Pepino comum contribui para alimentação com nutrientes e equilíbrio

Inicio » Agricultura » Pepino comum contribui para alimentação com nutrientes e equilíbrio
12/04/2021 Por
Pepino comum contribui para alimentação com nutrientes e equilíbrio

O consumo de frutas, verduras e legumes faz parte de uma alimentação saudável e equilibrada, já bastante discutida pela área da nutrição. No entanto, o estímulo à inclusão desses alimentos no cotidiano brasileiro também fortalece o setor de hortifrutigranjeiros, essencial para o agronegócio no país. Dentre tantos vegetais disponíveis, está o pepino comum – que apresenta diversos benefícios para a saúde.

Em 2021, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) instituiu ser o ano Internacional das Frutas e Vegetais. Ou seja, um ano para promover a diversidade de alimentos e evitar o desperdício. O pepino comum, também conhecido como pepino aodai, faz parte dessa diversidade, cheia de riquezas e nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do organismo.

A salada de pepino é a mais popular no consumo, mas essa não é a única maneira de aproveitar os nutrientes deste legume. Receitas com pepino mostram que o vegetal é versátil, sendo base para pratos diversos.

pepino comum em tijela de metal

Características do pepino comum

Este é um tipo de pepino bastante popular no Brasil, presente em diversas regiões do país. Aliás, ele é conhecido como “comum” justamente por isso, fazendo parte da mesa dos brasileiros.

O pepino comum tem um formato cilíndrico e comprido, com casca verde escura. Possui um sabor leve, bem como o japonês, caipira e até o holandês.

Benefícios do pepino para a saúde

Uma das principais características do pepino está na sua grande concentração de água. Em outras palavras, trata-se de um vegetal com 97% de água em sua composição, liderando os alimentos com alto potencial de hidratação – até mesmo mais que a própria melancia, uma fruta com mais de 90% de água.

Dentre os seus nutrientes estão os minerais, antioxidantes e vitaminas. Além disso, o pepino é popular pela sua quantidade de fibras solúveis, contribuindo para a sensação de saciedade do organismo.

Também é por isso que existe a dúvida se o pepino emagrece. A princípio, o emagrecimento se dá de forma indireta, aumentando a ingestão de água e promovendo mais saciedade nas refeições. Sem contar o baixo valor calórico, tendo menos de 50 calorias incluindo a casca do pepino.

De maneira geral, os benefícios de consumir o vegetal são:

  • Aumentar o consumo de água
  • Ingerir vitaminas como vitamina A e C
  • Se alimentar de fibras que melhoram o funcionamento do intestino
  • Enriquecer a variedade no consumo de vegetais, como adicionar em receitas de saladas e suco de pepino
  • Aumentar a ingestão de potássio, um mineral que atua na eliminação do excesso de sódio no organismo

É possível plantar pepino em casa?

Sim, é possível, e existem algumas dicas de como fazer isso dar certo. Uma maneira facilitada é o plantio em vasos. Por ser viável cultivar o vegetal em espaços pequenos, a plantação pode ser feita em vasos de 30cm, já que o legume se adapta perfeitamente.

Para o plantio, as sementes são depositadas em terra com baixa acidez e fertilização adequada, em covas de até 2cm. A partir disso, é necessário irrigar sem deixar a terra encharcada ou seca demais. Por fim, vale destacar que o pepineiro se adequa melhor em lugares quentes e sem muito vento, não se desenvolvendo com temperaturas frias demais.

Pronto. Basta ficar de olho no desenvolvimento da planta e deixar a terra sempre úmida. O pepino comum vai render receitas nutritivas e pouco calóricas, contribuindo, assim, para uma alimentação equilibrada e diversificada.

Imagem: Dalca Graphic

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo