Gordura vegetal hidrogenada pode desencadear problemas de saúde

Home » Agronegócio » Gordura vegetal hidrogenada pode desencadear problemas de saúde
07/05/2019 by
Gordura vegetal hidrogenada pode desencadear problemas de saúde

O intenso consumo da gordura vegetal hidrogenada está relacionado com doenças cardíacas e problemas de pressão.

A gordura vegetal hidrogenada é amplamente utilizada dentro da indústria de alimentos. Ela compõem coberturas de doces, massas, produtos congelados e salgadinhos.

Uma das formas de tornar a alimentação mais saudável é fazer a troca da gordura vegetal hidrogenada por outros tipos de gordura, como as de origem animal.

Gordura vegetal hidrogenada

O que é gordura vegetal hidrogenada?

Gordura vegetal hidrogenada é obtida através do processo de hidrogenação de óleos vegetais. Este processo pode ser realizado de forma natural ou artificial. Ela é, então, um tipo de gordura considerada do grupo das insaturadas.

Também chamada de gordura trans, o processo de hidrogenação na qual ela é transformada é realizado sob alta pressão. Assim, a gordura vegetal se solidifica e transforma-se, consequentemente, em gordura sólida. Para isso, o óleo vegetal passa por procedimentos que podem durar várias horas, sob temperaturas que chegam até 200 graus.

Porque transformar óleo em gordura vegetal hidrogenada?

Geralmente este tipo de gordura é utilizada nas receitas de bolos, doces, e diversos outros produtos industrializados. Para isso, então, é necessário entender a diferença entre o óleo e a gordura. Em primeiro lugar vale reforçar que a gordura é sólida, enquanto o óleo é líquido.

Porque transformá-lo, então? O processo de hidrogenação apresenta algumas vantagens para a produção, pois aumenta o prazo de validade dos alimentos, assim como facilita no transporte dos produtos. O procedimento também cria textura nos alimentos e reduz  os custos de fabricação.

Uso da gordura vegetal hidrogenada

A gordura vegetal hidrogenada se encontra na maioria dos produtos industrializados. Ela compõem alguns alimentos como:

  • Sorvetes
  • Batata congelada
  • Salgadinhos de pacote
  • Biscoitos recheados
  • Margarinas sólidas ou cremosas
  • Massas industrializadas para bolos e tortas
  • Pipoca de micro-ondas
  • Miojo
  • Comidas congeladas
  • Pizzas congeladas
  • Chocolate

Tipos de gordura

A gordura hidrogenada pode ser perigosa para o consumo pois pode afetar no nível de colesterol, auxiliando no desenvolvimento de doenças cardíacas ou de pressão. Por isso, médicos e nutricionistas recomendam uma alimentação saudável, longe dos produtos industrializados.

Entretanto, nem todo o tipo de gordura faz mal. Foi comprovado que as gorduras líquidas, por exemplo, podem auxiliar na produção do “bom colesterol” (chamado de HDL). Elas são divididas em monoinsaturadas e poliinsaturadas. Alguns exemplos de alimentos onde podemos encontrar, são:

  • Óleo de girassol
  • Linhaça
  • Peixes
  • Azeite de oliva
  • Abacate
  • Plantas oleaginosas

Gordura vegetal hidrogenada

Substitutos da gordura vegetal hidrogenada

Em alguns casos é possível substituir as gorduras e optar por ingredientes mais saudáveis. O ideal, ainda assim, é cuidar com o consumo já no momento da compra e evitar os alimentos industrializados. Além disso, quando for cozinhar em casa, é possível fazer substituições em receitas. Entretanto, vale reforçar que alguns cuidados são necessários.

Uma das vantagens da gordura trans é a sua conservação, ela não tem tanta necessidade de refrigeração. Portanto, ao substituí-la por uma gordura de origem animal, por exemplo, vale verificar os prazos de validade e a conservação dos ingredientes.

Então, no caso de bolos e pães ao invés de se utilizar a gordura vegetal hidrogenada da margarina, é possível trocar o ingrediente por outro de origem animal. Assim, a manteiga seria um exemplo. Outra opção também poderia ser a gordura de porco.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo