O pimentão e a sua importância de produção no campo rural

Inicio » Agricultura » O pimentão e a sua importância de produção no campo rural
12/04/2019 Por
O pimentão e a sua importância de produção no campo rural

O pimentão é um vegetal muito vantajoso, tanto na produção como no consumo

A produção do pimentão no país é muito forte, pois o vegetal se adapta facilmente ao clima tropical. A origem deste alimento é mexicana e da América Central, por isso sua produção é tão farta nos solos brasileiros. Ele é da mesma família da batata e contém muitas propriedades importantes para o organismo humano, como vitaminas e minerais.

O pimentão é um tipo de hortaliça muito conhecido no Brasil. O consumo deste vegetal está presente em todo o país por conta dos benefícios que carrega. Por ser um superalimento, ele é recomendado para o tratamento de doenças ocasionas por carência de ferro e minerais no organismo, como a anemia e baixa resistência imunológica.

Pimentão

O que é pimentão?

O pimentão é um vegetal da mesma família das pimentas, porém, é menos picantes que muitas delas. Em relação à questão que investiga se o pimentão é fruta ou não, este alimento é, na verdade, um tipo de fruto; mas não uma fruta em si. Ele é muito comum nos pratos brasileiros por conta de seus muitos benefícios como, por exemplo, ser uma fonte rica de ferro, vitaminas e minerais essenciais ao organismo.

Além disso, sua produção é muito presente em diversos regiões do país. Esta hortaliça contêm alto poder de adaptação e, por isso, seu cultivo é barato e muito lucrativo. No âmbito do agronegócio, este alimento é visto como ingresso rápido para os que desejam atuar no mundo agrícola.

Tipos de pimentão

Existem três principais tipos de pimentões consumidos: pimentão vermelhopimentão verde e pimentão amarelo. Cada um deles é caracterizado por propriedades nutricionais diferentes; deste modo, o momento da escolha de qual levar para casa diz respeito ao o que o consumidor deseja.

  • Pimentão vermelho

O pimentão vermelho é a melhor escolha para os que buscam manter a pele jovem. Além de ser rico em vitamina A, ele é também antioxidante. Suas propriedades são capazes de manter um melhor desenvolvimento do tecido da pele e, por conseguinte, a manter nutrida. Outro ponto importante é sobre a sua coloração: o tom avermelhado é fonte de vitamina C, tornando-a mais nutritiva.

  • Pimentão verde

O pimentão do tipo verde é conhecido por suas propriedades capazes de auxiliar no processo de emagrecimento. Em razão de seu amadurecimento no momento da colheita não ter sido completo, ele é o mais azedo dos três; embora seja a opção menos calórica, e por isso, escolhido em dietas como complemento de saladas, por exemplo. Em sua composição, a presença de vitamina E é muito alta, por isso, é um alimento antioxidante recomendado no tratamento de doenças. Além disso, é o tipo de hortaliça é a mais barata do mercado, pois sua produção demanda menos tempo e investimento.

Contudo, seu consumo não deve ser exagerado. Estudos apontam que a acidez deste alimento em grande quantidade é prejudicial ao organismo humano, dificultando o processo da digestão. Portanto, consumir esta hortaliça em menores porções evita problemas e continua sendo uma opção muito saudável.

Pimentão

  • Pimentão amarelo

O pimentão amarelo é conhecido por ser rico em vitamina C. Do mesmo modo que os outros tipos, o amarelo é também um agente antioxidante e oferece ajuda para o organismo na absorção de nutrientes como o ferro. Por isso, esta hortaliça é muito recomendada para tratamentos de anemia ou problemas com baixa resistência imunológica. No âmbito culinário, ele é o mais doce entre os três e também serve como complemento para saladas.

Benefícios do pimentão

Os benefícios do pimentão, assim como citados anteriormente, são levemente diferentes para cada tipo da hortaliça. Contudo, há nutrientes do pimentão comuns entre os três. Todos eles são fontes ricas de fibras, o que permite um melhor funcionamento da flora intestinal e evita complicações digestórias. Também são fonte de ferro; esta característica é um forte auxiliar no combate da anemia e outras problemáticas por carência de nutrientes, do mesmo modo que também são importantes para o fortalecimento do sistema imunológico.

Suas propriedades com alto teor de vitaminas são importantes para um melhoramento e enriquecimento de propriedades nutritivas no organismo. Esta hortaliça é também fonte de cálcio, o que promove mais saúde e a tonificação dos ossos. Por isso, o consumo de pimentão na fase de formação dos dentes e ossos é muito importante; e acrescentar este alimento de forma equilibrada na dieta de crianças e adultos pode fazer toda a diferença.

Plantação de pimentão

A plantação de pimentão em agriculturas familiares é a que mais cresce no país. Neste tipo de cultivo é utilizada uma cobertura no plantio que promete proteger os vegetais de pragas indesejáveis e ervas daninhas. A tecnologia faz com o que os vegetais sejam suspensos ao solo e não corram o risco de contato com possíveis infestações ou epidemias de doenças. Do mesmo modo que melhora o desenvolvimento do fruto, pois permite maior espaço para crescimento.

Um fator que em muitos lugares poderia ser considerado uma desvantagem e que, no Brasil, se destaca como vantagem para a plantação do pimentão é que este vegetal não se desenvolve bem no frio. Deste modo, seu melhor desempenho na produção acontece nos períodos quentes e úmidos, típicos do clima brasileiro.

Pimentão

Durante seu processo de crescimento e floração, o pimentão necessita de uma taxa de umidade do ar maior de 75%; assim como também requer alta taxa de luminosidade para o crescimento eficiente. Caso contrário, o fruto sofre com estiolamento na planta, ou seja, seus galhos ficam frágeis e murchos.

Além disso, o plantio do pimentão é muito importante para a questão econômica do país. Esta atividade agrícola no Brasil é responsável por cerca de 13 hectares de área cultivada em todo o campo rural brasileiro, este espaço equivale a 280 toneladas do fruto.

Por este motivo, o pimentão está entre as 10 hortaliças mais importantes para o mercado agro brasileiro. As regiões responsáveis pela maior concentração de produção estão concentradas em São Paulo e Minas Gerais. O mercado nacional do pimentão gera em média 1,5 milhões de dólares por ano e o maior parceiro comercial é os Estados Unidos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo