Iogurte grego é opção saudável para dietas e tem receita caseira

Inicio » Agronegócio » Iogurte grego é opção saudável para dietas e tem receita caseira
29/09/2020 Por
Iogurte grego é opção saudável para dietas e tem receita caseira

Iogurte grego é rico em cálcio e proteínas, e tem se tornado mais popular entre os brasileiros, sobretudo nos últimos anos. Afinal, conforme a procura por produtos saudáveis e nutritivos cresce, o iogurte grego ganha destaque em detrimento do produto tradicional.

Contudo, a questão permanece: o que é iogurte do tipo grego, afinal? E o que torna o iogurte do tipo grego diferente do iogurte comum? Bem, para começar, o iogurte grego é mais espesso e denso do que o seu equivalente convencional. Onde o iogurte comum é um líquido quase derramável, o iogurte na versão grega é quase sólido. Nesse artigo, você conhecerá mais sobre os benefícios e diferenças da variedade grega, bem como o mercado do produto no Brasil.

Iogurte grego

O que é iogurte grego?

Iogurte grego é um iogurte com proteínas mais altas, possuindo uma consistência mais cremosa e densa. É fermentado por Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus thermophilus. Ou seja, as bactérias se alimentam da lactose, liberam ácido lático que coagula as proteínas do leite e produz compostos aromáticos típicos.

O lactoserum (ou soro de leite) é coado após a fermentação, o que o diferencia do iogurte comum e fornece sua textura consistente e aveludada. Além disso, a variedade grega difere de outros iogurtes porque passa por um processo de esforço para remover o soro de leite.

O soro de leite é um líquido que contém lactose, um açúcar natural encontrado no leite. Ou seja, a variedade grega contém um teor de açúcar menor em comparação ao tradicional. Afinal, remover o soro proporciona a produção de um iogurte mais cremoso e espesso, de sabor levemente azedo.

Alguns produtores promovem a adição de agente espessante ao iogurte tradicional, comercializando o produto como um iogurte ao estilo do grego. De fato, fabricações “forjadas” não tendem a compartilhar dos mesmos benefícios encontrados na versão grega original e padrão.

Como é feito o iogurte grego?

O processo de fabricação comum da variedade grega começa do mesmo modo que o convencional. Isto é, o leite é primeiro aquecido e depois resfriado até a temperatura de fermentação desejada. Em seguida, são adicionadas as bactérias.

A mistura é deixada fermentar até que a bactéria cresça, produza ácido lático e gelifique as proteínas do leite para produzir o iogurte comum. Para fazer a variedade grega, o iogurte comum é extremamente coado, para assim remover o soro de leite e a lactose, resultando em um iogurte de textura mais espessa.

Iogurte grego

Qual é a diferença entre iogurte comum e grego?

Além da textura, aqui estão algumas outras diferenças entre o iogurte comum e o grego:

Proteína

A variedade grega tem quase o dobro da proteína do iogurte comum.

Gordura

A menos que você esteja usando as variedades sem gordura, o iogurte do tipo grego tem cerca de três vezes mais gordura saturada que o iogurte comum.

Sódio

A variedade grega contém cerca de metade do sódio do iogurte comum.

Carboidratos

A variedade grega contém aproximadamente metade dos carboidratos do iogurte comum. Contudo, lembre-se de que adicionar adoçantes a qualquer um deles aumentará a contagem de carboidratos.

Qual escolher realmente depende da textura e das preferências alimentares individuais. Devido à sua textura mais espessa e sabor mais ácido, a variedade grega é frequentemente usada como um substituto mais saudável para receitas que levam creme de leite ou maionese.

Benefícios do iogurte grego

Os benefícios do iogurte grego são significativos, graças aos nutrientes que ele contém, incluindo:

  • Cálcio;
  • Proteína;
  • Probióticos;
  • Iodo;
  • Vitamina B12.

Os benefícios potenciais para a saúde da variedade grega incluem os destacados em seguida.

Melhoramento da saúde óssea

Consumir a variedade grega tende a provocar melhorias na saúde óssea, uma vez que é rica em proteínas e cálcio. O cálcio é um aliado na saúde dos ossos, podendo reduzir os riscos de desenvolver osteoporose, doença degenerativa nos ossos. Além disso, o consumo de proteínas é crucial para manter a saúde dos ossos em dia.

Inibição do apetite e da fome

Como mencionado, a variedade grega é uma fonte rica de proteínas. Assim, tende a provocar uma sensação de saciedade por mais tempo. De fato, pesquisas especializadas demonstram que uma refeição proteica diminui o número de vezes que você come ao longo do dia.

Aceleração do metabolismo

Pesquisas demonstram que seguir uma dieta equilibrada, com qualidades generosas de proteína, aumenta a queima diária de calorias. Por isso, é indicado incluir alimentos proteicos em todas as suas refeições.

Apesar de seu conteúdo proteico, é pouco provável que o consumo da variedade grega, isoladamente, faça com que você acelere a queima de calorias. Contudo, incluir a variedade grega em uma dieta balanceada – isto é, que seja composta por gorduras saudáveis, carboidratos e proteínas suficientes – colabora para a redução do peso e para a aceleração do metabolismo.

Melhoramento da saúde intestinal

A variedade grega, como visto acima, é composto por probióticos. Ou seja, bactérias benéficas restauram o equilíbrio bacteriano no intestino de modo saudável.

Iogurte grego

Como fazer iogurte grego?

Existem diversas receitas com iogurte grego que tornam o prato mais saudável. Se você está interessado em aprender como fazer iogurte grego, confira nossas dicas para o preparo de iogurte grego caseiro.

Receitas com iogurte grego

Ingredientes para iogurte grego caseiro

  • 2 litros de leite (integral, de preferência);
  • 1 potinho com iogurte natural sem açúcar.

Modo de preparo

  1. Comece reservando metade de uma xícara de leite;
  2. Adicione o restante do leite no fogo até começar a borbulhar;
  3. Desligue o fogo e espere esfriar;
  4. Misture e mexa o iogurte no leite reservado;
  5. Adicione a mistura no leite que esquentou;
  6. Coloque em uma travessa;
  7. Cubra a travessa com um pano e deixe descansando no forno por dez horas;
  8. Depois, coe o soro usando uma peneira e um pano devidamente limpo;
  9. Por aproximadamente cinco horas, deixe o soro escorrendo dentro da geladeira.

Mercado brasileiro de iogurte grego

O mercado de iogurte grego viu um crescimento otimista em 2017, enquanto outras categorias caíram. Um ano antes, as Américas foram responsáveis por metade da exportação do iogurte no mercado global. As previsões são de crescimento, uma vez que a busca por produtos saudáveis cresce cada vez mais.

Tags:

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo