Expodireto Cotrijal é uma grande feira do agronegócio

Inicio » Agronegócio » Expodireto Cotrijal é uma grande feira do agronegócio
01/04/2020 Por
Expodireto Cotrijal é uma grande feira do agronegócio

A Expodireto atrai mais de 250 mil pessoas anualmente na cidade de Não-Me-Toque (RS). Desde 2000, ocorre na cidade gaúcha de Não-Me-Toque o evento conhecido como Expodireto Cotrijal. O evento, ano após ano, vem atraindo número cada vez maior de pessoas para visitar o espaço de exposição por propiciar novidades e oportunidades de negócios.

A Expodireto tem alcance internacional ao reunir as principais marcas e empreendimentos nacionais e internacionais do setor agro. A edição deste ano foi uma das poucas não afetadas pela crise provocada pela pandemia do vírus Covid-19, o novo Coronavírus, por ter sido realizada no começo de março.

Expodireto

O que é Expodireto?

Expodireto é uma feira de exposição do agronegócio internacional que ocorre anualmente desde os anos 2000 no norte do Rio Grande do Sul, na cidade de Não-Me-Toque.

O foco da Expodireto se concentra em novidades tecnológicas e oportunidades de negócio. O objetivo é educar os produtores agro sobre as últimas novidades do setor em termos tecnológicos e de como a tecnologia pode ajudá-los a melhorar a produção e reduzir custos.

Por isso, além de dedicar um longo espaço para prestadores de serviços nacionais e internacionais, promove série de palestras e workshops sobre tecnologia no mundo agro para manter o setor atualizado e incentivar a realização de negócios.

Por esse objetivo, a entrada da Expodireto é gratuita aos visitantes.

O evento possibilita a negociação de compra e venda de produtos e serviços diretamente no local da feira.

Conta até com instituições financeiras dentro da área do evento para auxiliar os visitantes a obterem linhas de crédito e financiamentos para aquisição de produtos e serviços de interesse.

O contato direto com expositores palestrantes permite não só o conhecimento de novas soluções tecnológicas vistas em prática, mas também a oportunidade de vários negócios ao ter contato mais informal e descontraído.

Números da Expodireto

As últimas edições da Expodireto receberam público de 250 mil pessoas e movimentaram bilhões de reais em negócios.

As 250 mil pessoas são representadas não só por brasileiros, mas por indivíduos de várias nacionalidades, que totalizam 70 países.

Esse interesse demonstra a força do mercado agro brasileiro, um dos campeões mundiais não só na produção e consumo, mas também em inovação e tecnologia.

Por ser um dos setores mais importantes da economia nacional, por contar com território amplo e favorável para o trabalhador rural, o setor recebe muitos investimentos para se manter competitivo. Seja em mão de obra ou no financiamento de pesquisas e maquinário, seja em âmbito privado ou governamental.

Por isso, o mercado agro brasileiro é um dos mais respeitados do mundo. Costuma atrair interesse de empreendedores rurais de todos os cantos do planeta.

A feira reúne quase 600 expositores, 573, sendo mais específico. A última edição, a de 2020, ocorreu entre os dias 02 a 06 de março e gerou 2,76 bilhões de reais comercializados.

Expodireto

Expodireto 2020

Esse número de valores comercializados representou alta de 10% em comparação à edição do ano passado. Uma ótima notícia, considerando que as perdas na economia gaúcha provocada pela estiagem foram da ordem de 5 bilhões de reais. Essas perdas levaram os produtores a procurarem por alternativas para enfrentar esse período difícil.

Sem dúvida, a Expodireto é o evento ideal para buscar soluções por ser pautada pela apresentação de novidades tecnológicas e informação a respeito das tendências de momento.

Programação Expodireto 2020

A programação Expodireto 2020 contou com espaços dedicados a:

  • Natureza;
  • Calçada da fama;
  • Premiações;
  • Fórum Nacional do Milho;
  • Fórum Nacional de Soja;
  • Workshops como Mulheres Cooperativas em Ação;
  • Palestras como desafios atuais no manejo de pragas e doenças em soja;
  • Fórum Estadual de conservação do solo e da água.

Além disso, outros eventos preencheram a programação da Expodireto durante os dias 02 a 06 de março. O evento também reserva espaço para lançamentos por contar com hectares para exposição de produtos agrícolas e experimentações.

Expositores Expodireto

Na edição de 2020, expositores Expodireto, como empresas de sistemas de irrigação, por exemplo, registraram aumento de 50% na procura por informações sobre os seus serviços.

Isto tanto por parte de interessados em adquirir o produto, como por pessoas que já têm em mãos a tecnologia e gostariam de avaliar mais possibilidades de uso.

Boa parte dos expositores da Expodireto é voltada para a agricultura familiar típica, mas há os que são voltados para máquinas e equipamentos, produção vegetal, produção animal, entre outras áreas.

Antes do Covid-19

Felizmente, para a Expodireto 2020, o período de sua realização não ocorreu durante o alerta de quarentena em razão do novo Coronavírus. O evento foi realizado logo no começo de março.

Mesma sorte não tiveram outros eventos agro que precisaram ser suspensos por tempo indefinido, cancelados ou interrompidos durante suas realizações.

No entanto, ainda não é possível mensurar se foi uma medida acertada em termos de saúde pública ou um grande equívoco devido à falta de urgência e plano estratégico por parte das autoridades competentes.

Expodireto

Trilhas turísticas

Sem dúvida, a Expodireto representa um evento de grande importância econômica para a cidade de Não-Me-Toque, no Rio Grande do Sul. Isto não só para o setor agro, mas para outros setores da economia local, como o turismo.

Com milhares de visitantes vindo de diversos lugares do mundo, o setor hoteleiro é bem requisitado. Pensando em tornar a estadia desses visitantes mais agradável e garantir seus retornos, foram pensados os desenhos de trilhas de turismo rural na região.

São elas:

  • Rota das Tropiarias, Flores e Aromas;
  • Quinze de Novembro;
  • Passo Fundo;
  • Rota das Salmarias.

Quem se beneficia dessas rotas não são apenas hotéis e agências de turismo. Muitas famílias residentes em fazendas também aproveitam a data do evento para hospedar turistas em suas casas e levá-los a rotas turísticas.

Tal prática constitui uma boa forma de complementar a renda, sempre útil em momento de produção fraca, como foi o caso do ano passado devido à estiagem.

A maioria das rotas se dedica a revelar a beleza e sabores rurais da região, que constitui não só a cidade de Não-Me-Toque, mas também cidades do entorno.

Além disso, também se destinam a promover fazendas, como é o caso da trilha de Passo Fundo, que ajuda a divulgar a Fazenda Camponez aos muitos visitantes da Expodireto.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo