Faisão é ave robusta que está com a criação em alta

Inicio » Pecuária » Faisão é ave robusta que está com a criação em alta
11/07/2019 Por
Faisão é ave robusta que está com a criação em alta

Qualidade da carne e beleza das penas tornam o faisão disputado

Dotado de uma carne saborosa, com pouca gordura e baixo colesterol, o faisão pode ser encontrado em pratos e receitas sofisticadas e também em receitas simples.

As penas são outro destaque do faisão. Por causa da beleza e das cores exuberantes, eles fornecem matéria-prima para fantasias e são utilizados para embelezar fazendas.

Faisão

O que é Faisão?

Faisão é uma ave da família Galliformes (assim como a codorna, o pavão, a perdiz e a galinha). Eles têm sua origem no continente asiático, sendo muito comuns em países como Rússia, China, Japão e Tibet.

A palavra “faisão” deriva da mistura de três termos: “phasianós” em grego, “phasianu” em latim e “faisan” do francês. Seu significado remete à ave colorida de penas curtas.

E são justamente estas duas características que melhor definem a imagem de um faisão. Eles também são reconhecidos por terem um corpo forte e uma carne saborosa.

Estas aves são criadas para abate e também para servirem de “ornamento” de sítios e jardins, embelezando estes locais com sua graça e cores. Também a facilidade de criação e manuseio fizeram com que o animal fosse domesticado e se adaptasse às criações pequenas e caseiras.

O sabor e o preço da carne de faisão são outros atributos que levaram ao aumento da produção de Faisão com finalidade de abate. A comercialização das penas coloridas também tem atraído atenção da indústria que produz fantasias e adereços para festas.

Por estes e outros motivos que veremos a seguir, a criação de Faisão tem aumentado nos últimos anos.

Principais características do faisão

Durante muito tempo, no Ocidente, pensava-se no faisão apenas como uma ave bonita que era usada para caça. Com o aumento de criações fora da Ásia, o mundo passou a conhecer melhor as características e benefícios desta ave.

Principalmente, o porte robusto, a estatura mediana e as penas coloridíssimas são as primeiras coisas que notamos ao avistarmos um faisão. Apesar disto, causa um certo estranhamento o tamanho da cabeça do animal que é bem pequena em relação ao resto do corpo.

Cada ave pode chegar a pesar até 3 quilos na idade adulta, sendo que os machos pesam mais do que as fêmeas. Quanto à estatura, o Faisão chega a medir entre 60 a 90 centímetros de altura. Cada asa pode medir entre 60 e 90 cm, dependendo do animal.

Além de mais pesados, os machos também se diferem das fêmeas por sua plumagem e cauda. As penas são mais coloridas e a cauda é maior.

Além dos atributos físicos, o faisão também se destaca pelo manuseio prático. Esta facilidade na criação da ave também ocorre devido aos seus inúmeros tipos, decorrentes das misturas entre espécies.

Faisão

Tipos de Faisão

A espécie, que já era popular no continente asiático, aumentou de modo significativo a quantidade de subespécies na medida em que passou a ser criada em outros países.

Atualmente são mais de 40 tipos de faisão, que diferem em muitos aspectos. De uma variação para outra pode mudar o tamanho, as cores, a textura da carne e a robustez dos ovos.

As características locais, como solo e alimentação, contribuem para esta diferenciação genética. Pesquisadores afirmam que destes 40 e poucos tipos primários, existem mais de 150 variedades.

Dependendo do tipo de ave, sua utilização pode ser mais voltada para produção de penas, abate e até para servir como pet ou ornamentação.

Dentre os tipos de faisão mais comuns temos, o azul, o dourado, o chinês e o canário. Mas existem muitas outras, com características próprias, como o esplêndido, o prateado, o verde e o argus.

No Brasil, existe uma espécie própria chamada de faisão brasileiro, também chamado de faisão comum, e se origina do cruzamento de vários tipos que aqui chegaram.

Produtos derivados do Faisão

Como vimos, o aumento da criação de faisão se dá por vários motivos. Carne, penas e ornamentação são os principais.

O sabor e a textura da carne desta ave a tornam requisitada para elaboração de pratos saborosos. Entretanto, o preço do quilo ainda dificulta a popularização da carne.

Sua cor branca de sabor leve e único torna a carne ideal para experimentações em diversos tipos de culinária.

Além da carne de faisão, os ovos da ave também começam a ser mais conhecidos dos brasileiros e utilizados em diferentes tipos de receitas.

Entretanto, não é somente a carne que atrai os apreciadores da ave. Sua plumagem diversa, colorida e exuberante possui várias finalidades.

Ao mesmo tempo, as indústrias da moda e de produção de fantasias têm aumentado a compra deste tipo de penas para criação de roupas e adereços carnavalescos.

A beleza da plumagem, além da graciosidade da ave, é o principal motivo para que se utilize o Faisão na ornamentação de sítios e fazendas.

Sobretudo espécies como o faisão dourado, faisão azul e faisão canário são alguns dos tipos mais escolhidos para esta finalidade.

Outro subproduto deste tipo de criação é a obtenção de esterco da ave. Em várias localidades, este resíduo é utilizado para produção de fertilizante orgânico.

A criação de Faisão

Dentre os motivos que estão levando ao aumento da criação de faisão, a facilidade em criar esta ave é um deles. Sua criação pode ocorrer em grandes aviários com estrutura própria, mas também pode ser adaptada para pequenas propriedades.

Eles são animais dóceis, fáceis de se lidar e que se acostumam rapidamente. Entretanto, não devem ficar confinados por longos períodos, pois podem ficar estressados e até deprimidos.

Para a formação de uma criação pequena, um macho e duas ou três fêmeas bastam. O faisão macho fará um rodízio cobrindo as fêmeas e, em seguida, ocorrerá o início de uma ninhada.

Faisão

Quando criados soltos, eles se alimentam principalmente de grãos, insetos, lagartixas e alguns tipos de frutas. Em cativeiro, é possível dar rações específicas ou grãos como milho, trigo, entre outros.

Apesar de dóceis, entretanto, não gostam de barulho, mudanças repentinas de rotina e presença constante de estranhos. Eles são ativos, se entediam com facilidade, mas, ao mesmo tempo, não curtem agitação estranha.

Entre os principais cuidados para se ter sucesso na criação desta ave, estão:

  • A preocupação com a temperatura adequada durante os primeiros sessenta dias de vida;
  • Não misturar raças e idades diferentes;
  • Evitar superpopulação no viveiro;
  • Água limpa e alimentação variada.

Como vimos, existem várias características que estão tornando o faisão uma ave mais conhecida e apreciada. Esperamos que nosso conteúdo tenha ajudado você a saber mais sobre o assunto!

Tags:

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo