Gordura saturada deve ser consumida com moderação para evitar danos

Inicio » Agronegócio » Gordura saturada deve ser consumida com moderação para evitar danos
09/04/2019 Por
Gordura saturada deve ser consumida com moderação para evitar danos

A gordura saturada é importante para o corpo, mas deve ser consumida com cautela para evitar problemas de saúde

A gordura saturada é conhecida por ser considerada uma ameaça à saúde e uma das grandes responsáveis pelo aumento do colesterol considerado ruim. Junto com a gordura trans, a saturada tem a fama de ser uma das responsáveis pelo surgimento de doenças importantes; incluindo complicações que vão desde a obesidade até o infarto, o acidente vascular cerebral (AVC) e até o câncer.

No entanto, o consumo da gordura saturada também oferece nutrientes importantes para o corpo quando feito de modo moderado e controlado. Isso é verdade, especialmente, durante a fase de desenvolvimento das crianças. Prova disso é que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é recomendado que a ingestão de até 35% das calorias diárias de pessoas com idade entre 2 e 18 anos seja proveniente de gorduras; sendo que cerca de 8% delas devem vir, especificamente, das gorduras saturadas.

Gordura saturada em carne animal

O que é gordura saturada?

A gordura saturada é um tipo de nutriente encontrado em diferentes alimentos de origem animal. Carnes bovinas, suínas, de aves e laticínios como queijos e iogurtes são exemplos de alimentos com esse tipo de gordura. O seu consumo pode ser bastante perigoso quando excessivo, visto que pode aumentar os níveis do colesterol considerado ruim para o corpo (LDL) e, consequentemente, o risco de doenças cardiovasculares.

Alimentos com gordura saturada

Os alimentos com gordura saturada são muitos e bastante comuns o dia a dia do brasileiro; o que faz com que seja ainda mais importante estar a par de quais são as comidas com grandes concentrações do elemento. De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Brasil é um dos maiores consumidores desse tipo de gordura em todo o mundo; e cerca de 82% dos brasileiros consomem a gordura de forma excessiva.

Para evitar problemas gerados pelo consumo exagerado deste tipo de gordura, é recomendado que não mais que 10% das calorias diárias sejam provenientes da sua ingestão. Vale ressaltar que essa proporção deve ser ainda menor no caso de pessoas que já tenham algum tipo de predisposição para problemas cardíacos.

Entre os principais alimentos com grande concentração de gordura saturada, podemos citar:

  • óleo de dendê
  • queijos
  • creme de leite
  • carnes
  • ovos
  • manteiga
  • coco
  • chocolate
  • salsicha
  • salgadinhos
  • bolachas recheadas

Gordura insaturada

Enquanto as gorduras saturadas são consideradas um fator de risco para o desenvolvimento de doenças; o consumo das gorduras insaturadas é considerado um fator que pode ajudar na prevenção de doenças.

Um dos fatores que contribui para isso é o fato de que a ingestão das gorduras insaturadas é capaz de elevar os níveis do colesterol considerado bom (HDL); além de ajudar a diminuir a taxa do colesterol ruim.

Ela também é rica em vitaminas importantes para a manutenção da saúde e o bom funcionamento do organismo; incluindo as D, E e K, .

Vale citar que o consumo deste tipo de gordura em excesso também pode provocar o aumento de peso e contribuir para o aparecimento de outras doenças. Por isso, fica claro que qualquer tipo de gordura (mesmo com benefícios) deve ser consumido com controle e alguma moderação.

Dividida em dois subgrupos distintos (monoinsaturadas e poli-insaturadas), as gorduras insaturadas podem ser encontradas em alimentos como os seguintes, entre outros:

  • amendoim
  • azeite de oliva
  • amêndoas
  • nozes
  • salmão
  • sardinha
  • castanha do Pará
  • semente de linhaça
  • gergelim
  • polpa de açaí

Alimento com gordura saturada

Gordura trans

Direcionada, principalmente, para a utilização na composição de produtos da indústria alimentícia e produzida a partir de gorduras vegetais; a gordura trans não é comumente encontrada na natureza e, dentro do grupo de gorduras existentes, o seu consumo é o que pode causar mais danos à saúde.

Alimentos conhecidos como artificiais – como salgadinhos, bolachas recheadas, margarinas e diferentes tipos de fast-food – são ricos no elemento. Segundo dados do Ministério da Saúde, os alimentos industrializados são as maiores fontes de gordura trans na atualidade; e, por isso, o seu consumo frequente é tão contraindicado por nutricionistas e outros especialistas do ramo.

Assim como a gordura saturada, a trans também é responsável pelo aumento do risco de desenvolvimento de uma série de problemas de saúde e doenças crônicas. Entre as complicações mais comuns e temidas que podem ser influenciadas pelo consumo desse tipo de gordura, podemos citar:

  • diabetes
  • infarto do miocárdio
  • hipertensão
  • cardiopatias
  • depressão

Por ser muito presente em alimentos direcionados ao público infantil – como sorvetes, bolachas recheadas e bolos de caixinha, por exemplo – é fundamental que a moderação o consumo desse tipo de alimento seja feita desde sempre; evitando que o público infantil faça da ingestão da gordura trans um hábito.

Exportação de alimentos com gordura saturada

Hoje, o mercado brasileiro é um dos maiores exportadores de carne do mundo. E, conforme citado anteriormente, este é um dos principais alimentos ricos em  gordura saturada.

Somente no ano de 2018, de acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne – ABIEC, foram 1.64 milhão de toneladas de carne bovina exportadas. Isso prova que o Brasil é um dos principais exportadores de produtos com gordura saturada na composição.

Vale lembrar que, por contar com nutrientes importantes para o desenvolvimento corporal e a manutenção da saúde; alimentos com gordura saturada não devem ser completamente eliminados do cardápio para que se tenha uma dieta balanceada.

No entanto, a ingestão desse tipo de gordura em porções equilibradas deve ser fator primordial na alimentação de quem busca saúde.

Gordura saturada de origem animal

Curiosidades sobre a gordura saturada

Embora tenham propriedades que podem causar malefícios ao corpo, alguns alimentos com gorduras saturadas podem ser considerados saudáveis; o que pode provocar equívocos em relação à quantidade destes alimentos que deve ser consumida em uma dieta nutritiva.

Entre os exemplos mais clássicos de alimentos tidos como saudáveis que contam com uma grande concentração desse tipo de gordura, estão:

  • óleo de coco
  • carne de frango
  • babaçu

Conforme citado anteriormente, a gordura saturada não deve ser eliminada da alimentação para que se tenha uma dieta saudável; até porque ela conta com elementos importantes para o desenvolvimento do corpo, especialmente na fase da infância. No entanto, é importante que o seu consumo seja controlado, a fim de evitar os problemas que podem acompanhar a sua ingestão exagerada.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo