Ghee é um tipo de manteiga que se torna cada vez mais popular

Inicio » Agronegócio » Ghee é um tipo de manteiga que se torna cada vez mais popular
29/09/2020 Por
Ghee é um tipo de manteiga que se torna cada vez mais popular

Cada vez mais procurada no Brasil, ghee é uma ótima opção para intolerantes a lactose. Apelidada de “ouro líquido”, a manteiga ghee passou a atrair a atenção de todo o Brasil. Apesar de soar como uma grande inovação, vale destacar que este elemento está entre as tradições milenares da Índia. Hoje em dia, ela passou a ser muito comentado em outros continentes por conta da infinidade de benefícios nutricionais que pode proporcionar ao corpo humano.

Os indianos aplicaram a manteira ghee não só para o consumo na culinária, mas também para atividades terapêuticas. De acordo com a medicina exaltada pelo hinduísmo, a manteiga é reconhecida como um remédio para algumas inflamações, principalmente no caso de problemas intestinais. O elemento é considerado um reforço para o sistema imunológico, auxiliando em processos de desintoxicação.

Ghee

O que é ghee?

Ghee é uma manteiga clarificada estabilizada, que se destaca por trazer uma infinidade de benefícios para a saúde.

Existem algumas variações extremamente próximas e que recebem outros nomes no Brasil, como é o caso da manteiga de garrafa e do óleo de manteiga. A maneira de se extrair o elemento é praticamente a mesma.

A grande vantagem da manteiga ghi, como também é chamada, é de que ela pode substituir a manteiga original em praticamente qualquer receita, independente da culinária.

Em alguns casos, os óleos aplicados também podem ser substituídos pelo ghee. É uma possibilidade de acrescentar um item mais saudável de acordo com os pratos que estão sendo preparados.

Mas é importante destacar que o “ghi” não se oxida de maneira simples, o que vai facilitar o uso principalmente em casos de refogados ou pratos cozidos. O sabor tratá um diferencial para qualquer receita, dando um toque parecido com o gosto de amêndoas.

Apesar de ser uma gordura, traz elementos extremamente saudáveis para o corpo humano.

Manteiga ghee na economia

Apesar de ser um item que passou a ser extremamente procurado pelo público, a manteiga ghee não assumiu preços muito absurdos no Brasil. Para consumir um recipiente com 200 gramas, é necessário desembolsar de R$ 20 a R$ 50 reais, dependendo da região. O grande problema é que esta opção não está disponível em todos os supermercados, o que dificulta a localização da oferta.

A novidade rendeu sucesso para quem decidiu empreender com este produto. A chefe de cozinha Lais Alana Fong descobriu os benefícios da manteiga clarificada estudando a culinária internacional e decidiu iniciar a fabricação do produto no Brasil.

O sucesso sempre foi uma certeza por Lais saber que haveria um público para o consumo, que é o caso dos hipertensos, intolerantes a lactose e pessoas preocupadas com uma alimentação melhor.

Dessa forma, a Fonghee nasceu em 2015 e já amplia o ramo de atuação, também oferecendo manteigas que contam com ervas e muitos outros aditivos. A empresa não foi criada com objetivo de rápida expansão, mas a procura dos brasileiros já faz com que o retorno financeiro seja maior. Portanto, a movimentação econômica gerada pelo produto já se tornou uma realidade.

Ghee

Como fazer manteiga ghi?

Para iniciar o processo de como fazer manteiga ghi, é importante ter consciência de que não é complicado. É preciso derreter a manteiga comum de forma lenta, de preferência utilizando o recurso do banho maria. Depois que toda a água evaporar, sobrarão os sólidos do leite, que vão acabar se separando de toda a gordura. Use uma colher para fazer a separação.

Você também pode aplicar o restante do óleo por uma peneira, garantindo que nenhum resíduo do leite vai permanecer nesta solução. Aplique, também com a peneira, um plano extremamente fino para que o óleo realmente passe isoladamente. No entanto, vale destacar que esse processo pode demorar um pouco, o que vai render um ghi extremamente qualificado na sequência.

A manteiga ghee não precisa ser conservada em ambientes de refrigeração, contando com uma durabilidade extremamente alta comparada aos produtos que contam com aditivos de leite. Caso o processo seja considerado trabalhoso, é muito comum optar pela compra do ghee já pronto. Porém, certifique-se em relação à marca escolhida, pois alguns recipientes ainda contam com alguns aditivos.

Ghee

Benefícios da manteiga ghee

Além de não contar com lactose, a manteiga ghee reserva outros benefícios para a saúde. O alimento também não conta com doses de sódio, substância que acaba sendo perigosa para quem tem hipertensão. Por isso, é considerada uma excelente alternativa para quem está pensando em cortar a margarina.

A ausência do sal também influencia diretamente no sabor. No entanto, vale destacar que o frescor do produto também é um dos critérios mais notados.

O ghee também traz outro diferencial em relação aos outros modelos de manteiga: o auxílio no processo de digestão. As moléculas de gordura presentes no alimento não chegam a atingir níveis muito altos, o que faz o organismo assimilar de forma natural e imediata. Dessa forma, também são estimuladas as produções de sucos gástricos, gerando toda uma movimentação interessante no sistema.

A presença da vitamina A merece um destaque especial, mesmo que também seja uma qualidade encontrada em outras manteigas. No entanto, neste produto, os nutrientes conseguem se sobressair em relação aos benefícios, fortalecendo as células da pele e dos cabelos.

Também há benefícios em relação à visão e ao crescimento físico. Este efeito é potencializado pela presença da vitamina E na composição.

O efeito antioxidante é um dos que mais merecem destaque, pois acaba eliminando uma série de radicais livres que se instalam pelo corpo. Dessa forma, o processo de envelhecimento acaba se tornando mais lento, assim como a necessidade da regeneração celular. Com isso, uma série de doenças acabam sendo evitadas, como é o caso do câncer.

Contraindicações do ghee

Apesar de trazer uma série de benefícios para a saúde, o ghee também não pode ser consumido de forma exagerada. Os nutrientes estão presentes em grande escala, mas o elemento principal continua sendo a gordura. Por isso, quem tem problemas com colesterol não pode abusar do consumo. O segredo para uma saúde regular é a dieta equilibrada, que não aposta em somente uma modalidade de alimento.

Tags:

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo