GNV substitui combustíveis tradicionais e traz algumas vantagens

Inicio » Agronegócio » GNV substitui combustíveis tradicionais e traz algumas vantagens
11/07/2019 Por
GNV substitui combustíveis tradicionais e traz algumas vantagens

O Gás Natural Veicular (GNV) é um combustível automotivo alternativo que substitui a gasolina em motores de ignição por faísca de combustão interna

O GNV é também um substituto parcial do diesel em motores de ignição por compressão. Sua combustão prolonga a vida útil do motor, diminui a frequência de trocas de óleo e aumenta a vida útil de lubrificantes, velas de ignição, filtros de óleo e ar.

Além disso, os veículos que utilizam o GNV são confortáveis de conduzir e também uma forma eficiente de ajudar a reduzir as emissões de CO2.

GNV

O que é GNV?

GNV é uma sigla para se referir ao gás natural veicular, uma fonte de combustível alternativa que foi utilizada pela primeira vez nos Estados Unidos durante a década de 1930.

Esse combustível foi utilizado durante a Segunda Guerra Mundial, aumentando o interesse por esses veículos no início dos anos 50.

Como funciona o GNV?

Funciona como um motor a gasolina: a mistura ar/combustível é comprimida e inflamada por uma vela de ignição. O gás natural é armazenado em um tanque de combustível, ou cilindro, normalmente na parte de trás do veículo.

Um sistema de combustível de GNV transfere o gás natural de alta pressão do tanque de combustível para o motor. A pressão é então reduzida a um nível compatível com o sistema de injeção de combustível do motor. Dessa forma, o combustível é introduzido no coletor de admissão ou na câmara de combustão.

Em um motor de combustão interna, o combustível é injetado no coletor de admissão ou na câmara de combustão, onde é combinado com o ar, e a mistura ar/combustível é inflamada pela faísca de uma vela de ignição. A transmissão transfere a potência mecânica do motor de tração para acionar as rodas.

Tipos de veículos a gás natural

Existem três tipos de GNVs:

  • Dedicado: estes veículos são projetados para funcionar apenas com gás natural;
  • Bicombustível: estes veículos têm dois sistemas de abastecimento separados que permitem que eles funcionem com gás natural ou gasolina;
  • Combustível duplo: sistemas de combustível funcionando com gás natural, mas usando combustível diesel para assistência de ignição. Esta configuração é tradicionalmente limitada a veículos pesados.

GNV

Tipos de gás

Duas formas de gás natural são usadas atualmente em veículos: gás natural comprimido (GNV) e gás natural liquefeito (GNL). Ambos são produzidos e comercializados com preços relativamente baixos.

Considerados combustíveis alternativos, o GNV e o GNL são vendidos em unidades equivalentes a gasolina ou diesel com base no conteúdo energético de um litro de gasolina ou óleo diesel.

Gás natural comprimido

O GNV é produzido comprimindo o gás natural para menos de 1% do seu volume à pressão atmosférica padrão. Para fornecer uma faixa de direção adequada, o GNV é armazenado a bordo de um veículo em um estado gasoso comprimido a uma pressão de até 3.600 libras por polegada quadrada.

O GNV é usado em aplicações leves, médias e pesadas. Um veículo movido a GNV obtém a mesma economia de combustível que um veículo a gasolina convencional. Por exemplo, 10 km/l de gasolina podem equivaler a 13 km/l.

Gás natural liquefeito

O GNL é o gás natural em sua forma líquida. O GNL é produzido purificando o gás natural e depois o super-resfriando a 60 ° C para transformá-lo em líquido.

Durante o processo conhecido como liquefação, o gás natural é resfriado abaixo de seu ponto de ebulição, removendo a maioria dos compostos estranhos encontrados no combustível.

O gás natural restante é principalmente metano com pequenas quantidades de outros hidrocarbonetos. O GNL deve ser mantido a temperaturas frias e armazenado em vasos de pressão isolados a vácuo de paredes duplas.

O GNL é adequado para caminhões que exigem intervalos maiores porque o líquido é mais denso que o gás, portanto, mais energia pode ser armazenada em volume.

Vantagens do GNV

Em termos técnicos, não há praticamente nenhuma diferença entre um motor a gasolina e um motor a gás natural. Nesses veículos, uma mistura de gás e ar aciona o motor em vez de uma mistura de gasolina e ar.

O gás natural é armazenado em um tanque de pressão que, dependendo do modelo do veículo, pode armazenar gás suficiente para 200 a 400 quilômetros. A maioria dos carros a gás natural tem outro tanque para gasolina, que amplia o alcance de direção.

O Gás Natural Veicular já é uma realidade rentável para empresas de transporte (caminhões e ônibus), frotas de táxi, empresas de transporte urbano, frotas de negócios e serviços de entrega, entre outros.

O gás natural veicular se tornou abundante e barato em relação à gasolina. Por conta do fraturamento hidráulico, que possibilita a extração de combustíveis líquidos e gasosos do subsolo, motoristas optam pelo GNV.

GNV

O GNV reduz as emissões de monóxido de carbono em até 97% e as emissões de óxido de nitrogênio em até 60%. O gás natural também é produzido internamente, na maior parte do tempo.

Os veículos também são seguros. Os tanques são feitos de tal forma que eles permanecem intactos mesmo quando há colisões pesadas. Além disso, por conta de ter um veículo mais ecológico, você pode fazer cotações de seguro com as seguradoras que oferecem preços mais baixos para carros eco friendly.

Alguns carros são projetados para funcionar tanto com GNV quanto com gasolina. Isso permite que o motorista percorra um longo percurso entre um abastecimento e outro.

Rede de postos de abastecimento de gás

As estações de reabastecimento de gás natural estão em constante crescimento. Devido ao aumento da gasolina, muitos motoristas estão optando pelo GNV. Por conta disso, as redes de postos de combustíveis já comercializam o gás na maioria de seus estabelecimentos.

Você deve comprar um veículo de GNV?

Apesar de pouco popular no mercado, os carros movidos a GNV têm seus devotos. E há uma boa chance de que os preços da gasolina subam ainda mais, tornando o gás natural de baixo custo mais atraente para o bolso do consumidor.

Se você mora em uma área urbana com muitos postos de abastecimento de GNV, ou se está disposto a investir em um sistema de abastecimento doméstico, um veículo a gás natural, portanto, pode ser a opção perfeita para o deslocamento diário.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo