Fava é leguminosa de propriedades medicinais e variados benefícios

Inicio » Agricultura » Fava é leguminosa de propriedades medicinais e variados benefícios
12/09/2019 Por
Fava é leguminosa de propriedades medicinais e variados benefícios

Fava é leguminosa que oferece benefícios à saúde e conta com propriedades medicinais importantes

A planta da família das leguminosas chamada de fava é dona de propriedades medicinais e uma série de benefícios para o corpo humano. Embora não seja muito comum na mesa do brasileiro, seus nutrientes e vantagens são cada vez mais conhecidos pelas pessoas que buscam uma alimentação saudável e balanceada.

Destacando flores grandes e brancas, geralmente com manchas pretas ou amarronzadas, a fava pode servir como alimento humano ou animal. Além disso, é um ingrediente poderoso para a composição de coberturas para a proteção de solo e culturas e até como adubo verde.

Fava

O que é fava?

A fava é uma planta mais conhecida pelo seu fruto, que é similar a uma vagem e pode ser consumido como uma espécie de substituto do feijão. É um alimento que destaca benefícios variados e propriedades medicinais importantes. Dona do nome científico de Vicia faba, é também conhecida pelos nomes de feijão fava e feijão de lima.

Por ter uma coloração variada, ela também pode ser chamada de fava verde ou fava branca; embora seja encontrada, também, em tonalidades de castanho, roxo e vermelho, além do preto. Pela beleza de suas flores, também é considerada uma planta ornamental, sendo uma boa aposta para a composição de buquês em vasos e arranjos de decoração.

Origem da fava

Embora não seja possível dizer, com certeza, qual é a sua origem, diz-se que a planta fava é uma das cultivadas há mais tempo em todo o mundo. A região do Mar Cáspio, na Ásia Central, e o Norte da África são as localidades mais prováveis relacionadas ao seu surgimento.

No entanto, foi em países como Egito, Itália, China e Índia que o alimento foi popularizado e, de fato, difundido. Para se ter uma ideia do longo período que essa planta já é cultivada e consumida, acredita-se que ela já fazia parte da dieta de diferentes povos ainda na Idade da Pedra.

No Brasil, a fava é mais encontrada na região Nordeste, e a sua produção em todo o país vem crescendo exponencialmente ao longo da última década.

Flor de fava

Como plantar fava?

A planta pode se adaptar com facilidade a uma variedade de climas. No entanto, sua preferência na hora do cultivo deve ser pelos ambientes frescos e de sol intenso; já que se desenvolve melhor nessas condições.

Mas um ponto importante na hora de plantar a fava, e que merece atenção, é a escolha da sua semente. Levando em conta o fato de que esta planta dispõe de uma variedade de tipos, entende-se que cada uma delas é mais apropriada para um tipo de cultivo e ambiente específicos; sendo as do tipo sutton as mais indicadas para plantação em estufas ou jardins de espaço restrito.

Entre os principais tipos de fava, podemos citar:

  • Fava Sutton
  • Imperial Green Longpod
  • Fava Stero
  • Aquadulce Claudia
  • Red Epicure

Enquanto o plantio da fava feito em ambientes fechados deve ser iniciado em épocas de clima mais frio; em áreas abertas há diferentes indicações para o cultivo, de acordo com o clima.

Em climas quentes o cultivo da fava deve começar no fim do outono; enquanto nos temperados o início da primavera é a melhor fase para iniciar o cultivo. Nas regiões em que as mudanças de temperatura são muito intensas, no entanto, o melhor é que a plantação comece em áreas internas; sendo transferida para espaços abertos apenas depois de algumas semanas.

Vale lembrar que o solo em que a fava será plantada deve ser preparado com a ajuda de fertilizantes para facilitar o seu desenvolvimento. Além disso, é indicado que as sementes sejam posicionadas a pelo menos 5 centímetros abaixo da superfície do solo; com espaçamento aproximado de 20 centímetros entre elas.

O período aproximado para a colheita das vagens da fava começa a partir de três meses após o plantio; e este tempo pode variar até aproximadamente oito meses depois da semeadura da planta.

Fava

Benefícios da fava

Este alimento leguminoso, assim como outros da mesma família, pode oferecer uma série de benefícios ao corpo humano. Contando com diferentes nutrientes, vitaminas e minerais, o tipos de fava mais reconhecido pelas suas propriedades medicinais e que estimulam o bom funcionamento do organismo humanos são as chamas de fava-de-cabalar ou fava-do-brejo.

As propriedades medicinais da fava são muitas, e envolvem desde vantagens relacionadas ao seu poder na prevenção de doenças até os envolvidos com a melhora de condições já existentes.

Confira, a seguir, alguns dos principais benefícios que a ingestão de receitas com fava podem oferecer para a saúde.

  • Fortalecimento da imunidade e prevenção de doenças

O cobre, o ferro, o cálcio e o magnésio presentes na fava ajudam na manutenção da saúde das células corporais, fortalecendo a imunidade e aumentando a energia corporal. Além disso, por ajudar na diminuição da pressão arterial, ela contribui para a prevenção de AVCs e doenças cardíacas; além de ajudar a diminuir riscos de problemas como  a osteoporose.

  • Auxílio em dietas voltadas para o emagrecimento

Além de contribuir para a saciedade de quem o consome, o alimento também conta com fibras e proteínas. Assim, tanto o processo de perda de peso como o funcionamento digestivo são beneficiados pela sua ingestão.

  • Ação no combate à depressão

Por ser um alimento rico em dopamina, ela ajuda a aliviar o estresse e combater sintomas de depressão e ansiedade.

  • Melhora nos sintomas do Mal de Parkinson

A função motora é beneficiada pela ingestão regular da fava e; de acordo com estudos, esse efeito é ainda mais acentuado em portadores da doença.

Fava

  • Prevenção do envelhecimento precoce

A vitamina C presente na planta destaca uma poderosa ação antioxidante. Assim, ajuda o corpo a se manter livre dos sinais de envelhecimento por mais tempo.

  • Saúde no desenvolvimento do feto durante a gestação

O ácido fólico faz parte das propriedades da fava, diminuindo consideravelmente o risco de defeitos congênitos durante a gravidez.

Fica claro, portanto, que o consumo regular da fava é uma ótima pedida; tanto para quem busca alternativas para fugir da rotina do feijão comum como para os que buscam uma dieta balanceada e cheia de benefícios. Assim, basta escolher a receita que lhe pareça mais apetitosa e incluir este ingrediente cheio de vantagens na sua alimentação.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo