Fitoplâncton: saiba a importância desses vegetais para o meio ambiente

Inicio » Meio Ambiente » Fitoplâncton: saiba a importância desses vegetais para o meio ambiente
21/03/2019 Por
Fitoplâncton: saiba a importância desses vegetais para o meio ambiente

O estudo dos fitoplânctons é importantes, pois possuem pigmentos fotossintetizantes como a clorofila

O meio ambiente é constituído por diferentes seres que, juntos, permitem o equilíbrio natural do ecossistema e a própria vida. Tais organismos fazem parte da cadeia alimentar, cuja base é o fitoplâncton.

O fitoplâncton é chamado de “o verdadeiro pulmão do mundo”, pois produz grandes quantidades de oxigênio, liberando-as na atmosfera. Também serve de alimento para outros seres. É um dos componentes da biomassa da Terra.

fitoplâncton

O que é fitoplâncton?

Fitoplâncton é um tipo de plâncton. O plâncton, por sua vez, envolve organismos de ecossistemas aquáticos. Basicamente, é uma comunidade vegetal que habita diferentes camadas de águas.

Portanto, trata-se de seres microscópicos, e sua importância está ligada principalmente ao fato de promoverem a fotossíntese, mediante a exposição à luz.

Assim, fitoplâncton são algas unicelulares e fotossintetizantes que povoam ecossistemas aquáticos. Exemplo de fitoplâncton são algas denominadas cianobactérias e as microalgas.

Desta forma, o fitoplâncton é indispensável ao meio ambiente por realizar a fotossíntese, processo que garante a vida na Terra. A fotossíntese ocorre quando estas algas convertem materiais inorgânicos em materiais orgânicos, oxigenando as águas.

Tais vegetais microscópicos:

  1. Geram mais da metade do oxigênio do planeta (alguns dizem que chega a 70%);
  2. Chegam a absorver 30% de dióxido de carbono produzido pela humanidade.

Afinal, para compreender o que é fitoplâncton, é essencial considerar que tal comunidade de plantas constitui a base da cadeia alimentar.

Outrossim, o fitoplâncton também alimenta certos peixes e o zooplâncton.

Fitoplâncton e zooplâncton

No meio ambiente, o plâncton é formado por organismos que se locomovem com certa limitação, vivendo em suspensão em ambientes aquáticos. Eles podem ser levados pela movimentação natural das águas.

Assim, fazem parte do plâncton: fitoplâncton e zooplâncton. A diferença entre fitoplânction e zooplâncton é:

  • Fitoplâncton: organismos que produzem seu próprio alimento através da fotossíntese, caracterizando-se como seres autótrofos;
  • Zooplâncton: organismos que, ao contrário, não fazem seu próprio alimento, o que os caracteriza como heterótrofos. Eles se alimentam do bacterioplâncton e do fitoplâncton. Exemplos: larvas, protozoários e microcrustáceos.

Onde encontrar?

O fitoplâncton marinho pode se ser encontrado flutuando, em geral em águas abertas. Costuma ficar na zona fótica, que é uma região próxima à superfície da água. Na zona fótica, as algas absorvem a luz do sol e realizam a fotossíntese.

As algas do fitoplâncton marinho podem viver em colônias ou isoladas, e suas formas são muito variáveis. Algumas incluem espinhos e cerdas.

fitoplâncton

Fatores do crescimento do fitoplâncton

O crescimento destas algas sofre a interferência de algumas condições do meio ambiente, dentre eles agentes exógenos. Influem no desenvolvimento das algas do plâncton:

  • Quantidade de luz do sol na zona fótica;
  • Nutrientes disponíveis;
  • Temperatura das águas;
  • Predação e parasitismo;
  • Competitividade com demais plantas marinhas, disputando recursos ambientais.

Exemplos destes seres são os dinoflagelados (Dinophyta), que habitam água salgada e produzem a maré vermelha e, às vezes, bioluminescência. Outro exemplo são as diatomáceas (Baccillariophyta), que são fitoplâncton marinho e de águas doces. Apresentam carapaça sílica e, às vezes, espinhos.

Assim, fitoplâncton é um conjunto de seres estudados pela Biologia Marinha, Limnologia e Oceanografia. São objetos de pesquisa, também, da Botânica.

Por fim, fitoplâncton é uma comunidade de algas do plâncton que é responsável pela fundamental atividade da fotossíntese, a qual produz a maior parte do oxigênio da Terra e permite a vida em nosso planeta.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo