Periquito rei, da família Psittacidae, é abundante no Brasil

Inicio » Meio Ambiente » Periquito rei, da família Psittacidae, é abundante no Brasil
24/06/2020 Por
Periquito rei, da família Psittacidae, é abundante no Brasil

O periquito rei não possui subespécies. Conhecido em todas as regiões do país com diferentes nomes, o periquito rei é o tipo dessa ave que mais possui volume em território nacional. Além disso, o periquito rei também é abundante em outros países, como na Argentina.

O periquito rei é chamado dessa forma por possuir uma mancha dourada em sua cabeça, que pode ser comparada com uma coroa. Esse pássaro já foi muito mais numeroso, e sua população caiu drasticamente, embora não esteja ameaçado de extinção.

Periquito rei

O que é periquito rei?

Periquito rei é uma ave psitaciforme, sendo uma das mais abundantes em território nacional. É igualmente chamado de jandaia coquinho, cabecinha de coco, jandaia estrela, maracanã de testa amarela, entre outros nomes populares regionais.

Não possui subespécies e o seu nome científico é Eupsittula aurea. Desse modo, esse pássaro é encontrado em todas as regiões do território brasileiro e também na Argentina, tendo diminuído significativamente a sua população nesse país.

A sua presença no mercado nacional é forte, sendo amplamente criado em cativeiro e comercializado em todo o Brasil. O tamanho do periquito rei pode chegar até 29 centímetros e seu corpo é predominantemente verde com o topo da cabeça dourado.

Além do periquito rei, é possível encontrar diversos outros tipos de periquito no mercado nacional. Entre eles, podem ser encontrados os descritos abaixo:

  • Periquito australiano;
  • Periquito verde;
  • Agapornis;
  • Periquito rosa.

Periquito rei

O canto do periquito rei pode ser facilmente ouvido quando a ave está alegre e animada. Além disso, ela possui capacidade de emitir diversas melodias em seu canto, podendo variar conforme o aprendizado e a convivência.

Pode-se observar o periquito rei cantando facilmente, desde que a ave seja bem cuidada e não esteja com nenhuma forma de enfermidade ou isolada de convívio e interação.

O periquito rei fala poucas palavras se ensinado desde cedo, mas o seu forte é o canto.

Hábitos e reprodução do periquito rei

O periquito rei possui uma época específica para o acasalamento que normalmente se dá entre os meses de setembro e dezembro. Os ninhos são feitos em troncos de árvores vazios, em cupinzeiros, em buracos de rochas e até mesmo em barrancos.

Quando eles tomam os cupinzeiros para abrigar a postura de ovos, os cupins costumam vedar as passagens que ficam em contato com as aves, dessa forma impedindo que as aves os atrapalhem e vice-versa.

Normalmente, o casal de periquito rei é monogâmico e vive a vida toda em matrimônio. Desse modo, os periquitos possuem diversos acasalamentos ao longo de suas vidas, e somente com o mesmo parceiro.

A postura é, geralmente, de três ovos. O filhote de periquito reieclode os seus ovos depois de cerca de 30 dias de choco. Dessa forma, os pais alimentam os filhotes com alimentos regurgitados até que eles se tornem independentes.

O periquito rei filhote é alimentado com frutas e sementes que são fornecidos pelos pais. Após isso, pelo segundo mês de vida os filhotes abandonam o ninho e tornam-se independentes, se lançando na natureza para construir suas vidas adultas e reproduzirem-se.

Em habitat natural, essa ave costuma viver e se locomover em bando. Possui ótimas habilidades de voo, e consequentemente está em processo de adaptação ao meio urbano, desde que haja a presença de árvores.

Esse pássaro pode viver até 30 anos e a sua preferência de alimentação são as sementes que há dentro de determinadas frutas. Desse modo, a dieta na natureza é composta de frutas como mangas, laranjas, bananas, cajus, entre outras.

Periquito rei

Criação do periquito rei

Na criação em cativeiro, a alimentação deve ser predominantemente de rações especiais para esse tipo de periquito. Os frutos são importantes na dieta da ave, assim como as sementes, que desempenham um papel importante na lubrificação do trato digestivo.

A interação dos tutores é fator determinante na saúde emocional dessas aves, que odeiam a solidão e o isolamento. Dessa forma, é aconselhado a companhia constante, além do uso de brinquedos e até mesmo de outras aves para animar a rotina do periquito rei.

As gaiolas ou viveiros precisam ter um bom espaço físico além de diversos poleiros, visto que as aves são muito ativas e animadas. Igualmente, é preciso que a limpeza diária seja mantida, caso contrário, doenças e infecções poderão acometer o animal.

A água para o banho deve também ser trocada diariamente, por mais que aparente estar limpa. Assim sendo, diversas doenças serão evitadas somente com esse hábito simples e rápido, além de manter a ave mais alegre e feliz.

Da mesma forma, esses animais devem ser preferencialmente criados em casais, visto que são monogâmicos e a companhia de outro pássaro pode ser fator determinante na saúde do animal. Jamais deve se separar um casal, e somente é indicado que a ave seja criada sozinha desde filhote.

É importante lembrar que somente com muita interação o periquito rei se mantém emocionalmente bem. Assim sendo, aves que ficam isoladas sem interação podem adotar a automutilação, arrancando as próprias penas e unhas.

O mercado do periquito rei

Conforme mencionado no início, essa ave é amplamente comercializada no mercado nacional, sendo um dos tipos de periquito com maior volume de vendas. No entanto, vale lembrar que a comercialização precisa respeitar a legislação.

Esse animal possui uma posição de destaque no mercado de aves, inclusive pelo fato de ser um animal silvestre. É muito procurado pela sua beleza e capacidade diferenciada de interação com os tutores e até mesmo com outras aves.

Outro ponto importante que deve ser mencionado é que, ao adquirir um periquito rei, o comprador deve sempre solicitar a nota fiscal, a fim de garantir o cumprimento das exigências legais. Trata-se de um animal silvestre.

O custo de uma ave dessas pode girar em torno de R$ 700 até R$1500. Os preços podem variar, conforme a ave em questão, visto suas características especiais conforme a raridade que o mercado apresenta.

É uma ave muito bonita e de grande carisma, que quando bem cuidada pode ser uma companhia calorosa para os seus tutores. Além disso, o periquito rei é considerado muito dócil e amoroso, sendo que a criação do animal influencia diretamente na sua personalidade e comportamento.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo