Desequilíbrio ambiental precisa ser extinto para o planeta continuar vivo

Inicio » Meio Ambiente » Desequilíbrio ambiental precisa ser extinto para o planeta continuar vivo
13/10/2020 Por
Desequilíbrio ambiental precisa ser extinto para o planeta continuar vivo

Desequilíbrio ambiental reflete negativamente no planeta e isso já não é novidade. Por isso, um assunto cada vez mais preocupante e menos debatido é o desequilíbrio ambiental. Mesmo que seja um tema muito comum em provas como a do Enem, é uma pauta em que as pessoas não possuem interesse em discutir e menos ainda em mudar.

Além disso, o desequilíbrio ambiental afeta gravemente o planeta em diversos aspectos, sendo capaz de contribuir de forma negativa para problemas de saúde que são regularmente apresentados em grande parte das pessoas que compõem a sociedade.

Desequilíbrio ambiental

O que é desequilíbrio ambiental?

Desequilíbrio ambiental é quando todo o processo de equilíbrio da natureza é atrapalhado e até mesmo interrompido pela adição, subtração ou extinção de algum componente animal ou vegetal. Com isso, mudanças drásticas podem ocorrer no planeta, trazendo consequências graves.

É importante frisar que todo e qualquer desequilíbrio ambiental é, em grande maioria, senão totalmente, causado pelo homem. Lixos em lugares indevidos e alta utilização de combustíveis e compostos químicos inadequados são apenas duas causas do desequilíbrio ambiental.

Para entender melhor o que é desequilíbrio ambiental, basta pensar na grande quantidade de animais que correm o risco de extinção, a caça desenfreada e feita de forma desnecessária, a quantidade de lixo separado erroneamente, entre outros aspectos.

Desequilíbrio ambiental no Brasil

O Brasil é um país conhecido mundialmente por sua fauna e flora extremamente rica e próspera. Porém, com atitudes extremamente equivocadas, o Brasil acaba sendo um dos mais atingidos pelo desequilíbrio ambiental, graças à falta de informação e cuidados de seus habitantes.

O desequilíbrio ambiental no Brasil é um dos principais motivos pelos quais animais silvestres acabam invadindo as cidades. Por conta de fatores como queimadas e desmatamento, acabam esgotando as opções de alimentação para esses animais e o ambiente acaba por ficar tóxico.

Devido a isso, os animais silvestres em busca de sobrevivência, adentram espaços urbanos. Quando isso acontece, é um sinal extremamente preocupante e que denota um momento em que é necessário ter empatia e atenção para entender o que está de fato ocorrendo.

Além disso, os setores do agronegócio são impactados negativamente com todo esse desequilíbrio, já que dependem da natureza e de seus agentes para realizar o trabalho com eficácia. Um ambiente saudável colabora para a diminuição do uso de agrotóxico e animais saudáveis.

Causas do desequilíbrio ambiental

Os exemplos de desequilíbrio ambiental são muitos. É preciso saber como identificá-los, pois o menor ato de jogar um simples papel de bala no chão pode ser uma grande colaboração para entender o que causa o desequilíbrio ambiental.

Desequilíbrio ambiental

Outros fatores que implicam gravemente são:

  • Descarte incorreto de lixo

Na grande maioria das cidades brasileiras, encontram-se distribuídos pelos centros urbanos e alguns bairros mais isolados, os containers para que o lixo seja devidamente descartado. Nas residências, por exemplo, também é muito importante haver a separação do lixo.

A separação correta do lixo auxilia grandemente para que materiais sejam reciclados e reaproveitados. Além disso, a reciclagem é fundamental para diminuir e combater o desequilíbrio ambiental.

  • Desmatamento desenfreado

As regiões de preservação ambiental correm sérios riscos de serem extintas por conta da necessidade constante que o ser humano possui em desmatar. O desmatamento ainda é considerado uma das maiores doenças e desafios da humanidade.

  • Petróleo

O petróleo é altamente prejudicial para a vida ambiental do planeta. O ato inconsequente de lavar navios de petróleo em alto-mar, bem como o vazamento de petróleo, polui o ecossistema marinho e apresenta graves riscos para seres humanos e animais.

Logicamente, ainda existem muitos outros fatores que podem colaborar negativamente para o aumento do desequilíbrio ambiental.

Consequências do desequilíbrio do ambiente

As 3 principais consequências que esse desequilíbrio traz, são:

  • Aumento da temperatura

Esse é um dos fatores que mais incomoda a maioria das pessoas e prejudica o bem-estar. A intensificação do efeito estuda acarreta o aumento de calor da Terra, fazendo ser mais fácil a proliferação de fungos, bactérias e doenças.

Além disso, o aumento da temperatura pode interferir diretamente na perda de muitos produtos importantes para os profissionais do agronegócio. Até mesmo porque as chuvas diminuem consideravelmente e o calor excessivo acaba matando plantas e prejudicando animais.

  • Qualidade comprometida do ar

Quando ocorre a queima excessiva dos combustíveis fósseis, o ar fica contaminado com gases que são tóxicos e prejudiciais à saúde. Assim, reduz-se a qualidade do ar respirado e é completamente plausível aumentar a chance de doenças respiratórias.

  • Morte da vida animal

Além de comprometer gravemente a qualidade de vida do ser humano, o desequilíbrio é um dos fatores que causa a extinção e morte de muitos animais, principalmente os marinhos. É crucial frisar que os animais são importantes pois denotam equilíbrio ambiental.

Desequilíbrio ambiental

O que é desequilíbrio ecológico?

Desequilíbrio ecológico funciona de maneira igual ao desequilíbrio ambiental. É o fator que ocorre quando há, em excesso, a redução ou acréscimo de elementos do ecossistema.

O desequilíbrio ecológico no Brasil está, infelizmente, em constante expansão, por isso é tão importante entender o que é desequilíbrio ecológico.

Dessa forma, é possível conhecer índices preocupantes com relação ao desmatamento e demais características. Esses índices apontam que é possível, caso não haja conscientização, que surjam consequências irreversíveis para o planeta. Dessa forma, é importante estar atento para que haja um equilíbrio ecológico eficaz.

O que é equilíbrio ecológico?

Equilíbrio ecológico se caracteriza pelos organismos que interagem e se adaptam uns aos outros. Para entender melhor o que é equilíbrio ecológico, basta saber quando a emigração e mortalidade é equilibrada e coerente com o índice de nascimento e imigração.

Assim, para quem possui a dificuldade de entender o significado de equilíbrio ecológico, basta pensar em todo e qualquer índice que seja igual ou equivalente entre si. Por exemplo, se em um local morreram aproximadamente 10 animais, é importante que nasça uma quantidade compatível.

Formas de combate ao desequilíbrio ambiental

É muito importante que esse assunto seja abordado com mais frequência a fim de trazer maior conscientização sobre os dados preocupantes do desequilíbrio. Para o combate, é muito importante optar pela separação correta dos lixos, seja dentro de casa ou no descarte.

Além disso, os desequilíbrios podem ser combatidos com pequenos gestos que estão totalmente ao alcance de cada indivíduo. Atos como separar o lixo, optar por materiais recicláveis, utilizar sacolas retornáveis, diminuir o uso de automóveis e poupar água, por exemplo, são atitudes importantes.

Porém, o desequilíbrio ambiental pode ser combatido com mais eficácia, a partir do momento em que as crianças são ensinadas como preservar e cuidar do meio ambiente de forma consciente e responsável.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo