Óleo de cártamo tem alta procura e bom valor no mercado

Home » Agronegócio » Óleo de cártamo tem alta procura e bom valor no mercado
18/10/2019 by
Óleo de cártamo tem alta procura e bom valor no mercado

Com muitos benefícios para a saúde, o óleo de cártamo pode ser um bom aliado na busca de um estilo de vida mais saudável

O óleo de cártamo é um dos vários óleos vegetais que podem ser muito benéficos para quem os utiliza.

Extraído da semente da planta cártamo (Cartamus tinctorius), o óleo de cártamo é muito usado na alimentação por ser bastante nutritivo. É rico em ômega 6, ácido graxo que o organismo não produz, e ômega 9, essencial para a função cerebral.

Óleo de cártamo

O que é óleo de cártamo?

Óleo de cártamo é um óleo vegetal extraído de uma planta oleaginosa conhecida cientificamente como Cartamus tinctorius. Ela é originária das regiões áridas da Índia.

Contudo, já é possível encontrá-la em várias partes do globo. Ela geralmente é cultivada em climas secos, mas há regiões tropicais que também possuem o seu plantio.

De aparência bem característica, o cártamo ainda é usado como corante e aromatizante de alimentos. Portanto, suas funções são bem variadas.

Mas o que é o óleo de cártamo, de fato?

Geralmente vendido no formato de cápsulas, ele é bastante usado na forma de suplementação. Os benefícios são diversos. Esse é motivo pelo qual é muito pesquisado e procurado por quem está atrás de um estilo de vida mais saudável.

Por ser geralmente vendido em cápsulas, é fácil fazer a sua ingestão e usufruir de seus benefícios. Estes, por sinal, são bastante extensos.

Também é importante dizer que esse óleo é usado na alimentação. No preparo de alguns pratos, utiliza-se o óleo para aumentar as propriedades nutritivas do alimento.

Por ser bastante rico em alguns nutrientes, tem se tornado um importante aliado na busca por um estilo de vida mais saudável.

A indústria dos cosméticos também faz uso desse composto. Os cremes capilares são os que geralmente utilizam o cártamo ou o seu óleo.

Benefícios do óleo de cártamo

Os benefícios do óleo de cártamo são um dos motivos pelos quais as pessoas o procuram tanto. E estamos falando de um óleo realmente eficaz em suas capacidades.

Entenda os benefícios do óleo de cártamo:

  • Controle do colesterol ruim: graças à sua composição de fitoesterois e ômega 9, esse óleo é bastante usado para controlar o colesterol ruim (LDL), sendo capaz de proporcionar uma redução entre 12 a 20% em seu nível no sangue – desde que haja um consumo de, no mínimo, oito semanas;
  • Combate níveis altos de triglicerídeos: em uma pesquisa realizada pelo The American Journal of Clinical Nutrition, foi possível observar uma redução significativa dos triglicerídeos em mulheres que faziam a ingestão regular de cápsulas de óleo de cártamo – isso aconteceu por conta da presença do ômega 9 em sua composição;
  • Proporciona sensação de saciedade por mais tempo: como o óleo de cártamo retarda o esvaziamento gástrico, conclui-se que esse composto diminui consideravelmente a fome e garante maior sensação de saciedade – isso é essencial para quem está fazendo controle de peso ou exercícios regulares;
  • Alto poder antioxidante: por possuir uma alta concentração de vitamina E, o óleo de cártamo têm um alto poder antioxidante capaz de contribuir para a proteção das células contra a ação dos radicais livres, retardando o envelhecimento das células.

Esses são apenas alguns dos benefícios constatados pelo óleo de cártamo. Ele ainda pode ter outras propriedades interessantes, mas que talvez não estejam sendo devidamente aproveitadas por todos.

Óleo de cártamo

Para que serve o óleo de cártamo?

Embora já tenhamos entendido os benefícios desse composto, uma dúvida ainda pode pairar no ar: afinal, para que serve o óleo de cártamo?

Uma característica importante e pouco divulgada desse óleo é a sua capacidade de reduzir os níveis do sangue em jejum.

Essa foi a conclusão a que um grupo de médicos e enfermeiros chegou quando analisou a eficácia do óleo de cártamos no combate contra o diabetes.

Além disso, muitos acreditam que esse óleo também é um aliado importante na queima de gordura – especialmente abdominal. Os especialistas acreditam que isso se dá por conta da presença do ômega 6 em sua composição.

Esse composto teria a capacidade de atuar como um catalisador para diversos processos biológicos do organismo. Um deles é especialmente a queima de gordura, que tem a função importante de gerar calor para os órgãos vitais.

Especula-se também que o óleo de cártamo seja importante no combate e cura do câncer de mama.

Alguns especialistas constataram que esse composto é responsável por diminuir a atividade do tumor de forma consistente. Entretanto, outros grupos de cientistas argumentam justamente o oposto. Eles dizem que o óleo de cártamo aceleraria o desenvolvimento desse tipo de tumor.

Óleo de cártamo emagrece?

O aumento na queima de gordura corporal pode, de fato, ajudar no emagrecimento. É a presença do ômega 6 que provavelmente causa esse feito.

Quando esse ácido graxo começa a agir no organismo, ele acelera a queima de cordura, o que faz com que o corpo precise buscar a gordura branca geralmente armazenada na cintura, barriga e quadril.

A sua função catalisadora também proporcionaria maior aumento de gasto calórico. Dessa forma, esses órgãos vitais estariam trabalhando sob maior temperatura.

Contudo, muitos especialistas contestam essa informação. De acordo com eles, é preciso muitos outros estudos para realmente comprovar que o óleo de cártamo é capaz de proporcionar emagrecimento para quem o utiliza.

Óleo de cártamo

Quais são as contraindicações?

Será que um produto tão natural como esse pode possuir contraindicações?

Sim, qualquer composto, se ingerido incorretamente, pode acarretar problemas para o organismo. O óleo de cártamo não é diferente.

Embora ele tenha muitos benefícios e possa ser utilizado de diversas formas para trazer importantes melhorias para o organismo, é preciso ter cuidado.

O uso em excesso desse composto já se demostrou prejudicial para o funcionamento do intestino, estômago e rins.

Isso acontece porque é nesses órgãos que o óleo é processado – embora ainda sejam necessários muitos estudos para chegar a conclusões certeiras, tanto para os benefícios quanto para os malefícios de seu mal uso.

No final das contas, é importante entender que a utilização desse composto precisa sempre estar acompanhada de um médico e nutricionista. Somente assim você conseguirá extrair os verdadeiros benefícios do óleo de cártamo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo