Melancia destaca benefícios e produção em diferentes partes do Brasil

Inicio » Agricultura » Melancia destaca benefícios e produção em diferentes partes do Brasil
24/09/2019 Por
Melancia destaca benefícios e produção em diferentes partes do Brasil

Embora seja conhecida como fruta, a melancia é uma hortaliça composta por mais de 90% de água

A melancia é uma excelente opção de cultivo para o pequeno produtor. Apesar de seu tamanho final ser grande, requer pouco espaço para o cultivo.

O cultivo de melancia é de manejo simples e sem complicações para o produtor. Além disso, gera lucros e pode ser aproveitada em sua totalidade. Sua casca, por exemplo, pode servir de alimento para porcos, patos e galinhas.

melancia

O que é melancia?

Melancia é uma hortaliça pertencente à família Curcurbitaceae, a mesma do pepino, abóbora, bucha e moranga, de nome científico Citrullus lanatus.

Cultivada em várias regiões do país, sobretudo nos Estados de Pernambuco, Bahia, Piauí, Maranhão, São Paulo e Goiás, a melancieira é uma herbácea, rasteira e trepadeira.

Embora seu peso final possa variar entre 1 a 25 kg, não necessita de muito espaço para ser cultivada.

Com casca espessa e polpa macia e suculenta, além de formato arredondado, a melancia é cultivada há mais de 4.000 anos na África tropical. Posteriormente foi introduzida na Índia, em seguida na Europa e, depois, no continente americano.

Seu valor, de acordo com a cotação CEAGESP/SP em 13/09/2019, aponta uma variação entre R$ 1,15 a R$ 1,45/kg.

Como plantar melancia?

A melancia é uma das frutas mais consumidas no Brasil. Além disso, é exportada em larga escala para o continente europeu. Por esse motivo, seu cultivo se torna uma atividade estável, além de bastante lucrativa.

Ainda, por possuir uma grande diversidade comercial sendo utilizada tanto in natura como no preparo de doces e geleias, por exemplo, proporciona ao produtor trabalhar com vários segmentos de consumidores simultaneamente, aumentando o faturamento.

Como plantar melancia?

A seguir, você confere mais detalhes sobre como plantar melancia.

  • Solo e temperatura

A melancieira se adapta bem a regiões com temperaturas entre 21 °C e 35 °C, ou seja, em climas quentes. Entretanto, existem regiões com temperatura média de 15 °C em que ela consegue produzir.

O solo deve ser arenoso, fértil, além de bem drenado, uma vez que a melancieira não suporta umidade excessiva.

melancia

  • Espaçamento e regas

O espaçamento pode variar entre 3 x 1 m, 3 x 2 m ou 3 x 3 m. As covas devem ser abertas com uma enxada e, então, deve-se depositar 4 sementes em cada, com profundidade de 4 cm.

Uma vez que a melancia não tolera solos encharcados, a rega é fundamental para uma boa produção:

  • Da semeadura até a germinação, a rega deve ser feita diariamente, porém, em pequena quantidade;
  • Da germinação até a frutificação, a rega deve ser feita com bastante água, porém, com menor frequência;
  • Da frutificação até a colheita, a rega deve ser feita com pouca água, além de pouca frequência;
  • Assim que os frutos estiverem quase maduros, a rega deve ser interrompida. Entretanto, às vezes, há necessidade de um pouco de água para que a planta não murche.

A colheita da melancia inicia-se entre 80 a 110 dias após seu plantio.

Todavia, para assegurar a reprodução da melancia, é necessário contar com colmeias próximas à região do plantio para realizar a polinização cruzada, visto que as abelhas são eficientes no transporte de pólen entre as flores da melancieira.

Benefícios da melancia

A melancia possui nutrientes como vitaminas A, C e do complexo B, proteínas, bem como minerais como ferro e cálcio, além de ser fonte de fibra. Ainda, possui mais de 90% de água, o que a torna pobre em calorias.

Por consequência, torna-se um alimento altamente diurético, sendo indicada para o tratamento de gota e ácido úrico, problemas urinários, estomacais e reumáticos, além de combater a hipertensão.

Dentre os outros benefícios da melancia, está sua boa quantidade de glutationa, substância com propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento.

Mas, afinal, a melancia engorda ou não? A resposta é não!

Quando introduzida na dieta, é uma ótima maneira de saciar a fome. Além disso, ela acelera o metabolismo e queima calorias.

Tipos de melancia

São encontrados mais de 300 tipos de melancia ao redor do mundo, que são classificadas pelo formato e tamanho, espessura e coloração da casca, bem como pela quantidade de sementes e sabor da polpa.

Acompanhe, a seguir, os tipos de melancia mais comuns encontrados no mercado:

  • Arredondadas e com ciclo precoce: Sugar Baby, Catalana e Perla Negra, todas com casca verde escura; Rubin, com casca clara; Yellow Doll, ou melancia amarela, com casca verde clara e estrias, além de polpa amarela;
  • Arredondadas e ciclo médio-tardio: Pileña, Sayonara e Doce de América, com casca verde escura; Imperial, com casca de listas verdes claras e escuras;
  • Alongadas e ciclo precoce: Klondike Rayada, com casca verde e pintas verde-escuras; Príncipe Charles, com casca verde-acinzentada;
  • Alongadas e ciclo médio-tardio: Congo e Fairfax, com casca verde clara e bandas verde-escuras; Blacklee, com casca verde-escura; Charleston Gray, com casca verde claro; Sweet Meat II WR, com casca acinzentada e estrias verde-escuras.

Melancia quadrada

A melancia quadrada não é uma variedade especial, mas são frutas comuns cultivadas com o auxílio de uma forma em formato de cubo.

Assim que a baga atingir o tamanho de uma lâmpada, é colocada em uma caixa feita em compensado medindo, aproximadamente, 20 x 20 x 20 cm, com abertura em um dos lados para a retirada da baga após a maturação, bem como orifícios para ventilação.

Assim que crescer e assumir o formato da caixa, é retirada e deixada ao sol por 2 a 3 dias para adquirir um tom brilhante.

Suco de melancia

O suco de melancia, além de refrescante, é um excelente diurético. Quando combinado com outros ingredientes como gengibre, por exemplo, torna-se um poderoso energético.

Porém, também é amplamente utilizado em cosmetologia para dar firmeza à pele, bem como elasticidade e maciez, além de amenizar rugas suaves.

Ainda, cubos do suco congelado tornam-se um excelente tônico para a pele. Além disso, quando aliado ao pó de café, transforma-se em um esfoliante natural.

Já para os cabelos, quando aliado ao mel ou óleo de amêndoas, por exemplo, torna-se uma máscara que promoverá maciez e brilho aos cabelos.

Acompanhe, a seguir, duas receitas com melancia que merecem ser experimentadas.

melancia

1. Suco de melancia com gengibre

Ingredientes

  • 1 fatia grande de melancia gelada e picada;
  • 1 colher de chá de gengibre ralado.

Modo de preparo

  1. Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva a seguir.

2. Churrasco de melancia

Ingredientes

  • ¼ de melancia cortada em fatias de 3 cm;
  • Sal e pimenta do reino e azeite a gosto.

Modo de preparo

  1. Primeiramente, tempere as fatias com azeite, sal e pimenta;
  2. Logo após, coloque-as sobre a grelha quente da churrasqueira e deixe por 3 min de cada lado.

Além da polpa da melancia ser consumida in natura, em sucos, geleias e outras sobremesas, suas sementes, quando tostadas e levemente salgadas, tornam-se um excelente tira-gosto para acompanhar bebidas geladas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo