Feijão rajado é parecido com o carioca, mas possui grãos maiores

Inicio » Agricultura » Feijão rajado é parecido com o carioca, mas possui grãos maiores
13/10/2020 Por
Feijão rajado é parecido com o carioca, mas possui grãos maiores

O feijão rajado é uma dica excelente para as pessoas que sentem vontade de inovar na cozinha mas, por algum motivo, não sabem exatamente como. Nesses momentos, é possível buscar algumas receitas e saber como preparar esse feijão maravilhoso e saborear um prato com acompanhamento um pouco diferente do que o feijão normal de sempre.

Além disso, o feijão rajado é uma opção com gosto e aroma característico, sendo uma ótima pedida para consumir vitaminas e demais ingredientes que auxiliam na força física, disposição e demais características. Para descobrir mais, acompanhe o artigo e fique por dentro das principais características e das vantagens dos mais diversos tipos de feijão existentes!

Feijão rajado

O que é feijão rajado?

Feijão rajado é um outro tipo de feijão, diferente do preto tradicional. Com um sabor um pouco mais adocicado, esse feijão é cremoso e de fácil cozimento, o que o torna perfeito para quem quer algo macio e prático.

Analogamente como os outros, pode ser tranquilamente consumido com arroz, ovos, massas, entre outros. Esse feijão é muito rico em fibras, o que colabora para o funcionamento equilibrado do intestino. Além disso, também diminui o colesterol ruim, controlando seus níveis e ajudando a estabilizar.

Aliás, outras vantagens que esse feijão traz consigo, são:

  • Textura agradável e macia;
  • Sabor diferenciado;
  • Minerais importantes para o corpo;
  • Vitamina B1.

Outrossim, o feijão rajado, por possuir fácil cozimento, ser macio e com um sabor suave e doce, é muito indicado para alimentar crianças. Logicamente, para isso, é preciso antes consultar um pediatra e saber qual a opinião que o mesmo tem sobre a sugestão.

Assim, a criança tem o organismo muito mais sensível do que um ser humano adulto e isso pode colaborar para que ela usufrua de maneira mais eficaz e ágil de todos os benefícios presentes no feijão.

É altamente indicado, antes de colocar esse feijão para cozinhar na panela, deixá-lo o tempo indicado de molho, mas se manter atento para com o tempo de cozimento do mesmo, já que ele pode cozinhar demais e virar praticamente um mingau de feijão.

Então, por ser tão macio e de fácil cozimento, esse feijão é muito indicado para ser utilizado em saladas e pratos que fuja da forma tradicional do feijão, que é aquela cozida e temperada com caldo. É possível utilizá-lo como uma espécie de salada ou colocá-lo também na omelete.

Além disso, como dito anteriormente, esse alimento pode colaborar de forma ativa para o controle do colesterol ruim.

Feijão rajado

Feijão rajado

Após entender um pouco de suas propriedades e benefícios, é possível aprender receitas de como preparar feijão rajado. Para a receita de feijão rajado, basta seguir os passos abaixo:

  1. Pegue uma panela de pressão, adicione 1 xícara do feijão rajado da marca que tiver preferência. Depois, acrescente 4 xícaras de água. A partir disso, é possível tampar a panela e deixa-la aquecer lentamente em fogo médio;
  2. Para os temperos, refogue uma cebola e dois dentes de alho junto aos seus temperos de preferência. Após cerca de meia hora ou um pouco menos/mais, a depender da potência do fogão, adicione uma concha de feijão rajado e amasse os grãos;
  3. Posteriormente, devolva o feijão na panela, acrescente os temperos necessários e deixe a panela fervendo em fogo baixo até que o gosto seja latente. Caso queira que o feijão cozinhe mais rápido, deixe de molho de um dia para o outro. Assim, é possível retirar as impurezas dos grãos e ainda agilizar o processo de cozimento.

Outra forma de como fazer feijão rajado que faz muito sucesso é o feijão rajado tropeiro. Assim, para essa receita, basta separar os seguintes ingredientes:

  • A quantidade que preferir de feijão;
  • 1 folha pequena de louro;
  • Bacon em cubos a gosto;
  • Linguiça de calabresa em rodelas a gosto;
  • 1 cebola picada;
  • alho picado;
  • 1 xícara de farinha de molho;
  • Salsinha;
  • Pimentão vermelho e tomate cortados em cubos;
  • Sal e pimenta a gosto.

Tire o feijão que já estava no molho e cozinhe; depois, reserve. Em uma panela de fundo grosso, acrescente dois litros de água, louro e coloque o feijão já cozido ali dentro. Depois, frite o bacon, a linguiça, a cebola, o alho e acrescente os demais ingredientes.

Deixe em fogo baixo e adicione o feijão cozido. É indicado servir com arroz, ovo e couve folha refogada.

Feijão rajado

Tipos de feijão

Embora não exista apenas o feijão rajado, há muitos outros tipos de feijão que são muito deliciosos e trazem diversas vitaminas e minerais para o corpo. Alias, o feijão em si é um tipo de alimento que não pode faltar em jantares e almoços, seja da família ou não.

Ademais, o feijão é extremamente importante para repor as energias perdidas durante o dia, as vitaminas do corpo que foram baixadas por conta do estresse, além de evitar de forma muito eficaz o enfraquecimento e riscos de anemia.

Além disso, o feijão é um dos poucos grãos que possui diversas variações dele mesmo. Algumas como:

  • Carioca;
  • Preto tradicional;
  • Azuki;
  • Verde;
  • Jalo;
  • Feijão fradinho.

Em alguns casos desses exemplos citados, o feijão fradinho, por exemplo, pode fornecer 8 gramas de fibras com somente uma xícara dele. Também possui os efeitos de prevenir a anemia e prestar apoio imunológico em grande escala.

Inegavelmente, o feijão azuki possui uma colocação mais escura e isso significa que ele auxilia em maior quantidade na digestão, emagrecimento e controle da diabetes. Além disso, com ele, o fluxo sanguíneo fica muito mais leve.

O feijão verde não é um feijão encontrado com frequência, assim como também não é tão conhecido. Porém, ele promove um benefício imenso à saúde ao prestar fortalecimento aos ossos e preparar o corpo para receber o cálcio. Além disso, combate a depressão e demais doenças.

Assim como o feijão rajado, é possível notar benefícios realmente surpreendentes para cada um dos tipos de feijão que foram citados acima. Isso porque ele se mostra cada vez mais indispensável na alimentação do cotidiano, mesmo que seja nas refeições mais simples de nosso dia a dia. Tudo isso colabora para uma saúde e qualidade de vida maiores.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo