Os animais hematófagos e alguns exemplos deste grupo

Inicio » Veterinária » Os animais hematófagos e alguns exemplos deste grupo
12/04/2019 Por
Os animais hematófagos e alguns exemplos deste grupo

Os animais hematófagos são os mais comuns no ecossistema

Os hematófagos são um grupo de animais que se alimentam de sangue humano e animal. Além disso, são responsáveis por propagar uma série de doenças fatais nos seres humanos; como a febre amarela e a gripe suína, por exemplo.

Os hematófagos são conhecidos pelo seu caráter adaptativo. Este grupo que engloba mais de 1 milhão de espécies é muito comum em países subtropicais, como o Brasil.

Hematófagos

Quem são os animais hematófagos?

Os animais denominados como hematófagos são conhecidos como um grupo do reino animal que se alimenta de sangue. Contudo, existem mais de 1 milhão de espécies de animais neste grupo e apenas 400 se alimentam de sangue, de fato. Os animais mais conhecidos são os piolhos, mosquitos, insetos e pulgas, entre outros.

Os seres hematófagos se alimentam não apenas do sangue humano, mas de qualquer outro animal. As pulgas, por exemplo, estão muito presentes em animais domésticos como cachorro e gato.

Por outro lado, um erro muito comum cometido ao falar de animais que têm o sangue em sua base alimentar é relacioná-los com os morcegos. Existem, de fato, espécies de morcegos que consomem o sangue de outros animais; entretanto, em sua grande maioria, os morcegos são animais herbívoros, ou seja, se alimentam de plantas.

Exemplos de hematófagos

Os exemplos mais comuns de hematófagos são aquelas que encontramos no dia a dia: os insetos. Estes animais são capazes de sugar grande quantidade de sangue humano ou animal. Além disso, são transmissores de variados tipos de doenças, como por exemplo a dengue. Outro destaque dessa classe de animais é a facilidade que certas espécies possuem em se desenvolver e reproduzir com rapidez.

A sanguessuga é outro tipo de animal hematófago. Assim como o nome já diz, este animal é capaz de sugar grande quantidade de sangue. A espécie mais comum e conhecida pelos seres humanos é o piolho. Este animal se adapta com facilidade ao couro cabeludo e consegue viver por muito tempo entre os fios.

Outro tipo de animal desta espécie é o carrapato. Conhecido como praga para os pecuaristas e também para tutores de animais domésticos. Este tipo de parasita se instala com facilidade no corpo de um animal e o transmite muitas doenças, além de retirar muitos nutrientes do organismo.

Morcegos hematófagos

Os morcegos são popularmente conhecidos por serem animais sugadores de sangue. Grande parte desta fama que o animal carrega é por parte da mídia cinematográfica e os mitos acerca dos vampiros. Entretanto, um fato curioso é que apenas três espécies de morcegos em todo o mundo são de caráter hematófago. Estes três tipos de morcego, em uma condição saudável, podem viver por mais de 20 anos.

Hematófagos

Morcegos hematófagos: onde vivem?

O habitat natural desses animais são as cavernas, tronco de árvores ou mesmo fendas. Suas colônias são capazes de reunir cerca de 2 mil morcegos. Contudo, o mais comum é encontra-los em pequenas concentrações, com até 100 animais. Sua maior característica física é sua agilidade no solo e os sensores térmicos que os auxiliam a localizar melhor a presa.

A maior parte dos hematófagos é comum no nosso dia a dia, como os piolhos e carrapatos. Por isso, é preciso precauções para não permitir que prejudiquem a saúde do indivíduo picado ou hospedeiro. É recomendado, portanto, tomar medidas preventivas como, por exemplo, a vacina contra mosquitos; e não deixar que a casa se torne um ambiente propício para proliferação destes animais com a ajuda de redes protetoras os produtos capazes de mantê-los afastados.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo