Decantação é o processo utilizado para separar misturas heterogêneas

Inicio » Meio Ambiente » Decantação é o processo utilizado para separar misturas heterogêneas
02/04/2019 Por
Decantação é o processo utilizado para separar misturas heterogêneas

Decantação e a separação de elementos

A técnica da decantação é muito utilizada para separar elementos como água e óleo, água e sal, água e areia, água e gasolina, poeira e gás e diversas outras misturas heterogêneas. Essas misturas contêm elementos que diferem-se por terem densidades e estados diferentes.

A decantação é feita para que esses elementos sejam separados, e o processo requer tempo muito cuidado. Alguns materiais são utilizados para auxiliar na separação das misturas e, alguns deles, é utilizado para que o processo de decantar seja brevemente acelerado.

Decantação: água com mistura

O que é decantação?

Decantação é o nome dado ao processo de divisão entre misturas heterogêneas com dois ou mais líquidos diferentes em relação a densidade, ou diferentes entre o estado (sólido e gasoso). Basicamente, é um processo baseado na separação de acordo com a densidade dos elementos que compõem a mistura.

Como é feita a decantação?

A decantação é feita deixando a mistura em repouso por tempo determinado. Com esse tempo, as impurezas concentram-se no fundo do recipiente, sedimentando-se. Isso ocorre pois os elementos possuem densidades diferentes, enquanto uma concentra-se no fundo como sedimentação, a outra permanece flutuando.

Assim, vale ressaltar que a decantação e sedimentação são processos que interligam-se. Primeiro é preciso que a sedimentação seja feita, para depois realizar o processo de decantar.

Quando o processo acaba, o líquido totalmente puro é retirado com cuidado, para que o elemento sólido ainda permaneça na base do recipiente.

Este processo depende exclusivamente da força da gravidade, que atuará sobre os diferentes elementos. A divisão é feita principalmente entre sólidos e líquidos ou entre líquidos e líquidos.

Tipos de decantação

Há dois tipos de decantação que ocorrem com elementos diversos em diferentes estados. São elas:

  • Decantação entre sólido e líquido: o processo é utilizado quando um elemento sólido deposita-se em um elemento líquido.
  • Decantação entre líquido e líquido: utiliza-se o processo para separar líquidos que não podem se misturar, ou seja, líquidos com diferentes densidades. O líquido mais denso deposita-se sobre o fundo do composto. Quando feito em laboratório, é utilizado um funil de bromo (ou funil de decantação e separação) para separar os elementos.

No entanto, há mais subdivisões dentro da decantação, dependendo do material que é usado para realizar o processo. Por exemplo:

  • Funil de bromo ou funil de decantação: é utilizado no processo de separação de óleo e água, ou seja, entre líquido e líquido. A mistura é agitada e deixada em repouso para que os líquidos com densidades diferentes possam se dividir. O líquido com maior densidade, aquele que fica na parte inferior do recipiente, é retirado com uma válvula fechada após fazer a divisão.
  • Sifonação: a mistura é colocada em um recipiente em altura superior a outro recipiente que será usado para receber um dos líquidos que foi separado. É utilizado um sifão para realizar o processo, onde a substância com menor densidade passa para o outro recipiente. É um método utilizado principalmente para limpar aquários, esvaziar piscinas e fazer transferência de combustíveis.
  • Centrifugação: consiste no processo de decantação acelerada, em que partículas menores são separadas de determinado tipo de líquido. Quanto menor é a partícula sólida no líquido, maior será o tempo de separação. Por isso usa-se a centrifugação, para que o processo seja acelerado e mais eficiente.

Exemplos de decantação

Decantação: sangue em laboratório

O processo de decantação pode ser usado para separar misturas heterogêneas composta por líquidos que não se misturam, como é o caso da mistura da água com o óleo. A subdivisão nesse tipo de decantação utilizada o funil de separação ou funil de bromo para que a divisão dos líquidos seja feita. A técnica é também utilizada para separar:

  • Areia + água;
  • Água + gasolina;
  • Poeira + gás;
  • Vapor d’água + ar.

Outro exemplo é a divisão das misturas a partir de análises feitas em laboratórios. As Estação de Tratamento de Água (ETA) realiza o processo de tratamento de água para separar o que é sólido do que é líquido. Após isso, faz-se a sifonação.

Um dos exemplos de decantação feito também em laboratórios é a análise do sangue. O sangue é uma mistura heterogênea, por isso é utilizado o processo de centrifugação para que os elementos sejam separados. Além disso, a centrifugação é também utilizada na máquina de lavar, em que a água é separada do tecido em que as roupas são confeccionadas.

Ao fazer chá diretamente da folha o processo de decantação é posto em prática pois separa-se os resíduos do chá que se concentraram no fundo do recipiente logo após a fervura.

É um processo semelhante ao que acontece também com o vinho. Ele acumula borra residual na parte inferior e por isso usa-se um decantador para separar os compostos. O líquido é posto em um recipiente de vinho (chamado de decantador) ou em um recipiente de cristal, e então a borra acumulado durante os anos é separada da parte menos densa.

Decantação: vinho

Um dos pontos importantes desse processo no vinho é a oxidação do líquido, que libera os aromas e possibilita um gosto mais agradável ao paladar.

Todos os processos de decantação utilizados para separar as misturas heterogêneas são envolve transformações ou reações químicas. Sendo assim, cada mistura permaneça com a mesma estrutura química após passar pela divisão.

Decantação fracionada

Outro de decantação muito utilizado é a decantação fracionada. Ela é um processo que consiste na diluição de mistura heterogêneas e na separação de substâncias insolúveis das solúveis.

Um exemplo disso é a separação da mistura de areia do mar e sal. Como são dois sólidos, um solúvel e o outro não, acrescenta-se água. O sal irá dissolver-se na água, enquanto a areia do mar continuará intacta.

A água é posto sobre a mistura de sólidos. Em seguida, utiliza-se uma espécie de filtro para retirar a areia da água com sal.

Também é possível fazer a separação do sal da água. Coloca-se a mistura para ser aquecida e espera até que a água evapore por completo. O sal puro irá se concentrar na parte inferior do recipiente.

A decantação também seria possível de ser realizada caso a mistura fosse somente de água com areia do mar. O processo feito seria deixar os elementos misturados em repouso até que o mais denso – neste caso, a areia – se concentre no fundo do recipiente.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo