Monensina é aditivo comumente utilizado na dieta de bovinos

Inicio » Agronegócio » Monensina é aditivo comumente utilizado na dieta de bovinos
31/10/2020 Por
Monensina é aditivo comumente utilizado na dieta de bovinos

Entre vários aditivos para consumo animal, a monensina também ajuda na digestão. Graças ao investimento em novas tecnologias e material humano, o Brasil consolida-se como um dos grandes exportadores e produtores de produtos de origem animal. Prova disso é o emprego de aditivos alimentares como a monensina, principalmente nos segmentos de leite e carne.

No entanto, para manter-se em destaque frente a um mercado tão competitivo, produtores rurais precisam de novas alternativas para ampliar a produtividade. Nesse sentido, fizemos este artigo sobre a monensina e como ela pode contribuir para que sua produção animal seja mais rentável.

Monensina

O que é monensina?

Monensina é um aditivo geralmente usado na alimentação de rebanhos com o objetivo de aumentar a eficiência desses processos alimentares. Afinal, são vários os tipos de aditivos que são direcionados para o consumo animal, como os probióticos, óleos funcionais e essenciais e até os antibióticos.

De olho neste mercado, foram feitas várias pesquisas relacionadas ao aumento da eficiência dos produtos alimentares de animais. Tudo para que o produtor possa reduzir custos sobre a quantidade de alimento consumida pelo seu rebanho.

Nesse sentido, o emprego de produtos como a monensina ainda conseguiu resultados positivos. Nestes casos, podemos citar a redução na produção de dejetos e até a diminuição dos impactos sobre o meio ambiente.

Enfim, a definição de o que é monensina pode ser descrita como um aditivo que anda ganhando espaço nas dietas alimentares de vários tipos de rebanhos agropecuários.

Como resultado, ela chega a provocar alterações que garantem uma maior produção de energia. Além do mais, outra de suas vantagens são os efeitos positivos sobre a engorda e o crescimento de rebanhos animais.

Monensina

Efeito da monensina sódica no metabolismo animal

Ao passo em que há um crescimento da população, o mercado do agronegócio também exige um aumento na produção de proteína animal. Dessa forma, produtores têm que investir em novas técnicas para aumentar a produtividade, em especial no setor pecuário.

Neste caso, a monensina sódica tem sido uma das alternativas mais utilizadas. Até porque esse aditivo apresenta ótimos resultados na composição de dietas especiais para a nutrição animal.

Além do mais, a presença da monensina influencia nos processos de fermentação e digestão. Sem contar que o aditivo colabora para o ganho de peso de rebanhos, ajuda no tratamento de doenças e ainda atua na redução da emissão de metano.

Monensina

O emprego da monensina para aves

A partir do uso generalizado de aditivos melhoradores de desempenho na década de 1950, a agropecuária brasileira teve um grande salto. Afinal, ela passou a registrar uma melhora nos índices zootécnicos relativos aos animais criados nos sistemas intensivos.

Nos dias de hoje, apenas no setor da avicultura, os números chegam a bater recordes tanto na produção quanto na exportação. Graças a recursos como a monensina para aves, a carne de frango consolidou-se como o quarto item nas vendas ao mercado internacional nacional.

Ou seja, o emprego da monensina tem sido um dos principais fatores nutricionais para garantir que toda a nossa produtividade atinja consumidores nacionais e internacionais. Até porque nossa cadeia de produção sempre teve a tendência de investir em novas pesquisas e no desenvolvimento de soluções adequadas para o setor.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo