pois foram eles que aprimoraram para o formato em que é consumido hoje.

A massa é o principal segredo do croissant, principalmente pelo sabor amanteigado. As pontas devem ser coladas no meio da massa para assumirem o formato ideal. Mas em muitos países do mundo, a receita de croissant também pode levar geleia já na elaboração da massa. A principal ideia é que o alimento não perca a sua característica macia.

Na Europa, o café da manhã também é conhecido como “pequeno almoço”, e é neste momento do dia em que franceses e portugueses mais procuram o croissant. É normal a montagem de verdadeiros banquetes, reunindo este prato com queijos e frutas.

Além disso, hoje em dia, tornou-se extremamente comum ver o consumo se estender para a merenda da tarde ou até um lanche antes de dormir.

Croissant de chocolate

Tido como um dos croissants mais vendidos no Brasil, o croissant de chocolate é produzindo há mais de uma década. Também chamado de pain au chocolat na França, ele se tornou um ícone pela riqueza no recheio e pela facilidade no preparo.

É um casamento perfeito entre a massa suave e o sabor doce do chocolate. O prato fica ainda melhor se for servido quente.

Croissant de presunto e queijo

Como fazer croissant se tornou uma coisa popular, algumas receitas foram extremamente bem adaptadas ao costume do brasileiro. Uma delas foi a composição com o queijo e o presunto, já que o chamado “misto quente” faz muito sucesso por aqui.

Por se tornar um clássico, é possível encontrar este formato sendo vendido em uma série de padarias.

croissant

Croissant de doce de leite

Outra opção de como fazer croissant utilizando um recheio doce, o croissant de doce de leite também se tornou tradicional. Quem adora esse recheio vê uma união perfeita entre a maciez do pão e a textura do recheio.

Em alguns casos, ele também é produzido em forma de bolinhos. Existem outras receitas famosas de folhados que envolvem a presença do doce, como é o caso do mil folhas.

Croissant de maçã

Também é perfeitamente possível produzir opções de croissants que se aproveitem do sabor das frutas. Além de manter uma dieta saudável, você estará experimentando mais uma possibilidade de aproveitar a maciez.

O croissant de maçã é extremamente indicado para ser o acompanhamento de um chá, pois o sabor da fruta se destaca com muita facilidade.

Croissant de queijo

Além disso, é perfeitamente possível pensar no croissant como um petisco. Optando por formatos menores, o ideal é preencher com um recheio de queijo. Assim, a massa se adaptará melhor e o conteúdo ficará ainda mais gostoso ao derreter.

No entanto, caso tenha problemas para preparar a massa neste formato, vale a pena recorrer a itens prontos, vendidos em supermercados.

Por ser um prato extremamente prático, as ideias de recheio para croissant são infinitas. Então, tudo vai depender da sua criatividade e dos alimentos que você mais gosta de inserir em suas refeições. Coloque as ideias em prática para curtir o sabor inconfundível que essa massa traz!

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo