Mandacaru é planta nativa do Brasil que pode chegar a 6 metros de altura

Inicio » Agricultura » Mandacaru é planta nativa do Brasil que pode chegar a 6 metros de altura
15/07/2019 Por
Mandacaru é planta nativa do Brasil que pode chegar a 6 metros de altura

Um dos símbolos do Nordeste, o mandacaru pode ser também uma fonte de renda para muita gente

A planta pode até ter adquirido certo status em decoração, mas a utilidade do mandacaru vai muito além do embelezamento de jardins modernos.

Sua popularidade na cultura brasileira não vem apenas da utilização do nome em diversas músicas. O mandacaru é também uma fonte de alimento – e de renda – para muitos habitantes do nordeste.

Mandacaru

O que é mandacaru?

Mandacaru é uma planta bastante conhecida pela maior parte dos habitantes do Nordeste do Brasil. Entretanto, ao longo dos anos, ela tem se tornado igualmente popular no restante do país.

Isso acontece não apenas pelo seu visual característico, mas também pelos diversos benefícios que a planta pode trazer a longo prazo.

“Mandacaru” é um nome originário do Tupi iamanaka’ru. Nesta língua, que era utilizada pelos habitantes originais do Brasil, o nome significa algo como “muitos espinhos perigosos”.

Isso porque a planta é sempre recoberta de espinhos longos, fortes e amarelados que podem facilmente ferir a pele. Estes espinhos, no entanto, são muito importantes para a preservação da planta, já que afastam animais herbívoros, garantindo assim o seu crescimento.

A planta é nativa da caatinga e produz uma flor branca e delicada. A flor só nasce durante a noite, murchando logo que o sol nasce. Ela cresce com facilidade mesmo em um ambiente considerado hostil, desde que encontre nutrientes suficientes na terra. Não é impossível, no entanto, cultivá-la em outras áreas do país, desde que se tome as devidas precauções.

Os espinhos podem, também, ter alguma serventia para a alimentação de animais. Isto, é claro, apenas depois que são removidos e queimados. Assim, seus nutrientes são aproveitados ao mesmo tempo em que se remove o perigo de os animais se ferirem com eles.

Mandacaru x jamacaru

Embora ambas as plantas sejam muito parecidas e o nome científico do Mandacaru inclusive tenha o termo jamacaru, as espécies são diferentes.

A principal característica que ajuda as diferenciar, inclusive, é o fruto proveniente de ambas. Enquanto o mandacaru, fruto da planta de mesmo nome, tem uma casca lisa, a pitaya, fruto da outra planta, tem uma casca que é uma espécie de espinho escamado.

Entretanto, apesar das diferenças visuais em relação à casca, os frutos são, no geral, bastante parecidos, inclusive no gosto.

Mandacaru

Como plantar mandacaru

Como o uso do mandacaru é bastante amplo, a curiosidade sobre o plantio desta espécie tem se tornado cada vez mais comum.

Na natureza, o mandacaru não é considerado uma planta exigente. Os pássaros costumam ser os responsáveis pela disseminação da planta. E ela cresce em qualquer ambiente que possa oferecer os nutrientes exigidos para o seu desenvolvimento. Dessa forma, não é incomum que o mandacaru seja visto crescendo em locais cimentados, por exemplo, ou mesmo começando a se desenvolver no telhado de algumas casas.

O plantio do mandacaru, portanto, é considerado relativamente simples quando comparado ao plantio de outras espécies. Basta que o responsável escolha um trecho de terra que seja capaz de oferecer os nutrientes necessários e prepare a planta seguindo os passos abaixo:

  1. Corte os galhos de uma planta de mandacaru;
  2. Deixe secar ao sol de um dia para o outro;
  3. Enterre apenas uma parte do galho no solo escolhido.

É importante que esse processo seja efetuado com a antecedência de pelo menos um mês do período chuvoso do local e que a planta seja preservada durante um ano. Quando o segundo ano tiver início, ela já está apta ao corte.

Uma única planta de mandacaru de tamanho razoável pode, inclusive, fornecer o corte necessário para o replantio de outras 100. Isso faz deste tipo de cacto uma planta muito simples de se cultivar, além de ter um custo baixíssimo de produção.

Receita de chá de mandacaru

O chá de mandacaru é considerado pela cultura popular como muito benéfico para os rins. No Nordeste, inclusive, este é um chá muito utilizado para a diminuição e eliminação das pedras nos rins.

Abaixo, separamos uma das receitas mais populares deste chá. Porém, é sempre importante lembrar que nenhum tipo de tratamento caseiro deve ser realizado sem consultar o seu médico.

  1. Retire os espinhos da planta;
  2. Retire a casca mais grossa que protege o interior da planta;
  3. Deixe de molho durante a noite;
  4. Corte em pedaços médios;
  5. Bata no liquidificador com uma quantidade razoável de água;
  6. Guarde em uma garrafa de vidro na geladeira.

Esquente apenas a quantidade que for consumir, preferencialmente durante as manhãs ou durante as noites.

Para que serve a planta?

Os benefícios do mandacaru são inúmeros. Tanto a crença popular quanto os estudos já feitos a respeito da planta demonstram que este cacto pode e deve ser usado na dieta das pessoas e dos animais da caatinga.

No que diz respeito aos números, estudos demonstraram que o mandacaru contém:

  • 16,21% de fibra bruta;
  • 15,84% de água;
  • 10,66% de resíduo mineral;
  • 1,03% de extrato etéreo;
  • 10,72% de proteína bruta;
  • 45,81% de extrativos não nitrogenados.

Ele também é bastante utilizado na alimentação e até mesmo na hidratação de animais e pessoas, principalmente quando há escassez de chuva. Ele é considerado um potente diurético.

Mandacaru

Fruto do mandacaru

Embora não tenha um grande valor comercial, o fruto do mandacaru é bastante semelhante à pitaya. Curiosamente, esta segunda pode atingir preços bastante altos.

O fruto deve ser colhido assim que inicia sua mudança de cor, evitando assim que ele caia e seja danificado. A partir de então, estará próprio para consumo por até duas semanas.

Tanto a polpa quanto as sementes são próprias para consumo de formas variadas. É possível consumir a fruta naturalmente ou ainda fazer sucos, geleias e incorporá-la em outras receitas.

O seu gosto é bastante semelhante ao da pitaya, e este é um fruto bastante conhecido como “fruto de sobrevivência”. Isso acontece, principalmente, pela utilização tradicional deste em períodos de estiagem.

O mandacaru é uma planta bastante versátil, que pode suprir diversas necessidades. Seja para a decoração, para o alimento de animais durante a estiagem, para o consumo de seus galhos ou mesmo de suas frutas, seu cultivo é simples e barato. Além disso, exige poucos cuidados e a planta é quase completamente aproveitável.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo