Granola é uma mistura de cereais e grãos integrais

Inicio » Agronegócio » Granola é uma mistura de cereais e grãos integrais
20/09/2020 Por
Granola é uma mistura de cereais e grãos integrais

Mercado de granola cresce no Brasil e vale a pena ficar de olho para aproveitar os seus benefícios. A granola é um dos alimentos de café da manhã mais populares do mundo. Sem dúvida, existem boas razões para essa preferência na dieta. Afinal de contas, a granola não só contém fontes de fibras, como também é deliciosa em qualquer hora do dia. Se você deseja mudar sua dieta de café da manhã, a granola pode ser uma alternativa altamente indicada.

Contudo, é preciso saber como consumi-la da maneira correta. Afinal de contas, embora certamente seja deliciosa e saudável, algumas variedades de granola podem conter muita gordura e açúcares escondidos. Portanto, vamos começar entendendo o que é granola, para em seguida listar seus benefícios e ensinar o seu melhor preparo. Confira isso e muito mais a seguir!

Granola

O que é granola?

Granola é uma mistura que consiste em açúcar mascavo, sementes, grãos e frutas secas. De acordo com especialistas, a mistura foi inventada no ano de 1863. Na ocasião, o Dr. James Caleb Jackson esfarelou a chamada farinha Graham e assou, chamando-a de granula de Jackson.

Logo depois, o Dr. John Harvey Kellogg fez uma mistura também chamada granula, dessa vez composta de farinha de aveia, farinha de trigo e farinha de milho. Depois que Jackson o processou, o nome da mistura de Kellogg foi alterado para granola. E o negócio rendeu. Estima-se que, em 1899, ele estivesse vendendo cerca de quatro toneladas de granola por mês.

A mistura, porém, se popularizou para valer nos anos sessenta, quando Layton Gentry apresentou a receita moderna, como a conhecemos hoje. Depois que ele vendeu os direitos de sua receita, a mistura se tornou um grande negócio, ganhando as mesas de café da manhã do mundo inteiro.

Granola engorda?

Uma das perguntas mais recorrentes é se granola engorda. Primeiramente, é necessário destacar que a granola é rica em vitaminas e minerais saudáveis. No entanto, algumas marcas compradas em mercados também podem ser misturadas com açúcar.

Às vezes, essa mistura leva açúcar natural, isto é, na forma de mel. Contudo, nem sempre esse é o caso. De fato, em 2011, pesquisadores da Associação Dietética Britânica descobriram que uma tigela de granola pode, em alguns casos, conter mais açúcar do que uma lata de Coca Cola!

Sem dúvida, isso não é benéfico se você deseja perder ou mesmo manter o seu peso. É por isso que é importante encontrar granola orgânica e que não contenha açúcar refinado. Ou, se tiver tempo, preparar sua própria granola, como ensinamos nesse artigo. Desse modo, você estará garantindo todos os benefícios da granola.

Benefícios da granola

  • A mistura é repleta de fibras

Uma das melhores razões para consumir essa mistura todas as manhãs é que ela é absolutamente repleta de fibras alimentares, o que pode ajudar na digestão e manter seu metabolismo funcionando. Por exemplo, na maioria dos casos, apenas um terço de uma xícara da mistura inclui aproximadamente 4 gramas de fibra, que é cerca de um sexto da ingestão diária recomendada.

Além disso, a fibra também é ótima porque ajuda a promover a sensação de saciedade. Isto é, qualidade que pode nos impedir de comer outros alimentos menos saudáveis durante o resto do dia.

Por fim, as fibras impedem a constipação, podendo ajudar a melhorar os níveis de energia e o conforto geral. Aumenta, assim, a capacidade de ser ativo e queimar calorias através de exercícios físicos.

Granola

  • A mistura contém gorduras saudáveis

Dê uma olhada rápida nos fatos nutricionais associados à granola e você poderá ficar chocado com o teor de gordura. Por isso, é importante esclarecer esse âmbito: a granola contém, de fato, uma quantidade razoável de gordura.

No entanto, a boa notícia é que (isto é, se sua mistura for natural e orgânica) grande parte dessa gordura é realmente muito benéfica para a saúde.

Como isso é possível?

Em suma, isso ocorre porque a maioria dessas gorduras vem de nozes, ou seja, de sementes e óleos que contêm ácidos graxos monoinsaturados, que podem ajudar a diminuir o colesterol, prevenir a inflamação e manter a pressão sanguínea.

  • A mistura é uma bomba de vitaminas

Ao contrário de muitos cereais refinados populares em mercados, a granola contém muitas vitaminas e minerais, incluindo vitamina E, tiamina e folato.

Essas vitaminas desempenham um papel importante na manutenção da saúde da pele, coração e sistema nervoso do corpo. Elas também podem aumentar o metabolismo, melhorar o crescimento celular e até prevenir certos defeitos congênitos.

Agora que você conhece alguns dos benefícios, talvez queira aprender como fazer granola. Confira um passo a passo a seguir!

Como fazer granola

  • Grãos

Separe três xícaras (chá) de aveia em flocos para servir de base para sua mistura. Para adicionar crocância, você pode acrescentar grãos como a quinoa.

Granola

  • Sementes e castanhas

Para conferir sabor à mistura, adicione uma xícara e meia de chá contendo sementes e castanhas. Por exemplo, você pode usar pistache, amêndoa, castanha do pará, linhaça, castanha de caju, semente de abóbora ou de girassol.

  • Frutas secas

Algumas pessoas simplesmente não gostam do sabor ou de consumir frutas secas. A boa notícia, nesse caso, é que elas são um ingrediente opcional na mistura. No entanto, se você é do time que gosta e deseja colocá-las, aguarde até que as frutas secas saiam do forno.

Você tem a opção de escolher meia xícara (chá) das frutas secas de sua preferências, como cubos de damasco, pedaços de banana passa, uva passa, entre outros.

  • Adoçante

Para adoçar sua mistura, recomenda-se o uso de adoçantes naturais em líquido, como agave e mel. Afinal de contas, eles trabalham bem revestindo a mistura de maneira uniforme, ou seja, sem deixar uma textura cheia de pelotas ou grânulos.

É indicado que o adoçante líquido seja combinado a um tanto de açúcar mascavo. Desse modo, você garante uma borda crocante e caramelizada para sua granola.

É recomendado que não utilize açúcar do tipo branco e refinado na mistura. Afinal, ele não adiciona sabor e não incorpora bem.

Mercado brasileiro de granola

O mercado brasileiro de granola cresce na mesma medida em que há uma ascensão da venda de produtos e alimentos naturais. De fato, os consumidores têm dado preferência a alternativas saudáveis e orgânicas. Esse novo perfil abre oportunidades para o mercado brasileiro da mistura continuar crescendo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo