Floricultura é o cultivo de flores com objetivo ornamental ou paisagístico

Inicio » Agronegócio » Floricultura é o cultivo de flores com objetivo ornamental ou paisagístico
21/09/2019 Por
Floricultura é o cultivo de flores com objetivo ornamental ou paisagístico

A floricultura e a sua produção diversificada

Alguma vez você já se perguntou de onde vêm as rosas que você recebe ou dá em uma data especial? A resposta é simples: da floricultura.

Mas o que exatamente é a floricultura? Provavelmente você já ouviu falar no termo como sendo o local que vende flores e plantas diversas. Mas, saiba que seu significado é muito mais que um comércio.

floricultura

O que é floricultura?

Floricultura é a disciplina de horticultura orientada no cultivo de plantas e flores ornamentais para uso decorativo, em especial. Produtores, chamados cultivadores de flores, produzem plantas diversas para serem usadas por:

  • Jardineiros;
  • Paisagistas;
  • Decoradores de interiores;
  • Venda de flores por floristas;
  • Para uso final em vasos.

Este tipo de cultura deve ser entendido como um empreendimento de produção em massa de plantas, diferentemente da jardinagem. Este último é aquele que faz uso das produções dos floricultores.

As empresas do ramo geralmente são empresas comerciais com diferentes processos de complexidade, dentre elas:

  • Aquelas de tipo familiar de tamanho regular;
  • Aquelas que atingem altos níveis de investimento por organizações de tipo corporativo;
  • Cooperativas.

Os diversos tipos de flores

As flores podem ser classificadas de acordo com vários fatores. Os botânicos, em geral, utilizam uma forma de segregar as espécies de forma que fique fácil para os estudos.

De uma maneira mais ampla, escolhemos os tipos de flores com base em suas aparências. Afinal, a beleza de suas pétalas, cores e formas é o que sempre atraiu o ser humano.

  • Flores pequenas: a floricultura de flores pequenas é uma das mais comuns. Isso porque sua beleza reside tanto na simplicidade quanto no efeito que elas criam quando são vistas juntas. Além disso, elas são frequentemente usadas ​​na elaboração de buquês, pois são perfeitos para decoração;
  • Flores de sino: entre os tipos de flores que existem, não há dúvida de que aquelas com pétalas em forma de sino são uma das mais impressionantes. Grandes ou pequenos, esses “sinos” podem ser coloridos e, às vezes, também perfumados. Essas flores certamente atrairão todos os olhos para o jardim;
  • Flores coloridas: e quem não gosta de flores de cores alegres e variadas? Um jardim florido cheio de infinitas tonalidades é um lugar bonito, que ilumina a vista. Sem contar que também faz cheirar maravilhosamente bem; basta visitar uma floricultura para ter certeza disso;
  • Flores cor de rosa: o rosa é uma das cores favoritas na escolha das pessoas. Isso porque talvez esteja no meio caminho entre o branco discreto e o vermelho marcante. Além disso, evoca calma, serenidade e romantismo, por isso é comum ver flores com essa cor em muitos lugares;
  • Flores exóticas: algumas pessoas se cansam do que é comum, do que é visto em todos os lugares. As formas estranhas de algumas espécies são bem atrativas e curiosas.

floricultura

Quais são as espécies de flores?

As flores se mostram uma ótima maneira para deixar as residências transbordando alegria e vida. Além de belas, elas têm um cheiro maravilhoso, bem como mantêm próxima a companhia agradabilíssima de borboletas e pássaros.

Dentro da floricultura, existem diversas espécies de flores. Estas podem ter o cultivo feito tanto nos canteiros quanto nos vasos. É bem verdade que todas as formas exigem cuidados especiais, mas certamente que algumas boas dicas vão servir para ajudar no cultivo.

Veja algumas das espécies especiais que são boas para se cultivar em casa, assim como as suas características principais e os cuidados.

  • Alfazema: esta flor é uma das espécies de flores que são mais perfumadas. Sua floricultura se dá em canteiros ou em vasos, formando maciços na tonalidade lilás. Ela tem apreciação pelo solo árido, com poucas regas, mas bastante luz. Contudo, é preciso evitar deixá-la muito tempo exposta aos raios solares intensos. Tenha também certo cuidado no momento da poda. A planta precisa ser cortada bem na parte verde, pois caso os caules lenhosos forem podados, ela não desenvolverá mais;
  • Couve ornamental: as couves ornamentais possuem folhas bastante diferentes de suas parentes próximas, como o brócolis e a couve-flor. Os tons diferentes que os mesmos pés apresentam a tornam a melhor opção para jardins. A couve prefere a luz do sol, mas pode se adaptar também na sombra. Antecedendo à rega, é preciso verificar como está a umidade do solo. Como essa flor gosta dos períodos secos, não se pode exagerar na água;
  • Lírio: a floricultura do lírio resulta em cores diferentes, como o rosa, o amarelo, o branco e o vermelho. As flores são bastante apreciadas para jardins. Entretanto, também podem ser vistas dentro das casas, especialmente na forma dos buquês.

A floricultura online

Quaisquer tipos e espécies de flores são consumidos desde longa data. Diferente do que várias pessoas imaginam, a demanda alta não é somente nas datas comemorativas.

Prova disso ocorre com os números que cercam a floricultura. Ela movimenta aproximadamente R$ 1 bilhão de reais. A contar com isso, a floricultura online pode se mostrar um empreendimento bem rentável.

Algumas pessoas têm a concepção errônea de que as empresas que atuam na internet atendem o Brasil todo. Em se tratando da floricultura online, isso é mais complicado. As flores se deterioram rapidamente e, no trajeto do frete, seria complicado se o destino fosse distante.

Assim, quem se interessa por essa modalidade de negócio deve ter em mente que o atendimento é mais centralizado. Deve se restringir a cidades próximas, bem como regiões vizinhas.

É importante ressaltar também que tanto a floricultura online quanto a física permitem uma alavancagem de lucros mais expressiva.

floricultura

A floricultura no Brasil

A floricultura no Brasil teve seu início nos anos 60, logo a chegada ao país de imigrantes holandeses. Eles trouxeram tecnologias modernas de cultivo. Dessa forma, um setor quase inexistente, teve um grande crescimento.

A produção das flores exóticas e ornamentais movimenta anualmente aproximadamente R$ 4,3 bilhões. Para impulsionar mais ainda esse cultivo, o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) trabalha em parceria com os setores cooperativos. A iniciativa tem como intenção à geração de renda e emprego às famílias das regiões onde a floricultura é concentrada.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo