O leite tipo A possui menor concentração de microrganismos por mL

Inicio » Agronegócio » O leite tipo A possui menor concentração de microrganismos por mL
08/12/2020 Por
O leite tipo A possui menor concentração de microrganismos por mL

Leite tipo A é a classificação de mais alta pureza. Com uma produção totalmente organizada em diversas regras e padrões, o leite tipo A é o tipo de leite mais nobre produzido dentro do território nacional. Por conta disso, o seu preço de mercado é um pouco superior ao leite mais comum, o UHT.

Além disso, o leite tipo A não é produzido por todos os fabricantes de leite, já que a maior parte das empresas produz com o processo UHT. Esse tipo de leite é uma forma de leite premium, já que ele não possui contato manual e nem mesmo com o ambiente de produção.

leite tipo A

O que é leite tipo A?

Leite tipo A é o tipo de leite que possui o maior grau de pureza e qualidade nos processos produtivos, obedecendo a diversas exigências para ser assim classificado. Dessa forma, as regras são inúmeras, incluindo a alimentação e alojamento dos animais.

Da mesma forma, são respeitados padrões ambientais, controles específicos na higienização da ordenha, no processo de pasteurização e embalagem. Isso garante um produto mais puro, saudável e também mais valioso; já que obedece tantos padrões.

Entre todos os tipos de leite produzidos no mercado, esse é o que possui a melhor posição entre todos, devida à sua qualidade. Além disso, esse produto é considerado mais forte em relação aos outros existentes na produção nacional.

Conheça agora os principais requisitos para que uma determinada produção leiteira possa ser classificada como tipo A:

  • Ordenha apenas do mesmo rebanho, sem misturas;
  • Processo produtivo sustentável e ecológico;
  • Alimentação do rebanho é balanceada e de alta qualidade;
  • Ordenha totalmente mecanizada;
  • Processo hermético, ou seja; sem contato com o ar;

Ainda assim, existem outras regras que os fabricantes desse produto precisam observar, a fim de garantir um produto mais puro e com sabor diferenciado. Desse modo, é possível compreender de uma forma simples e resumida o que é leite tipo A.

O leite tipo A e o mercado

Esse é um produto que possui um padrão de qualidade superior ao leite mais comumente produzido e vendido no mercado, o leite UHT. Entretanto, todas as regras seguidas acabam fazendo com que o preço desse produto seja um pouco superior.

Assim sendo, o preço do leite tipo A costuma ser encontrado entre 5 a 6 reais por litro, variando conforme a região e a marca do produto. Existem também alguns fabricantes de maior expressão que conseguem produzir esse leite por um preço mais em conta.

O leite tipo A é um tipo de leite pasteurizado, e esse processo difere um pouco do produto mais comum, o UHT. Dessa forma, o leite produzido em Ultra High Temperature é também conhecido como leite longa vida, e sua embalagem é geralmente em caixinhas.

Já o leite tipo A, que passa pelo processo de pasteurização, possuem um tempo de vida útil mais curto que o longa vida. Além disso, são geralmente envasados em garrafas de vidro e plástico, ou então nos clássicos saquinhos.

Existem também outras classificações de leite pasteurizado além do tipo A, que são os tipos B e C. Entretanto, esses diferentes tipos possuem praticamente o mesmo valor nutricional. O que os diferencia entre si são os processos de ordenha e pasteurização.

leite tipo A

Os leites A, B e C

O leite tipo A é o que possui a menor taxa de microrganismos por mL, sendo, no máximo, 500 para cada mL. Ou seja, esse produto conta com uma composição mais limpa, justamente por não ter contato com o ar. O produto é enviado direto da ordenha mecânica para a pasteurização e envase.

O leite tipo B já possui um valor um pouco superior de microrganismos em sua composição. Dessa maneira, o processo de produção conta com rebanhos diferentes, além de que a ordenha pode ser feita de forma mecânica ou manual.

Além disso, o tipo B também tem outra particularidade. Ao contrário do tipo anterior, ele não é enviado imediatamente da ordenha para a pasteurização. O produto fica cerca de 48 horas sob refrigeração, aguardado o momento de pasteurização.

O principal requisito para que o leite seja classificado como tipo B é justamente o volume máximo de microrganismos por mL. Dessa maneira, o teor máximo desses microrganismos permitidos por mL é, no máximo, 40.000.

Já o leite pasteurizado tipo C conta com o mesmo processo de ordenha do anterior, ou seja; pode ser ordenhado manualmente ou mecanicamente. No entanto, possui um processo um pouco diferente, já que ele não é resfriado após a ordenha.

Esse leite sai imediatamente do seu produtor para a empresa que fará a pasteurização. Dessa forma, o produto é produzido em um local, colocado em tanques e enviado para a empresa que então concluirá o processo e o comercializará.

Além disso, o leite tipo C é o que possui a maior taxa de microrganismos por quantidade. Isto é, conta com um limite de 100.000/mL. Vale lembrar também que os três tipos possuem valor nutricional equivalente, e que todos são fiscalizados pela Vigilância Sanitária.

leite tipo A

Detalhes sobre o tipo A

O leite tipo A conta com diversas regras e exigências para obter essa classificação. Assim sendo, uma delas é que a alimentação do gado leiteiro precisa ser balanceada, inclusive são alimentos naturais produzidos na mesma fazenda, como o milho, alfafa, feno, polpa de laranja, etc.

A ordenha é mecânica, e o leite é extraído da vaca e não possui contato com o ar. Dessa forma, o produto é ordenhado pelas máquinas e enviado diretamente para a pasteurização, sem nenhum contato com o ar ou com operadores.

O gado produtor é individualmente chipado, e isso propicia um maior controle e histórico sobre o animal. Assim sendo, na hora que o leite é ordenhado, é realizada uma leitura automática desse chip individual, detectando qualquer alteração na produtividade do animal.

Isso faz com que seja fácil descobrir se uma vaca em específico está doente ou debilitada, garantido assim maior controle e bem-estar do animal. Por conta disso, o leite tipo A é o produto de maior qualidade entre todos os disponíveis no mercado, seguindo diversos padrões e normas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo