Doce de abóbora pode ter versão dura ou mole e é sempre delicioso

Inicio » Agronegócio » Doce de abóbora pode ter versão dura ou mole e é sempre delicioso
20/10/2020 Por
Doce de abóbora pode ter versão dura ou mole e é sempre delicioso

Doce de abóbora tem textura e sabor interessantes. Conhecida por ser extremamente versátil, a abóbora é um alimento que pode ser feito das mais variadas formas, chegando a ser apresentada na forma de doce de abóbora. De fácil preparo, faz sucesso em todo lugar em que é servido.

Muito popular em regiões como o Sul do país, o doce de abóbora combina com os mais diversos elementos, além de ser apresentado em creme, pedaços cristalizados ou pedaços caramelizados. De qualquer forma, o doce apetece só de olhar!

Doce de abóbora

O que é doce de abóbora?

Doce de abóbora é uma receita especificamente preparada com a abóbora, de preferência, cabotiá. Relatos dizem que, na verdade, o doce de abóbora é tradicionalmente americano, mas acabou se espalhando entre as civilizações pré-colombianas e, desde então, tomou lugar em todo o mundo.

Porém, a real origem é incerta. Mesmo que digam ser um doce americano, muitas pessoas afirmam outros locais de origem, como Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Independente de suas raízes, é realmente inegável que esse é um dos mais populares doces de Minas Gerais.

Doce de abóbora dentro do agronegócio

Nos últimos anos, houve uma imensa valorização da abóbora cabotiá, conhecida também como Tetsukabuto ou Moranga Cabotiá. Por conta da popularização do doce de abóbora que está sendo servido em grande escala no Halloween, as vendas aumentaram de forma significativa.

Porém, não somente na data comemorativa o alimento é consumido. Com as pessoas adquirindo maior conhecimento sobre os benefícios que a abóbora traz à saúde, surge uma alternativa diversificada e que se torna altamente rentável.

Para se ter uma ideia, em somente 1 alqueire de abóbora, é possível obter um lucro que ultrapassa os R$ 10 mil. Dessa forma, tem sido um alimento altamente plantado para comercialização.

O melhor de tudo é que auxilia de grande forma na economia brasileira. Assim, incentiva pequenos, médios e grandes profissionais a continuarem com o plantio, obtendo uma fonte satisfatória de renda, auxiliando na economia do país e levando comida para a mesa de milhões de brasileiros.

Doce de abóbora

Como fazer doce de abóbora?

Na realidade, não existe somente uma forma de como fazer doce de abóbora. A verdade é que ele é extremamente versátil e permite que o cozinheiro coloque em prática todas as ideias e teste novas receitas que podem ficar boas.

Dessa forma, se torna um doce com uma infinidade de maneiras de ser preparado. Além disso, o doce de abóbora pode ser encontrado em:

  • Rapadura;
  • Bala;
  • Cremoso (famosa geleia ou chimia, na região Sul do país);
  • Em pedaços e açucarado.

Uma das formas mais tradicionais, ou seja, como é comumente encontrado, é o doce cremoso ou em pedaços. No sul do país, principalmente, o doce de abóbora feito em pedaços é um dos mais populares, ainda mais quando acrescido de pedaços de canela em pau ou cravo.

Doce de abóbora em pedaços

Para fazer o doce de abóbora em pedaços, é indicado utilizar a abóbora cabotiá, já que ela possui fácil cozimento, é mais tradicional e fácil de ser encontrada. Para isso, separe:

  • 1 kg de abóbora picada;
  • 1/2 xícara de água em temperatura ambiente;
  • 1 kg de açúcar comum (cristal);
  • Canela em rama a gosto;
  • Cravo a gosto;
  • 1 colher de vinagre branco.

Pegue a abóbora já picada, coloque em uma panela e coloque a água, a quantidade escolhida de canela e cravo e também o vinagre. Vá mexendo calmamente em fogo baixo e tomando cuidado para não grudar no fundo.

Logo após a abóbora atingir o ponto de ficar macia e seca, retire toda a rama de canela que foi colocada, amasse a abóbora e coloque o açúcar. Novamente mexa em fogo baixo, mas não sempre. Aguarde a panela levantar fervura e comece a mexer rapidamente e sem parar.

É preciso que o doce desgrude do fundo da panela, como se fosse o ponto de brigadeiro. Porém, não deixe cozinhar demais, já que pode endurecer e virar quase um doce tipo rapadura. Depois que estiver pronto, deixe esfriar.

Em seguida, corte o doce delicadamente e deixe-o secar longe da geladeira, por 2h. Em seguida, polvilhe açúcar refinado, canela ou o que desejar.

Doce de abóbora

Variedades do doce de abóbora

Outra receita de doce de abóbora sugere que a mesma seja cortada em cubos e retirada a casca, bem como colocada na panela com uma grande quantidade de açúcar. Então, é preciso deixar a mesma cozinhar dentro do açúcar derretido.

Esse doce, inclusive, pode ser feito a partir da receita do doce de abóbora na panela de pressão e, ainda assim, adquirir mesma textura e sabor.

Porém, uma receita que tem feito um sucesso absurdo é a utilização da abóbora para fazer o doce de abóbora cremoso. Muito diferente daquele tradicional em que alguns pedacinhos ficavam bem notáveis, esse promete ficar, literalmente, um creme.

Para essa receita, será necessário:

  • 500g de abóbora picada e sem casca;
  • 1 ou 2 xícaras de açúcar;
  • 3 cravos;
  • 1 creme de leite.

Para o preparo, selecione uma panela que tenha tamanho suficiente para comportar a abóbora, o açúcar, os 3 cravos e a medida de meia xícara de água morna. A panela deve ser levada ao fogo médio, mexendo sem parar.

Após estar bem cozinha, basta retirar do fogo, tirar os cravos (ou não, como preferir), colocar creme de leite e bater no liquidificador até que a mesma vire uma espécie de creme ou mousse. Em seguida, basta esfriar e servir.

Porém, caso prefira servir a mesma quente, também é possível. Apenas é preciso ter cuidado, já que a abóbora, quando em forma de creme, pode ser um alimento muito fácil de queimar.

Como é possível notar, a abóbora é um alimento que pode ser feito tanto de forma salgada, quanto doce. Por ser extremamente versátil, é fácil compreender como se tornou um alimento tão rentável e consumido mundo afora, principalmente no Brasil.

Além disso, o doce de abóbora é uma grande prova de que, com a abóbora, é possível preparar muitas receitas e, o melhor de tudo, ainda é possível sobrar, já que é um alimento que rende e não há grande necessidade de ser feito em quantidades maiores.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo