Caprinocultura ganha espaço no mercado agro brasileiro

Inicio » Pecuária » Caprinocultura ganha espaço no mercado agro brasileiro
18/02/2019 Por
Caprinocultura ganha espaço no mercado agro brasileiro

Caprinocultura se torna cada vez mais popular no Brasil e ganha atenção do mercado mundial

A caprinocultura é um mercado em constante expansão e que pode se consolidar com um dos setores mais rentáveis do país.

Além disso, a caprinocultura tornou-se popular por ser uma prática boa para ambos os lados, produtor e animal. O animal é de fácil adaptação a qualquer tipo de clima, é fácil de domá-lo.  Sua alimentação é relativamente normal. Desse modo, os caprinos tornaram-se populares entre fazendeiros.

Caprinocultura

O que é caprinocultura?

Caprinocultura é a relação do produtor com a criação e produção de cabras. Na história, a cabra é um dos animais mais antigos do mundo e, além disso, um dos percursores de alimentos extraídos de animais para consumo. Dentro dessas atividades percursora, existem diferentes tipos de caprinos, para todos os gostos e necessidades num trabalho na fazenda.

Os principais destaques da caprinocultura são:

  • Caprino de leite: O leite de cabra é muito consumido no campo. Seu valor nutricional é alto e, além disso, vem sendo utilizado em outras texturas, como o leite em pó.  Porém, o cuidado com os caprinos de leite deve ser alto, para não prejudicá-lo e consequentemente atrapalhar o processo do leite.
  • Caprinos de corte: Os caprinos de corte podem significar boa rendabilidade para o fazendeiro. Assim como nos de leite, o cuidado com os animais de corte tem que ser maior, pois a falta de cuidados podem endurecer seu corpo e deixar a carne com uma textura mais seca.

É importante ressaltar que cuidados com a higienização do local também é importante para o seu processo evolutivo. Contratar empresas especializadas ou fazer de forma manual é importante, pois evita a proliferação de bactérias.

Caprinos e ovinos

Confundido por muitos, as ovelhas e cabras podem até ser semelhantes, porém não são iguais. Entenda quais são suas diferenças:

  • Cabra: A cabra é considerado o feminino do bode, seus filhotes são chamados de cabrito.
  • Carneiro: Por sua vez, o carneiro é o macho da ovelha, seus filhotes são os cordeiros.

A produção dos caprinos é muito direcionada para comércio interno, porém, tem o seu valor fora do país. Hoje, a caprinocultura no Brasil destaca um número aproximado de 9 milhões de cabras no território nacional, sendo boa parte delas exportada para fora do país. A Bahia é a cidade que mais possui o anima. 2 milhões. Dados da Embrapa.

Caprinocultura

O mercado europeu é um dos maiores entusiastas do leite de cabra que é produzido no Brasil. Em boa parte do continente europeu, o leite de cabra é consumido em alta quantidade. Sua utilização vai desde seu modo comum – bebida – até utilizado para fazer outros produtos, como os queijos e barras de cereais.

Mesmo com tamanha evolução da caprinocultura, o mercado brasileiro entende que precisa evoluir para que se consolide como principal país a exportar cabras em diferentes aspectos. Hoje, para se consolidar, o Brasil precisa brigar com gigantes do continente africano. O Sudão e a Somália são considerados os maiores exportadores de carne do continente africano.

Agro20 | Portal Vida No Campo