Insumos são essenciais para a produção de produtos e serviços

Inicio » Agronegócio » Insumos são essenciais para a produção de produtos e serviços
11/07/2019 Por
Insumos são essenciais para a produção de produtos e serviços

Insumos são os elementos primordiais para uma produção agrícola

Qualquer um que trabalhe no agronegócio sabe da importância dos insumos. São eles que fazem com que qualquer tipo de produção possa acontecer e garantem que ela ocorra da maneira correta. Em outras palavras, eles são o primeiro passo para qualquer um que deseje ter um novo negócio.

Mas, apesar disso, muitas pessoas não sabem exatamente o que esse termo significa. Pensando nisso, reunimos aqui as principais informações sobre o assunto. Entenda o que são insumos, quais são os principais tipos, quais são usados no agronegócio e por que são tão importantes.

Insumos

O que são insumos?

Insumos são, basicamente, os elementos primordiais para qualquer tipo de produção, seja no mundo do agronegócio ou não. Trata-se de um conjunto de fatores que fazem com que a produção seja possível, mas que não necessariamente estejam no resultado do seu trabalho.

A palavra insumo vem do latim insumere, que significa “fazer o uso de”. Conhecer a origem da palavra é importante para entender sua conceituação. Isso fica ainda mais claro quando entendemos que os insumos vão muito além de um simples produto.

A mão de obra de um trabalhador, por exemplo, pode ser considerada um insumo para o agronegócio, assim como um trator ou até mesmo um investimento em novas terras. Mas, para entender esse conceito de forma mais clara, é necessário entender quais são os tipos de insumo existentes no agronegócio.

Tipos de insumos

Existem basicamente três tipos de insumos, sendo eles:

  • Natural;
  • Do trabalho;
  • Capital.

Vamos falar mais profundamente sobre a importância e o uso de cada um deles para que isso fique mais claro para você.

Insumo Natural

Os insumos naturais são o que podemos também chamar de matéria-prima. Exemplos como algodão, madeira, lã, água e qualquer outro tipo de produto que venha da natureza e que seja base para a produção de algo maior pode ser considerado um insumo natural. Até mesmo a energia usada para uma produção pode se encaixar aqui. É um dos conceitos mais simples de entender quando falamos nesse assunto.

Insumos

Insumo Do trabalho

O conceito de insumo do trabalho tem a ver com a mão de obra de algum funcionário. O trabalho de um tratorista em uma plantação pode ser considerado um tipo de insumo. Esse conceito também é fácil de entender, já que toda mão de obra que faz parte da produção de algo maior também pode ser considerada um insumo do trabalho.

Insumo Capital

O conceito de insumo capital é o mais abstrato e, consequentemente, o mais difícil de entender. Ele tem a ver com o dinheiro aplicado para que determinada produção pudesse ser feita. Esse dinheiro só é insumo se fizer parte direta da produção, ou seja, dinheiro gasto com o transporte até o local ou mesmo com a alimentação de funcionários não entra aqui. Apesar de ser um pouco mais complexo, é importante ser compreendido.

Insumos agrícolas

Agora que você já conheceu os três tipos de insumos existentes, podemos apresentar alguns subgrupos específicos de insumos agrícolas. Podemos considerar que eles são qualquer tipo de insumo que é utilizado no agronegócio. Portanto, são diversos os tipos de insumos, o que torna o conceito abrangente. Também iremos explicar mais sobre cada um deles separadamente.

Eles são:

  • Insumos mecânicos;
  • Insumos biológicos;
  • Insumos químicos (minerais).

Insumos mecânicos

Como o próprio nome sugere, os insumos mecânicos são qualquer tipo de máquina utilizada para a produção agrícola. Alguns exemplos são o próprio trator, pulverizadores, além de diversas outras ferramentas como enxadas e pás, por exemplo.

Insumos biológicos

Os insumos biológicos são qualquer tipo de material orgânico que faz parte da produção de alguma forma. Os principais exemplos são os adubos das plantações, todo tipo de fertilizante de origem orgânica, insetos como as abelhas ou animais como as vacas para a produção de leite.

Insumos químicos (minerais)

Os insumos químicos, também chamados de minerais, são exatamente qualquer tipo de produto químico utilizado para a produção agrícola. Como exemplo, podemos citar os agrotóxicos e qualquer tipo de adubo químico, ou seja, não orgânico.

Diferença entre insumo e matéria-prima

Essa é uma das principais confusões que as pessoas fazem. Muitos usam as duas palavras como um sinônimo, o que não é correto. E apesar de serem a mesma coisa, em muitas ocasiões o insumo e a matéria-prima não têm nada a ver um com o outro.

Todos esses exemplos de insumos são importantes para uma produção agrícola. Mais do que isso, entender exatamente o que eles são, para que servem e por que são tão importantes faz com que você tenha uma visão muito mais ampla do agronegócio.

Insumos

Isso possibilita que você pense em alternativas para fazer seu negócio crescer e entenda o motivo de certos investimentos darem certo ou não. O conhecimento é sempre uma arma importante.

Enquanto o conceito de matéria-prima tem a ver com algum tipo de material físico que é empregado de alguma forma na produção e que, de alguma forma, é visível no produto final, o conceito de insumo tem mais a ver com um bem que é utilizado para essa produção, mas que não necessariamente está no produto.

Entendendo os tipos de insumo que já citamos anteriormente, é possível entender essa diferença. Enquanto a mão de obra pode ser um insumo, ela nunca pode ser uma matéria-prima. Por outro lado, a madeira pode ser.

Então existem elementos que podem ser insumos e matérias-primas ao mesmo tempo? Sim, porém, é necessário entender essa diferença e saber se esse produto será usado como insumo ou como matéria-prima. Apesar de parecer algo simples, essa diferença é importante para qualquer negócio.

Entender esse conceito é importante para qualquer um que realmente deseje trabalhar no ramo do agronegócio. São diversos detalhes, como a definição correta de insumos agrícolas ou a diferença de insumo para matéria-prima. Porém, todo esse conhecimento faz você ter uma perspectiva maior sobre como você deve usar cada tipo de material e por que cada um deles é tão importante. E é assim que você faz seu negócio crescer cada vez mais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo