Mandioquinha chegou ao Brasil no século XX e segue popular até hoje

Inicio » Agricultura » Mandioquinha chegou ao Brasil no século XX e segue popular até hoje
14/10/2019 Por
Mandioquinha chegou ao Brasil no século XX e segue popular até hoje

A mandioquinha tem vários nutrientes e é uma raiz deliciosa

A mandioquinha do tipo salsa é uma espécie de planta típica da América. O seu ponto central de origem certamente ocorre na região andina dos países Venezuela, Colômbia, Equador, Bolívia e Peru. Seu cultivo, que se realiza com base na subsistência e rudimentarismo, é a base da alimentação popular andina.

A mandioquinha chegou nas terras tupiniquins em 1907, quando as mudas foram transportadas da Colômbia para todas as sociedades de agricultura. Até este ano, sua existência era desconhecida totalmente pelos agricultores no Brasil.

mandioquinha

O que é mandioquinha?

Mandioquinha é um tipo de raiz com cultivo rudimentar. Tem grande importância dentro da alimentação em países sul-americanos como:

  • Peru;
  • Equador;
  • Colômbia.

Teve origem na região dos Andes, sendo desconhecida pelos produtores e consumidores brasileiros até o ano de 1907. Seu conhecimento só aconteceu quando foi implementada no país.

Muitos não sabem o que é mandioquinha, pois a conhecem com outros nomes, variando de região para região. Entre os apelidos mais famosos estão:

  • Batata salsa;
  • Batata baroa;
  • Aipim branco.

As mandioquinhas são ricas nas vitamina C e nas do complexo B (niacina e tiamina). O consumo se liga ao ótimo funcionamento do sistema intestinal, bem como à extensão da sensação da saciedade, pois ela possui muitas fibras insolúveis.

Produção de mandioquinha no Brasil

Como você deve imaginar, a maior parte da produção de mandioquinha no Brasil tem como destino o mercado in natura, ou seja, para consumo em sua forma natural.

Estima-se que, em média, no Brasil, mas de 250 mil toneladas de mandioquinha são produzidas ao ano – isso em mais de 20 mil hectares.

Uma das grandes vantagens dessa raiz tuberosa é que, por demandar grande mão-de-obra especialmente para plantio e colheita, se torna uma excelente alternativa para pequenos e médios produtores, inclusive aqueles inseridos no cenário da agricultura familiar.

Além disso, a mandioquinha também tem um bom valor de mercado. Em 2013, por exemplo, o preço do quilo registrado em setembro (R$4,69) foi 150% mais alto que o mesmo período de 2012 (R$1,88).

Depois de algumas variações, hoje, o preço médio do quilo gira em torno de R$7,40 a depender da região.

Receitas com mandioquinha

Algumas receitas com mandioquinha são clássicas, assim como bastante saborosas. Entretanto, uma que faz muito sucesso é a Mandioquinha Soutê.

Ingredientes:

  • 500 gramas de mandioquinha;
  • 2 dentes e meio de alho;
  • 3 colheres de manteiga;
  • 4 raminhos de salsinha;
  • Sal.

Modo de preparo:

Descascar e cortar as mandioquinhas em forma de cubos médios com aproximadamente 2 cm cada. Transferir para a panela, cobrir com água e levar ao fogo. Assim que levantar fervura, diminuir o fogo, deixando cozinhar por mais ou menos 15 minutos. A mandioquinha precisa estar cozida, entretanto, ainda firme.

Descascar e picar o alho. Lavar, secar e picar a salsinha. Assim que a mandioquinha ficar no ponto, passar em uma peneira. Em uma frigideira, colocar a manteiga e levar ao fogo.

Quando derreter, juntar as mandioquinhas, temperar com sal e deixar cozinhar por aproximadamente 10 minutos. Acrescentar o alho e mexer por mais 3 minutos. Desligar o fogo e misturar a salsinha. Servir ainda quente.

mandioquinha

Nutrientes do purê de mandioquinha e como fazer

O purê de mandioquinha não se destaca apenas pelo sabor, mas também por conta dos nutrientes que carrega consigo. Fonte de carboidrato, contém cálcio, fósforo e uma boa dose de vitamina C. Além disso, apresenta uma boa quantidade de fibras, o que ajuda a promover a saciedade.

Quer aprender como se faz? Confira em seguida!

Ingredientes:

  • 400 gramas de mandioquinha;
  • 2 colheres de manteiga;
  • 1/3 da xícara com creme de leite;
  • Pimenta e sal.

Modo de preparo:

Cozinhar as mandioquinhas já sem casca na água fervente junto ao sal. Fazer isso por cerca de 15 minutos, desde que fiquem inteiras. Passar pelo espremedor e transferir para outra panela.

Acrescentar a manteiga, o sal, o creme de leite e a pimenta. Colocar no fogo baixo. Bater com a colher de pau ou até mesmo com um batedor manual por mais ou menos 3 minutos, até ficar sem grumos e aerado. Se desejar, decorar com algumas pimentas vermelhas.

A mandioquinha engorda?

Muitos amam essa delícia, mas ficam na dúvida, principalmente as pessoas que fazem dieta: mandioquinha engorda?

Este é um dos alimentos mais que perfeitos, pois combina poucas calorias e muitos nutrientes. A mandioquinha é bastante nutritiva, mas pouco calórica, menos que a batatinha inglesa.

Seus benefícios podem ser equiparados aos que a batata-doce possui, por exemplo. Sem contar que ela contém níveis ótimos da vitamina C, do grupo B, E e K. Esse legume também oferece boas quantidades de minerais, tais como:

  • Ferro;
  • Cálcio;
  • Manganês;
  • Potássio.

A mandioquinha está no topo da lista dos alimentos que mais são consumidos pelos atletas, assim como pelos que praticam atividades físicas. Por possuir altas quantidades de carboidratos, é uma excepcional fonte de energia.

O questionamento sobre engordar ou não ocorre exatamente por causa dos carboidratos que essa delícia oferece. Como a batata tem um alto índice glicêmico, sua digestão é bem mais rápida. Assim sendo, pode ocasionar o aumento de níveis de açúcares no sangue.

Por conta disso, diabéticos devem optar por menores quantidades do alimento e também a consulta com um nutricionista. Isso porque, ao ter a taxa de açúcar elevada, uma quantidade maior de insulina é liberada. Contudo, também são maiores as possibilidades de se acumular gordura na região do abdômen.

mandioquinha

Escondidinho de mandioquinha

O escondidinho de mandioquinha é um prato bastante delicioso. É o tipo que agrada a todos os paladares.

Ingredientes da massa:

  • 500 gramas de mandioquinha;
  • 2 colheres de manteiga ou margarina;
  • 1 colher de óleo ou azeite;
  • 1 xícara pequena de leite;
  • Sal.

Ingredientes do recheio:

  • 1 peito grande de frango grande;
  • 1 alho poró cortado em fatias;
  • ¼ de xícara de champignon picado;
  • 1 tablete de caldo derretido de frango;
  • ½ sachê de molho pronto de tomate;
  • Pimenta calabresa e sal;
  • 3 colheres de requeijão;
  • 100 gramas de mussarela em fatias ou ralada.

Modo de preparo:

Para a base, descascar e cozinhar a mandioquinha. Passar, ainda quente, pelo espremedor. Em uma panela, derreter a manteiga no azeite. Isso fará com que não queime. Acrescentar a mandioquinha, assim como o leite.

Misturar tudo muito bem até que fique um creme bem liso. Acertar o sal e reservar.

Para o recheio, cozinhar o frango com o caldo do tablete. Desfiar e reservar. Fritar o alho poró em uma quantidade pequena de azeite de forma que ele fique murcho.

Acrescentar o frango desfiado, bem como o molho do tomate. Acertar o sal novamente, colocar a pimenta, acrescentando o champignon. Reservar.

Em um refratário, colocar uma camada fina do purê, assim como, sobre ele, colocar todo o recheio. Tomar cuidado para não deixa-lo encostar nas bordas, ficando somente no centro.

Colocar o requeijão e cobrir com o restante do purê. Salpicar o queijo e levar para gratinar no forno alto (220 °C). Servir com uma deliciosa saladinha bem colorida.

Não há como negar que a mandioquinha é uma leguminosa bastante saborosa e nutritiva. Sabendo disso, vale a pena agrega-la ao menu diário de toda a família.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo