Nascente é chamada a origem de um curso d’água

Inicio » Meio Ambiente » Nascente é chamada a origem de um curso d’água
28/06/2019 Por
Foto: OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Nascente é chamada a origem de um curso d’água

Um rio passa por pelo menos três processos ao longo de seu curso: a nascente, o córrego, e a sua foz

A nascente é um local fundamental para a manutenção e equilíbrio dos rios. É neste ponto que o futuro do rio pode ser determinado.

A nascente pode estar a milhares de quilômetros de distância da foz. Independente disso, é importante que ela esteja em perfeitos cuidados de manutenção, para manter o fluxo do rio.

nascente

O que é uma nascente?

Nascente é uma formação hidrográfica que dá origem a um rio, córrego, ou qualquer outro curso de água. Também chamada de cabeceira, ou fonte, este é o local, portanto, onde nasce um rio.

Assim, nascente é denominado o lugar onde o rio se forma. Já o local onde ele termina, geralmente no mar, é chamado de foz.

Geralmente uma nascente de água se forma em um ponto de descarga de um aquífero. Ou seja, é um determinado ponto onde a água subterrânea vem à tona, naturalmente. Em outras palavras, é quando o lençol subterrâneo alcança a superfície terrestre.

Entretanto, ela só ganhará esta denominação se a quantidade de água for fluída o suficiente para a manutenção do ecossistema.

Quais são os tipos de nascentes que existem?

Os cursos d’água podem surgir de diferentes formas. Assim, eles têm origem nas mudanças de geografia, falhas geológicas, ou depressão de algum terreno, por exemplo. Veja alguns tipos de nascente:

  • Contato: a nascente de contato é aquela que normalmente nasce na base de um morro. Assim, elas também são chamadas de nascentes de encosta.
  • Depressão: geralmente são aquelas que surgem em pontos de borbulhamento de água, ou seja, os “olhos d’água”. Podem ser, ainda, pontos de vazamento de água em áreas encharcadas, como em brejos. Esta água vai se acumulando até chegar ao ponto de formar uma corrente.
  • Falhas geológicas: neste caso, uma falha na geologia permite com que lençóis freáticos, que antes estavam submersos, entrem em contato com a superfície.

Em alguns casos a água que brota da terra não possui volume suficiente para formar rios, ou córregos. Nestas situações, então, o local ganha o nome de fonte. Isso é visto muitas vezes em fontes de águas termais, quando a água surge de grandes profundidades e brota ainda quente.

nascente

Onde nascem os rios?

Sabemos que todo rio possui um ciclo, ele nasce, cruza o seu curso, e termina na foz. Mas você tem curiosidade para saber onde nascem os rios? Vamos conhecer um pouco sobre alguns dos rios mais importantes do Brasil.

Nascente do Rio São Francisco

Este é um dos rios mais emblemáticos para a região Nordeste. A descoberta de onde ele realmente nasce é relativamente recente. Apenas em 2002 se confirmou que a nascente do Rio São Francisco fica no Rio Samburá, no estado de Minas Gerais. Antes desta data, então, acreditava-se que o rio tinha origem na Serra da Canastra.

Nascente do Rio Tietê

Este rio corta o estado de São Paulo e faz parte da geografia da capital. Entretanto, existem sérios problemas de poluição e uma discussão urgente sobre as formas de se tratar este problema. A nascente do rio Tietê, então, fica na cidade de Salesópolis, a mais de mil metros de altura, na Serra do Mar. Sua cabeceira fica em meio à mata nativa.

nascente

Nascente do Rio Amazonas

Este é um dos mais impostantes rios do mundo, tanto pelo seu volume de água, quanto pelo seu comprimento. Assim, a nascente do rio Amazonas fica no Peru, na Cordilheira dos Andes. Sua origem é na nascente do rio Apurimac, a mais de cinco mil metros acima do nível do mar.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo