Flotação é processo de separação de misturas heterogêneas

Inicio » Meio Ambiente » Flotação é processo de separação de misturas heterogêneas
21/03/2019 Por
Flotação é processo de separação de misturas heterogêneas

Flotação é grande auxiliadora da despoluição e na preservação do meio ambiente

O método da flotação surgiu em 1886, e é de autoria de Carrie Everson. A descoberta foi obtida em meio a estudos nas áreas de Metalurgia e Química.

Assim, a flotação possui importantes empregos. Um exemplo de flotação é na separação de minerais. Outro exemplo de flotação é na extração de cobre de calcopirita, e temos ainda o tratamento de esgoto e de água. Por auxiliar na despoluição, por exemplo, tem um papel essencial na preservação do ambiente e da bioenergia. Além destas utilizações, também é aplicável a outros processos realizados no meio ambiente.

O que é flotação?

flotação

Flotação está ligado a um processo que separa partículas em uma mistura sólida ou líquida. Essa dissociação ocorre a partir da constituição de uma espuma, a qual carrega partículas de uma espécie, deixando outras de lado.

Assim, o significado de flotação remete a “flotation”, que, em português, passa o conceito de “flutuação”. Tal significado de flotação faz sentido, uma vez que a flotação traz partículas para a superfície de uma mistura.

Como funciona a flotação?

Assim, a questão sobre o que é flotação leva a um método de separação de misturas. Esse processo faz com que o ar borbulhe em uma mistura coloidal, de maneira que a espuma obtida carregue à superfície toda a impureza.

Portanto, trata-se de um método físico que separa misturas heterogêneas adicionando bolhas de ar ao ambiente. Com isso, as partículas suspensas no líquido se aglutinam a tais bolhas. Por sua vez, a espuma composta poderá ser retirada no fim, levando as partículas impuras.

O processo de flotação é oposto ao da sedimentação, o qual separa misturas por meio de partículas suspensas que se depositam no fundo do recipiente. Tal deposição se dá através da gravidade, sendo as partículas mais tarde recolhidas por processos como a decantação.

Outrossim, as partículas levadas à superfície na flotação precisam ser coloidais, apresentando de 1 a 1.000 nanômetros de diâmetro.

Tipos de flotação

Os tipos de flotação se diferem essencialmente pela forma como as bolhas são criadas para separar a mistura sólida ou líquida:

  • Aspersão: recolhe-se o ar da água reciclada, que é colocado em um recipiente de flotação. Forma-se um sistema de ar e água. A seguir, as partículas sólidas sofrem absorção. Apresenta baixo custo e manutenção simples;
  • Centrifugação: pulverização do ar através de uma parede porosa em um tubo. Esse tudo tem um redemoinho girando em velocidade alta e um injetor. Associam-se flotação e centrifugação, porém o tratamento do efluente antes de dissolver o ar está além da movimentação mecânica;
  • Ar disperso: bolhas geradas de forma mecânica por um agitador em velocidade alta, aliado a um injetor de ar. Utiliza-se força centrífuga, obtida no próprio sistema. O líquido e o gás que se introduziu no topo se mesclam totalmente. Passam por um dispersor, em que são geradas bolhas de diâmetros variados. Chamado de processo de flotação mineral. Comum na petroquímica para dissociar óleo e água;
  • Ar dissolvido: bolhas geradas pela diminuição da pressão da água, pré-saturada e com ar. Tal pressão chega a índices mais elevados que os da atmosfera. Por outro lado, a água supersaturada é introduzida em válvulas ou orifícios. Nuvens de bolhas surgem na constrição.

Entretanto, além de tipos de flotação, há diferentes tipos de flotadores.

flotação

Flotação e floculação

A floculação também é usada para separar misturas no tratamento da água, como a flotação. Porém, nela, certa substância coagulante é colocada na água e, no lugar de bolhas, formam-se flocos que se arrastam à superfície. Os flocos contêm os elementos a serem separados.

Assim, a floculação pode despoluir rios, separar plásticos e micro-organismos e recuperar corantes em indústrias.

Enfim, flotação é um processo que separa misturas heterogêneas, tanto líquidas como sólidas, por meio da inserção de bolhas de ar aos quais certos elementos aderem, dissociando-se da mistura.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo