A fauna é parte do ecossistema e colabora com o equilíbrio ambiental

Inicio » Meio Ambiente » A fauna é parte do ecossistema e colabora com o equilíbrio ambiental
08/04/2019 Por
A fauna é parte do ecossistema e colabora com o equilíbrio ambiental

A fauna é de grande importância na manutenção de ecossistemas

O termo fauna se refere à vida animal de um ecossistema. Dentro desta definição, pode ser entendido que tudo o que é ser vivo em um determinado local faz parte da fauna. Deste modo, cada ambiente contém seu próprio tipo específico de fauna.

A fauna é um elemento de preocupação aos ambientalistas. A falta de preservação deste bioma é um fator alarmante e pode causar desequilíbrio na natureza, pois sem uma manutenção adequada da fauna, outros ramos da natureza também ficam em desequilíbrio.

fauna brasileira

O que é fauna?

A fauna é o termo que define o conjunto de espécies de animais de um determinado ambiente. O tipo de fauna está diretamente relacionado com o ambiente em que ela se localiza. Em outras palavras, cada ecossistema dispõem de seu próprio tipo de fauna.

A fauna, flora e demais formas de vida como os fungos, por exemplo, são denominados de biota. O termo biota se refere a todo tipo de vida que vive em conjunto em um determinado local – permanente ou temporariamente. No geral, o termo é aplicado aos animais que possuem um habitat fixo.

No Brasil, a fauna é considerada uma das maiores riquezas naturais do país – assim como as demais faunas no mundo todo são importante para o ecossistema. A grande biodiversidade presente no ecossistema brasileiro é referência para o mundo. Os principais animais encontrados na fauna brasileira se dividem em categorias. Entre estas elas podemos citar:

  • mamíferos
  • répteis
  • peixes
  • anfíbios
  • pássaros
  • insetos

A zoologia e a paleontologia se referem ao termo fauna como uma espécie de coleção de animais típicos de um espaço em algum período na história. De acordo com tais disciplinas, por exemplo, a diversidade da fauna pode ser muito diferente no seu nível de diversificação em diferentes períodos.

Outra definição para este termo é encontrado na mitologia romana. A chamada deusa fauna é tida como dona da terra e da fertilidade. Segundo a mitologia, a partir dos poderes desta deusa nascem os animais e, com eles, há fertilidade na terra.

Tipos da fauna

Os tipos de fauna estão relacionados com a flora que determinado ambiente apresenta. Cada tipo de animal necessita de diferentes elementos da natureza para sobreviver, o que também é chamado de habitat natural. Por este motivo, a fauna é classificada de acordo com a flora do local.

No Brasil, a maior diversidade de tipos de flora do país se encontra na Selva Amazônica. Neste ecossistema, existe uma grande pluralidade de peixes, mamíferos aquáticos e terrestres. Inclusive, duas espécies ameaçadas de extinção nesta fauna são pirarucu e o peixe boi.

Nas florestas brasileiras, em geral, podem ser encontrados animais como:

  • antas
  • onças
  • macacos
  • bicho preguiça
  • jiboia
  • sucuri
  • araras
  • tucanos

Já nas caatingas, campos e também no cerrado do país, é possível encontrar:

  • raposas
  • tamanduá
  • lobo guará
  • guaxinim
  • ema
  • perdizes
  • codornas

Importância da flora

A importância a flora em equilíbrio com o meio ambiente é importante, justamente, para que não haja danos para o ecossistema. Os elementos da fauna são fundamentais para a vida humana, pois é a partir dela que é possível ter um equilíbrio ecológico. Além disso, quando não há manutenção correta do bioma – espaço geográfico – a saúde da flora é comprometida.

Em outras palavras, uma que vez há desmatamento em um determinado local, por exemplo, os animais deste ecossistema são afastados. Isso acontece pela falta de recursos que uma vez o meio ali produziu, como, por exemplo, as plantas e os frutos. Este tipo de situação acontece, geralmente, quando há o mal uso de um ambiente para exploração. Isso porque o local tende a não estar tão saudável como antes de ações que mudam o seu caráter etiológico.

Deste modo, utilizar os espaços florestais com maior consciência é fundamental. Além de serem foco em setores do agronegócio como a agropecuária, por exemplo, os animais são fundamentais para demais atividades e o equilíbrio do meio ambiente. Outra importante atividade consequente da flora é o controle da população de espécies que ela promove, uma vez que – assim como a falta – o excesso também pode ser prejudicial para os campos rurais da agropecuária.

Além disso, a fauna é responsável por criar importantes produtos medicinais para o consumo dos indivíduos. Um bom exemplo disso são as abelhas e a importante produção do mel; produto utilizado em medicinas milenares para a cura sintomas de doenças das mais diversas. Além de ser conhecido por aliviar dores de garganta, por exemplo, o mel é também benéfico para a pele, pois a hidrata.

Diferença entre fauna e flora

A fauna e a flora, apesar de possuírem diferentes significados, caminham juntas. A fauna se refere aos animais, enquanto a flora se refere aos biomas em que os animais vivem, ou seja, seu habitat. Os dois elementos estão interligados e sobrevivem em conjunto. Quando há desmatamento ou ação humana de impacto negativo na flora, é possível que os animais se afastem do ambiente por ele não suprir mais suas necessidades, como, alimentação e moradia.

fauna e flora

Preservação da fauna

A preservação da fauna é uma importante ação de cunho social. Pensando nisso, o Ministério do Meio Ambiente implementou uma data relembrar a importância da fauna. No dia 22 de setembro é celebrado o Dia da Defesa da Fauna, esta data tem como objetivo relembrar o porquê a fauna deve ser preservada. O objetivo é que isso seja feito a partir de políticas práticas que prometem conservar o habitat de milhares de animais.

No dia da Defesa da Fauna, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), promove diversas ações pelo país com intuito de conscientizar a população da importância do pensamento ecológico. Entre as ações, são apresentadas práticas simples do dia a dia que facilitam e incentivam esse a preservação do meio ambiente; evitando o desperdício de água e promovendo a reciclagem do lixo, por exemplo.

O PANs – Planos de Ação Nacionais – realiza a verificação das espécies que podem estar ameaçadas de extinção. E, a partir destas práticas, são postas em ação estratégias a fim de conservar a biodiversidade brasileira.

A estrutura que compõem da fauna é, portanto, importante para o equilíbrio do meio ambiente. A exploração deste meio é inevitável, por isso, é essencial que haja um equilíbrio para que os animais não estejam sujeitos à extinção.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo