Erosão pluvial provoca deslizamentos de terra e afeta o solo

Inicio » Meio Ambiente » Erosão pluvial provoca deslizamentos de terra e afeta o solo
01/03/2019 Por
Erosão pluvial provoca deslizamentos de terra e afeta o solo

Também chamada de deslizamento de terra, a erosão pluvial se intensifica com a força da chuva

A erosão pluvial comprova um fato que pode parecer estranho para a agricultura: a chuva pode prejudicar a natureza.

Mesmo sendo um componente necessário para o plantio, quando ocorre em grandes proporções pode trazer prejuízos. E os pequenos buracos e rachaduras provocadas pela erosão pluvial são alguns exemplos.

Erosão pluvial é provocada pela chuva e pode prejudicar a agricultura

O que é erosão pluvial?

Como o próprio nome diz, a erosão pluvial é provocada pela ação da chuva. E retira parte do material situado no solo, ou seja, é uma das causas de sua degradação. Normalmente é ainda mais prejudicial quando a vegetação não consegue defender o solo como deveria. Isto é, pode ser mais intensamente sentida em áreas onde o terreno tem menos vegetais. Sobretudo, em áreas inclinadas e com menos árvores.

Como acontece a erosão pluvial

A água da chuva penetra no solo e retira parte do material de sua composição, causando buracos e rachaduras. Em outras palavras, faz com que a superfície abaixe, seja selada e provoca a obstrução da porosidade do solo. Assim, aumenta o fluxo de água na superfície.

O fenômeno pode se apresentar em diferentes formas, sendo a laminar a mais amena delas e ravinas as mais intensas. Confira a seguir quais são elas:

  • Erosão em sulcos: quando abre buracos no solo.
  • Laminar: se o escoamento superficial provocado pela água das chuvas lava o solo e retira sua cobertura superficial.
  • Ravinas: é caracterizada pela abertura de cavidades ou crateras ao longo da declividade do terreno, com o tempo.
  • Superficial: quando a vegetação não consegue impedir que partículas do solo sejam levadas com a chuva.

Em menor intensidade, causa apenas a lavagem dos solos. Mas, quanto mais intensa e forte for a precipitação, maiores as suas alterações e consequências. No entanto, quando maior for o volume de chuva acumulada no solo mais forte é a ação dessa erosão.

No caso das ravinas, pode inclusive atingir a estrutura do lençol freático, causando o desmoronamento do solo.

Consequências da erosão pluvial

O principal impacto causado pela erosão pluvial na agricultura é que ela deixa marcas para sempre. Em alguns casos, o solo não consegue mais se recuperar e perde sua capacidade produtiva, deixando de ser fértil.

De modo geral, pode ser agravada com o assoreamento de lagos e rios, matando os animais que vivem na região. Além disso, também pode arrancar plantas, provocar enchentes e desmoronamentos.

Água pode ser prejudicial para a natureza quando ocorre a erosão pluvial

Como proteger o solo

Algumas medidas preventivas para evitar prejuízos causados pela ação da chuva são:

  • Implantação de sistemas de drenagem para aliviar consequências.
  • Preservação da cobertura vegetal do solo.
  • Realização de estimativa de erosão pluvial para orientar as práticas de manejo e facilitar a atividade agropecuária.
  • Uso de técnicas agrícolas como curvas de nível e culturas de plantio.

Quais são as diferenças entre erosão pluvial e fluvial?

Com nomes parecidos, a erosão pluvial e fluvial podem ser confundidas, mas têm características bastante diferentes. A principal delas é que a primeira é causada pela chuva, já a segunda pela ação dos rios.

Tags: ,
Agro20 | Portal Vida No Campo