Pônei é menor que um cavalo e tem cauda e crina mais densas

Inicio » Pecuária » Pônei é menor que um cavalo e tem cauda e crina mais densas
24/07/2019 Por
Pônei é menor que um cavalo e tem cauda e crina mais densas

Pônei é um animal de temperamento dócil e ativo

Apesar de ser muito menor que um cavalo, o pônei não fica para trás quando o assunto é resistência física. Afinal de contas, apesar da altura de um pônei adulto não ultrapassar 1,50 m (100 centímetros, no caso do pônei brasileiro), ele pode chegar à marca de 100 kg. Devido a estas medidas, o animal é muito utilizado para fins de trabalho.

Curiosamente, graças ao seu temperamento dócil e gracioso, príncipes e princesas do século XVII eram presenteados com pôneis de estimação. Muito embora esse hábito tenha se perdido, o pônei permanece sob o posto de um animal muito valorizado. Atualmente, o equídeo é utilizado em práticas terapêuticas de pessoas hospitalizadas, tais como adultos e crianças que sofreram algum trauma.

Pônei

O que é pônei?

Pônei é um equídeo de pequeno porte com temperamento e morfologia próprios. Em comparação aos cavalos, as discrepâncias não terminam na sua estatura menos avantajada. Entre outras peculiaridades, as caudas e crinas do pequeno equídeo são de textura mais densa. Além disso, suas pernas são mais curtas, proporcionalmente falando, enquanto sua estrutura óssea é mais pesada.

Dentre tantas características, a sua altura constitui a principal e mais notável. No equídeo, esse número costuma oscilar entre 86 centímetros até 147 centímetros. Enquanto alguns aceitam pôneis com 150 centímetros, outros padrões mais exigentes desaprovam equídeos de pequeno porte com mais de 142 centímetros.

Contudo, quando se trata do mini pônei, a altura costuma ficar abaixo dos 100 centímetros. Assim sendo, observa-se que o tamanho tende a variar de acordo com as raças dos cavalos pônei em questão.

Raças de pônei

De fato, os pôneis não constituem uma raça homogênea. Os equídeos de pequeno porte podem aparecer como mais de uma raça com suas devidas características próprias. Entre elas, podemos citar as seguintes.

Raça garrana

A raça de pônei garrano é uma raça de equídeos nativos de Portugal. O nome garrano deriva, provavelmente, do pro celta gearran. Gearran foi uma antiga raça de equídeo, desassociada dos demais desde o Quaternário. A raça se encaixa no extenso grupo chamado de Cavalo Ibérico, em razão das características típicas à origem do animal.

O equídeo garrano é, entre os seus demais irmãos do Sudoeste da França e Norte da Península Ibérica, o mais antigo.

Raça pônei brasileiro

A raça de equídeo brasileiro está destinada à iniciação infantil à equitação. O animal também pode ser utilizada para a tração leve.

O pônei brasileiro é considerado um equino ágil, eumétrico, de temperamento dócil e adequado ao serviço. Suas proporções entre o comprimento do corpo e a altura da cernelha são equilibradas.

Elegante e bem aprumado, sua frente é leve e altiva, enquanto a angulação de seus membros favorece a liberdade de movimentos aos passos, trotes e galopes. As proporções e características padrões da raça brasileira podem ser definidas como:

  • Altura máxima de equinos machos aos 36 meses: 100 centímetros;
  • Altura máxima de equinos fêmeas aos 36 meses: 110 centímetros;
  • Altura apropriada para a raça brasileira: 90 centímetros;
  • Temperamento da raça brasileira: dócil e ativa;
  • Pelagem da raça brasileira: todas as variações de pelagens.

Pônei

Pônei Shetland

O pônei Shetland, como seu nome sugere, é uma raça de equídeos de pequeno porte nativa das ilhas Shetland. De modo igual, o tamanho de um equino Shetland pode variar de animal para animal. Em suma, sua altura mínima é de cerca de sete palmos, enquanto a altura oficial máxima alcança onze palmos.

A pelagem do equídeo Shetland é densa, suas pernas são curtas e seu temperamento é considerado altamente inteligente. Graças à força relativa à raça, o equídeo das Ilhas Shetland é usado para tração, carga e também montaria.

Os pôneis do nordeste da Escócia vêm sendo criados nas ilhas Shetland desde a Idade do Bronze. Especula-se que o povo residente das ilhas teria cruzado sua raça nativa de equídeos com aqueles importados pelos colonizadores nórdicos.

De modo igual, acredita-se que a raça Shetland tenha influências dos pôneis celtas, levados às ilhas por intermédio de colonos, entre os anos de 2000 e 1000 a.C. Já a resistência extrema dos animais estaria adereçada ao seu desenvolvimento sob climas severos e escassez de comida.

Sendo assim, os pôneis das Ilhas Shetland foram os primeiros equídeos de pequeno porte utilizados para puxar carroça. A princípio, os animais carregavam carvão, turfa e demais itens, arando também as terras de cultivo.

Criação de pônei

Muitos se perguntam se a criação de pôneis constitui um bom negócio. Atualmente, o custo baixo da criação, somado a uma oferta maior do que a procura, tem atraído interessados nessa prática.

Portanto, além de lucrativa, pode-se dizer que a criação de pôneis é uma alternativa viável e inteligente para proprietários de fazendas menores, tais como chácaras.

O custo de criação equivale a cerca de cem reais mensais, uma vez que o pônei pesa aproximadamente 100kg. Portanto, o cálculo resulta em 1 quilo por dia mais 2 quilos por dia de vermífugo, vacina, sal mineral e feno. Em resumo, a equação é:

  • 30 quilos de ração por mês = R$ 30,00;
  • 60 quilos de feno por mês = R$ 60,00;
  • Medicamentos e sal mineral  = R$ 10,00;
  • Custo total por animal = R$ 100,00.

Sendo assim, o custo mensal de criação de um cavalo de pequeno porte se prova mais barato do que o valor gasto com a criação de um cachorro, em muitos casos.

Mas quanto custa um pônei? Vejamos a seguir!

Pônei

Preço de um cavalo de pequeno porte

O valor de um pônei varia de acordo com raça, idade, pelagem, cor e sexo do animal. Nessa equação ainda entram a região, local e loja onde é fechada a compra. Em suma, o preço dos equídeos machos costuma ser superior àqueles pagos pelas fêmeas.

Todavia, se a intenção é promover a reprodução dos equídeos de pequeno porte, o ideal é adquirir uma quantidade significativa de fêmeas. Além disso, é possível comprar um filhote de pônei ou equídeas fêmeas já prenhas.

De acordo com as pesquisas de preço, um pônei tende a custar de 1.500 a 7.000 reais. Afinal de contas, por se tratar de uma atividade lucrativa, com retorno rápido de investimento, a demanda pelo animal tem aumentado consideravelmente.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo