Ofídios são répteis mais conhecidos como serpentes

Inicio » Meio Ambiente » Ofídios são répteis mais conhecidos como serpentes
06/11/2020 Por
Ofídios são répteis mais conhecidos como serpentes

Ofídios venenosos e não venenosos podem ser encontrados em todo o Brasil. Dividido em vários grupos e espécies, o reino animal é muito amplo. Os ofídios, por exemplo, são répteis que conhecemos por nomes mais populares como cobras ou serpentes. No mundo todo, já foram registrados mais de 2.900 espécies de cobras e, no Brasil, é possível encontrar cerca de 350 delas.

Os ofídios se enquadram em um termo próprio da zoologia, sendo uma das ordens do reino animal. O termo ofídio na verdade deriva do grego ophidium, significando serpente.

ofídios

O que são ofídios?

Os ofídios são répteis mais conhecidos como serpentes ou cobras, que são pecilotérmicos, ou seja, que não possuem um mecanismo que regule a temperatura do seu corpo. Ou seja, apresentam sangue frio, isto é, mantêm a temperatura do corpo a partir da temperatura ambiente.

São próximas dos lagartos, sendo da mesma ordem, a Squamata, ou, Escamados. Essa ordem é considerada uma das mais amplas entre os vertebrados, com cerca de 10 mil espécies. É também dividida em três grupos: cobras, lagartos e anfisbenas, que são conhecidas como “cobra-de-duas-cabeças.

Os répteis como as serpentes são animais vertebrados e seu corpo é coberto de escamas, que funciona como uma armadura de proteção. Assim como os humanos, tem respiração pulmonar. A maioria dos répteis são ovíparos e assim sua reprodução se dá através de ovos, sem ligação com o corpo da mãe. Essas espécies habitam quase todos os lugares, menos a fria Antártida.

Ofídios peçonhentos

Muitos acidentes acontecem frequentemente em todas as regiões do Brasil causados por animais peçonhentos (venenosos), como as serpentes. Esses acidentes podem, muitas vezes, serem fatais se não tratados rapidamente. Em muitos casos de picadas de serpentes é aplicado o soro antiofídico para tratar.

As cobras venenosas, ao picar a vítima, inoculam seu veneno através de poderosos dentes que ficam no maxilar superior.

Algumas das cobras venenosas mais encontradas e conhecidas são:

  • Cascavel: geralmente habita campos e cerrados. Essa espécie é vivípara, ou seja, os filhotes se desenvolvem via embrião no corpo da mãe; sua principal característica é um chocalho que fica na na ponta da cauda.
  • Coral Verdadeira: são pequenas e coloridas, normalmente com anéis nas cores vermelha, preta e branca;
  • Jararaca: uma das serpentes que mais causa acidentes no Brasil, a jararaca vive nas matas, porém, pode se adaptar mais próxima das cidades também;
  • Jararacuçu: uma das cobras mais venenosas encontradas no país, é da família das víboras. Essa família geralmente tem cabeça triangular e fossetas loreais e podem atingir até dois metros de comprimento;
  • Surucucu: podendo ultrapassar os 4 metros de comprimento, a surucucu é considerada a maior serpente venenosa da América Latina.

ofídios

Ofídios não venenosos

Os ofídios não venenosos matam as suas presas por constrição ou por deglutição. Exemplos dessas cobras são a cobra cipó, cobra d’água, falsa coral, jiboia e a temida sucuri. Temida, na verdade, por seu tamanho, pois a sucuri não inocula veneno, porém, possui muita força para esmagar as presas, podendo se alimentar de mamíferos, aves e até jacarés. Ademais, é a maior cobra brasileira, podendo chegar a medir até 10 metros.

Porém, de todas as espécies de ofídios do mundo, mais de 400 delas são consideradas venenosas, por isso é preciso tomar cuidado para evitar acidentes.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo