Mini rosa, nativa do sudoeste da China, encanta a todos

Inicio » Agricultura » Mini rosa, nativa do sudoeste da China, encanta a todos
20/10/2020 Por
Mini rosa, nativa do sudoeste da China, encanta a todos

Bonita e delicada, a mini rosa deixa qualquer ambiente repleto de formosura e charme. Com efeito, a mini rosa dissemina beleza por onde passa. Caso você não tenha espaço para cultivar roseiras, ela é uma excelente opção. Afinal, além de não ocupar muito espaço, depende de cuidados bastante simples e diferentes daqueles necessários para as rosas convencionais.

A flor mini rosa, além de servir para compor belos enfeites, pode ser usada para a criação de lindas lembrancinhas e presentes para oferecer a uma pessoa especial. No entanto, ela possui pouco perfume e, embora seja bastante comum em lares, se desenvolve melhor em quintais com boa incidência de luz solar.

Mini rosa

O que é mini rosa?

A mini rosa (Rosa chinensis), também conhecida como “rosa miniatura”, pertence à família das rosáceas, sendo originária do sudoeste chinês. A planta atinge, no máximo, 40 centímetros e tem uma longa vida.

Suas folhas são serradas e mais escuras, sobretudo, nas bordas. As colorações são bastante variadas, incluindo tons de rosa, vermelho, branco, amarelo, lilás e outras, resultantes das combinações de enxertos.

Por estar sempre florida, a mini rosa se faz presente durante todo o ano, principalmente no verão e a na primavera. Vale destacar, ainda, que a planta apresenta caules finos e espinhosos.

Os melhores locais para cultivar mini rosa são aqueles expostos ao sol pleno ou, pelo menos, meia-sombra, cujo solo seja umedecido, duas vezes por semana, com regas. Sendo assim, o clima mais apropriado é ameno, úmido e quente.

De fato, antes de saber mais sobre como plantar mini rosa, é preciso garantir que o solo seja rico em matérias orgânicas e tenha uma boa drenagem.

A planta, por ser resistente aos ventos fortes, se beneficiará com uma boa mistura de partes iguais de terra comum, terra vegetal e compostos orgânicos. Nesse sentido, a fertilização deverá ser realizada três vezes por ano com adubos orgânicos e farinha de osso ou torta de mamona.

Você poderá encontrar, em lojas que comercializam artigos de jardinagem, os produtos ideais para garantir o sucesso de sua adubagem. Tenha em mente, ainda, que as mudas de mini rosa podem ser plantadas diretamente em jardins ou vasos, sendo alcançadas por enraizamento de galhos ou estaquias.

Como escolher a mini rosa ideal?

Caso resida em um local muito quente, é altamente recomendável cultivar a mini rosa em seu quintal, pois ela prefere temperaturas amenas. Por outro lado, se a região não é quente, é bastante provável que a pequena rosa não se desenvolva bem do lado de fora de sua residência.

Escolher uma variedade é um passo essencial. Afinal de contas, ainda que a sua planta venha em pequenos vasos, a mini rosa se dará melhor no jardim. A depender da espécie adquirida, ela pode variar entre 15 e 40 centímetros.

Dessa forma, vale a pena pesquisar por “variedades de mini rosa” no Google e navegar pelas diferentes opções. No entanto, a sua decisão deve ser tomada com base na largura, na altura e na cor da roseira.

Entre as variedades mais famosas, encontram-se a The Fairy, a Robin, a Mister Bluebird, a La White Pet, a Little Flirt e a Hakuun.

Não obstante, se você preferir rosas maiores, priorize espécies como a Orange Triumph, a Lily Marlene, a Eutin ou a Arthur Bell. Sem embargo, seja qual for a sua escolha, lembre-se de que as variedades menores são mais recomendadas para cultivar dentro de casa.

Mini rosa

Onde comprar mini rosa?

Você pode comprar a sua mini rosa em uma floricultura ou em viveiros de plantas. Ela tende a ser comercializada, conforme mencionado, em vasos pequenos, destinados ao replantio em jardins ou como forma de presentear alguém. Portanto, procure uma boa floricultura ou confira na internet, escolhendo a espécie que mais lhe agradar.

Se a sua intenção é plantar mini rosas, o mais indicado é comprar mais do que apenas uma planta. Entretanto, se deseja comprar para presentear em datas comemorativas (como dia das mães ou dia dos namorados), não se esqueça de que a floricultura de sua preferência pode não contar com exemplares disponíveis, sendo necessário realizar uma encomenda.

Como definir o local de plantio?

Já está amplamente comprovado que cultivar a mini rosa em casa pode gerar melhores resultados. A planta se torna mais saudável ao ar livre, uma vez que necessita de grandes doses de luz solar. Desse modo, é melhor posicioná-la em uma mini estufa.

As estufas incentivam as plantas a darem flores mais bonitas e saudáveis, otimizando a luz do sol, a umidade e a temperatura. Se você não possuir uma estufa, então, deve plantá-la em canteiros suspensos ou no jardim.

Colocar as mini rosas ao longo das bordas do jardim ou canteiro ou, então, alinhá-las com flores diferentes, representam boas ideias. Outra alternativa consiste em colocar os vasos do lado de fora, cultivando a mini rosa em vaso de cerca de 25 centímetros, a fim de transportá-la facilmente.

Compre recipientes menores que tenham, pelo menos, 3 furos no fundo (destinados à drenagem da água). Quaisquer lojas de artigos de jardinagem ou, até mesmo, supermercados, vendem esses vasos. Portanto, compre um por roseira.

Compre, para variar, algum vaso de pendurar. Adquira um vaso de tamanho adequado para a raiz da espécie selecionada. Procure com opções de 5 a 8 centímetros maiores do que a mini rosa. Caso o vaso seja grande demais, a planta não conseguirá crescer saudavelmente. E, pelo contrário, se ele for muito pequeno, ela ficará apertada.

Selecione um lugar no qual haja incidência de, ao menos, 6 horas de luz solar intensa por dia. De modo geral, as roseiras demandam muita luz do sol para que sejam capazes de gerar flores bonitas e saudáveis.

Seja dentro de casa ou no jardim, assegure-se de que o local selecionado recebe, de fato, essa quantidade mínima de luz solar. O ponto não deve ter sombras de grandes árvores ou de outros bloqueadores.

Mini rosa

Como plantar mini rosa no seu quintal?

As melhores épocas para plantar são no começo do verão ou durante a primavera, segundo as instruções. Há exigências diferentes de cultivo para cada espécie. Logo, verifique as recomendações na embalagem, descobrindo quais são os melhores momentos para plantar no jardim.

Na grande maioria dos climas, o melhor é cultivar as mini rosas entre os meses de novembro e dezembro.

O buraco a ser cavado deve ter 25 centímetros de largura e cerca de 30 centímetros de profundidade. Esse espaço deve ser o bastante para comportar a raiz e, ainda, ter de 5 a 8 centímetros adicionais para que a planta tenha condições de crescer.

Para cavar o buraco, utilize uma pá própria para jardinagem ou algum outro instrumento adequado, removendo a terra até alcançar a profundidade desejada. Lembre-se, também, de que o buraco para a sua mini rosa não deve, necessariamente, ter essas dimensões exatas, pois trata-se de um cálculo aproximado.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo