Iogurte é alimento nutritivo que pode ser industrializado ou caseiro

Inicio » Agronegócio » Iogurte é alimento nutritivo que pode ser industrializado ou caseiro
11/05/2020 Por
Iogurte é alimento nutritivo que pode ser industrializado ou caseiro

Iogurte é alimento versátil, saudável e nutritivo

Em geral, o iogurte é um super alimento, em termos de nutrição. Afinal, o produto costuma conter bactérias ativas e vivas, chamadas de probióticos, que trabalham ajudando a manter o intestino saudável.

Além disso, iogurte pode ser uma adição não apenas nutritiva, como saborosa a qualquer dieta. No entanto, existem muitos iogurtes diferentes e alguns são mais saudáveis ​​do que outros. De fato, os níveis de benefícios nutricionais no leite podem variar de produto para produto. A seguir, você aprende mais sobre os benefícios dos iogurtes, o mercado brasileiro do produto e como preparar a sua própria mistura. Confira!

iogurte

O que é iogurte?

Iogurte é uma variedade do leite na qual o açúcar é convertido através da fermentação de bactérias, se transformando em ácido láctico. Em suma, o aspecto dos iogurtes é de um líquido branco, espesso e ligeiramente ácido.

Devido ao seu valor nutricional comumente elevado, os iogurtes costumam ser servidos e vendidos em misturas com chocolate, creme, frutas e variedades de adoçante.

Benefícios do iogurte

Sem dúvida, os benefícios do iogurte são diversos, quando falamos de produtos de qualidade. Além disso, ele é também versátil. Por exemplo, devido à sua origem e valor nutritivo, os iogurtes podem ser administrados a crianças como parte de uma dieta de desmame.

Também é uma alternativa prática de ser incluída em lanches embalados, em combinação com uma fruta ou sanduíche fresco. O alimento também pode ser consumido como sobremesa, bem como usado na culinária de pratos doces e salgados.

Ou seja, o iogurte de qualidade é a coisa mais próxima que temos de um alimento nutricionalmente completo. Afinal, os laticínios desempenham um papel importante em uma dieta saudável e equilibrada. Os iogurtes, por sua vez, tendem a ser ricos em probióticos, vitaminas, cálcio e proteínas, o que pode promover benefícios à microbiota intestinal.

Confira alguns benefícios dos iogurtes abaixo:

  • Eles podem proteger os dentes e ossos, ajudando na prevenção de problemas de ordem digestiva;
  • Variedades de iogurtes com teor baixo de gordura tendem a ser uma fonte de proteína útil para dietas onde a intenção é reduzir peso;
  • Probióticos costumam turbinar o sistema imunológico;
  • Alguns especialistas argumentam que o iogurte influencia também no funcionamento cerebral, muito embora sejam necessárias mais pesquisas para comprovar a veracidade dessas alegações;
  • Também é uma alternativa nutritiva quando há dificuldade em mastigar seus alimentos como, por exemplo, idosos e bebês;
  • Os iogurtes sem lactose consistem em uma alternativa viável para aqueles que não consomem laticínios ou produtos de origem animal, bem como para aqueles que têm alergias e intolerância;
  • A quantidade de lactose nos iogurtes é menor que a encontrada no leite, pois o processo de fermentação consome parte da lactose presente.

Como o iogurte é feito?

O iogurte é produzido através da fermentação do leite por bactérias do ácido láctico, geralmente Lactobacillus bulgarius e Streptococcus thermophilus. Primeiro, o leite é tratado termicamente e homogeneizado. Em seguida, é resfriado para permitir a adição de bactérias ou probiótico inicial.

Dadas as condições corretas (ou seja, temperatura e umidade adequadas), as bactérias podem fermentar o açúcar do leite (lactose), produzindo ácido lático que as proteínas do leite coagulam e fixam, para formar o sabor distinto do iogurte.

iogurte

Tipos de iogurte

O iogurte não é tão simples quanto parece. Existem dezenas de texturas, sabores e gorduras diferentes. Além disso, a composição nutricional dos iogurtes é afetada por diferentes fatores como, por exemplo, as espécies e linhagens de bactérias e probióticos, e se o leite é integral, semi desnatado ou então desnatado.

Além disso, a temperatura e a duração do processo de fermentação, bem como a adição de ingredientes como frutas, também refletem uma diferença no resultado. Mas, apesar dessas variações, os iogurtes naturalmente contêm muitos dos mesmos nutrientes que o leite e é considerado um alimento rico.

Afinal, os laticínios com pouca gordura podem ser uma adição saudável em sua dieta, aumentando a ingestão de cálcio e proteínas, o que pode ajudá-lo a se sentir saciado por mais tempo. Para tanto, confira a seguir os tipos de iogurtes mais comuns para escolher o mais adequado para você e sua dieta.

  • Iogurte grego

O iogurte grego é caracterizado por sua cremosidade, além do teor elevado de proteínas. Contudo, o Brasil não segue à risca a fórmula original do produto.

No exterior, esse produto passa por processos que originam um alimento com pouca gordura e muita proteína. No Brasil, o foco é na textura, investindo em misturas como gelatina, leite integral e creme de leite.

  • Iogurte desnatado

O iogurte desnatado ou semidesnatado geralmente tem um teor calórico mais baixo em comparação aos iogurtes feitos com leite integral. Possuem os mesmos benefícios que o iogurte natural, mas têm menos gordura em suas composições e baixos valores calóricos. Sua ingestão é recomendada para pessoas que desejam emagrecer ou para aquelas que precisam controlar os níveis de colesterol.

  • Iogurte natural

O iogurte natural é o mais versátil, culinariamente falando, além de possuir o dobro de cálcio na versão sem gordura. A sua fórmula também contém mais proteína, proporcionando saciedade e tonificando a musculatura.

  • Iogurte light

O iogurte light tem uma composição livre de açúcar e gordura. Essa variedade é enriquecida com vitamina E, D, C e A.

iogurte

Como fazer iogurte

Se você está interessado em descobrir como fazer iogurte em casa, vai gostar de saber que para isso você só precisará de dois ingredientes, ou seja, um pote de iogurte natural sem açúcar e leite. A fermentação ficará por conta do calor.

Existem diversos tutoriais que ensinam em detalhes o preparo do iogurte caseiro, que pode exigir um pouco de paciência. Mas, para quem prioriza a saúde, vale a pena aprender o processo.

Mercado brasileiro de iogurte

O mercado brasileiro de iogurte está atualmente enfrentando recessão na economia. De fato, os altos custos de produção têm se revelado um empecilho. O modo de recuperar espaço no mercado é expandindo o portfólio de produtores. Assim, educando os consumidores sobre a praticidade de uma alternativa mais saudável em comparativo a sobremesas e snacks.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo