A erosão laminar pode ser evitada a partir de práticas simples

Inicio » Meio Ambiente » A erosão laminar pode ser evitada a partir de práticas simples
25/04/2019 Por
A erosão laminar pode ser evitada a partir de práticas simples

A erosão laminar é conhecida por um grande desgaste no solo que provoca

A erosão laminar é ocasionada tanto pela ação da chuva quanto pela ação do homem; especialmente em função de construções civis em locais de relevo irregular. Este tipo de erosão e de difícil identificação em seu início, além disso, pode causar ações devastadoras no local.

O fenômeno da erosão laminar acontece tanto no campo quanto nas metrópoles. A principal característica é o desgaste, que causa rachaduras no solo e infertilidade. No entanto, existem algumas práticas simples que podem evitar a ação como, por exemplo, o reflorestamento.

A erosão laminar pode acontecer tanto no campo quanto na cidade

O que é erosão laminar?

A erosão laminar, também conhecida como erosão superficial, é ocasionada por um escoamento superficial da água da chuva. Neste processo, a água encharca o solo e retira sua cobertura da superfície, portanto, a desgastando. Existem alguns indícios da ocorrência do fenômeno como, por exemplo, uma queda relativa da fertilidade no solo, assim como sua descoloração. Estes dois fatores podem dificultar o plantio, pois a terra não mais permite o desenvolvimento dos vegetais.

Este tipo de erosão não é muito simples de identificar de início, por isso, é importante estar atento as características do solo antes que os efeitos sejam irreversíveis. O descarte provocado causa irregularidades no espaço e modifica o relevo; e isso pode estar ligado tanto a causas naturais como a práticas humanas.

Como acontece a erosão laminar

A erosão laminar acontece de duas formas principais: com a ação das chuvas, de forma natural, ou por atividades industriais, provocadas pelo ser humano.

A chuva é o principal agente causador dos tipos de erosão do solo pois, no momento em que atinge o solo, pode causar deslizamentos, infiltrações e mudanças na forma terra. Mas outros dois agentes que podem causar este tipo de problema: a ação do vento e as mudanças de clima entre as estações.

Tendo em vista que este tipo de erosão é mais superficial, os cuidados com o solo devem ser mais específicos; como, por exemplo, no momento em que agricultor arar a terra antes de iniciar um cultivo. Este tipo de prática demanda cuidado com o solo e, principalmente, garante que sua fertilidade esteja em dia.

No caso das causas humanas, existem algumas práticas da indústria que podem prejudicar o solo, como a retirada da cobertura vegetal do solo, que faz com o que ele perca sua consistência natural. Deste modo, a terra perde a água que absorveu e suas raízes ficam fracas. Além disso, o local pode ficar sujeito à infiltração e ocasionar a instabilidade dos nutrientes do solo.

A erosão laminar é conhecida pelo desgaste no solo que provoca

Como evitar a erosão laminar

Como forma de evitar este tipo de fenômeno, algumas práticas simples podem ser realizadas. Um exemplo é a não retirada de coberturas vegetais do solo e das regiões montanhosas. Além disso, antes de construir rodovias, prédios ou hidrelétricas, considerar um planejamento para evitar esse tipo de ocorrência é uma boa forma de prevenir futuros deslocamentos de terra.

No mundo da agricultura, para evitar a erosão laminar, também pode ser feito um monitoramento das mudanças no campo, como a análise do possível desenvolvimento tardio das plantas pela baixa fertilidade, por exemplo. Outra forma de evitar o fenômeno é realizar o reflorestamento nos locais devastados.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo