Ferrugem asiática se alastra facilmente e causa prejuízos no campo

Inicio » Agricultura » Ferrugem asiática se alastra facilmente e causa prejuízos no campo
30/07/2019 Por
Ferrugem asiática se alastra facilmente e causa prejuízos no campo

A ferrugem asiática teve origem na China, mas atualmente já se espalhou pelas plantações de todo o mundo

A ferrugem asiática impede a formação dos grãos de soja, reduzindo a produtividade drasticamente. Em alguns casos, portanto, a produção no campo pode ser reduzida em até 90%.

Apesar de ter sua origem na Ásia, a ferrugem asiática se alastrou pelo mundo e invade as culturas. O fungo se espalha facilmente com a ajuda do vento e é muito difícil de controlar. Atualmente algumas técnicas e produtos químicos podem auxiliar no combate à doença.

ferrugem asiática

O que é ferrugem asiática?

Ferrugem asiática é uma doença que ataca diferentes culturas, entre elas os grãos como a soja e o trigo. A doença, portanto, é causada por um fungo chamado Phakopsora pachyrhizi e muitas vezes é chamada de ferrugem da soja. Assim, atualmente é um dos patógenos mais agressivos para a cultura.

O principal ataque da doença acontece quando o fungo causa a desfolha precoce das plantas. Consequentemente, isso impede que o vegetal conclua a formação dos grãos, causando a redução da produtividade na lavoura.

O nível de danos na plantação depende da intensidade e da quantidade de infestação dos fungos.

Quais os sintomas da ferrugem asiática?

A doença é relativamente nova no Brasil, foi diagnosticada pela primeira vez apenas em 2001. Ainda assim, pode ser bastante agressiva. Ela se dissemina com a ajuda do vento e, assim, pode afetar todas as regiões do Brasil.

A ferrugem asiática na soja apresenta alguns sintomas específicos. Confira os sinais da doença:

  • Os primeiros sintomas do ataque do fungo são pontos de cor escurecidos nas folhas
  • Já na parte inferior das folhas surgem pequenas verrugas. É neste local que o fungo se reproduz, através de esporos
  • Depois de algum tempo as verrugas mudam de coloração. De castanho claro passam para o rom castanho escuro

Como controlar a ferrugem?

O controle da doença é bastante difícil, visto que o fungo da ferrugem é transmitido facilmente de uma planta para outra. Até existem cultivares mais resistentes disponíveis no mercado.

Contudo, o fungo também passa por modificações constantes e existe em diferentes raças. Por isso encontrar um cultivar resistente a tantos tipos de fungo, é muito difícil.

Sendo assim, o controle através de agentes químicos é uma das formas mais assertivas para o combate à doença. Além disso, também é recomendável que o plantio da cultura seja realizado em épocas menos favoráveis para a propagação da doença.

Ferrugem asiática

Outra recomendação é que o produtor rural utilize plantas precoces. Essa medida deve ser tomada para que o fungo não ataque as plantas muito novas. Caso isso aconteça, os danos na plantação podem ser ainda maiores.

Uma técnica utilizada nas plantações e que também pode evitar o surgimento do fungo é o vazio sanitário. O vazio é um período de 60 a 90 dias em que o campo não é semeado, ou seja, sem o plantio de vegetação.

Este intervalo de tempo reduz a sobrevivência do fungo da ferrugem asiática. Consequentemente, o número de esporos também cai, assim como o risco de uma possível infestação.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo