Haras facilita o manejo de cavalos e traz benefícios aos criadores

Inicio » Pecuária » Haras facilita o manejo de cavalos e traz benefícios aos criadores
25/03/2019 Por
Haras facilita o manejo de cavalos e traz benefícios aos criadores

Haras é importante para a bem-estar equino e favorável para criadores

Um haras bem localizado interfere diretamente na produtividade dos bichos, possibilitando melhor manejo, adaptação e boas condições para a criação de equinos confinados. Por isso, faz-se importante que os criadores analisem o local em que a construção do haras será realizada.

Dessa forma, a criação de um haras não estará somente ligada ao bem estar do animal, mas também será favorável para os criadores. As produções aumentam, o rendimento multiplica e os lucros também crescem proporcionalmente. Assim, apostar em sua construção é muito vantajoso.

Haras: criação de cavalos

O que é haras?

Haras – ou coudelaria – é o nome dado à um espaço voltado para o treinamento e criação de cavalos. O termo coudelaria recebe este nome pois vem de coudel, que significa capitão de cavalaria, ou melhor, chefe do local onde os cavalos são criados. Já o nome haras é de origem francesa e refere-se ao grupo de equinos escolhidos para reprodução.

Características dos haras

Os haras geralmente são voltados para a criação de apenas uma raça de cavalo, com intuito de que os animais produzam produtos melhores. Ou seja, pode haver apenas espécies de garanhões, éguas, entre outras. Tudo dependerá de como o criador irá gerenciar e administrar o local.

As atividades nos haras são quase sempre secundárias, já que a época de monta e de nascimento, por exemplo, acontecem anualmente. Tem alta tendência para os criadores que pretendem manter uma segunda opção de negócio.

Há também a criação de equinos voltados para atividades ou esportes. Esta opção depende da intenção do criador e do que ele pretende obter. Cavalos como o Quarto de Milha de corrida e o Cavalo Árabe para salto são os mais optados para a criação em haras com esse objetivo.

Em um haras há baias que mantêm animais utilizados em eventos como leilões e rodeios. Além disso, há aparelhos para exercício dos bichos (isso dependerá da extensão do local), farmácia, estocagem de ração e casa de selas. Dependendo da estrutura de um haras, há alguns maiores e com boas infraestruturas que podem comportar a construção de pistas para provas.

Origem dos haras para cavalos

A criação de um haras para cavalos aconteceu em 1665, dada por Luís XIV – rei da França. Sua construção foi primeiramente para uso do rei e de seu exército. No entanto, nos anos seguintes da revolução francesa, em 1790, um decreto determinou a invalidação da criação de haras.

O decreto aconteceu pois o uso do haras estava associado a símbolo de privilégios voltados para o rei e sua corte, ignorando o verdadeiro intuito de construção, que era melhorar e aprimorar as raças de cavalos.

Assim, no ano de 1806, o imperador Napoleão Bonaparte reformulou os haras nas cidades francesas. Isso foi feito com a supervisão e monitoramento do Ministério do Interior. Já em 1870, a criação foi reformulada pela administração do Ministério da Agricultura, na França.

Condições para a construção de um haras

Criação de equinos em haras

Há algumas recomendações que auxiliam os criadores sobre a construção de um haras. Por exemplo, ele deve ser construído em regiões em que a criação de cavalos é tradicional, pois elas possibilitam maiores facilidades ao desenvolvimento e manejo da criação. Este fator também é responsável por reduzir custos de transporte quando os animais participam de alguma atividade ou evento, facilitando também o fluxo dos produtos.

Outro ponto importante é construí-lo em cidades com boa infraestrutura. Elas contêm alta disponibilidade de farmácias, escolas, atividades de lazer e supermercados. A proximidade com essas cidades também facilita e estimula os passeios e visitas do criador e seus familiares.

A construção de um haras também deve ser feita em locais com topografia minimamente ondulada, isso facilita as condições dos cavalos criados em confinamento. A topografia com características planas possibilita melhor movimentação dos animais dentro do local. Isso acaba por resultar em um bom manejo e boa produtividade, ligada à bons lucros e rendas para os agropecuaristas.

Tags: ,

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo