Porteira está presente na entrada de toda propriedade rural

Inicio » Agronegócio » Porteira está presente na entrada de toda propriedade rural
10/08/2020 Por
Porteira está presente na entrada de toda propriedade rural

Importante para a segurança e controle de gado, porteira faz sucesso em todo o Brasil

Através de uma tradição que já está enraizada na cultura brasileira, a porteira é amplamente conhecida e aparece em residências rurais espalhadas pelo país. Um dos exemplos da corriqueira presença deste item no cotidiano de quem costuma morar nas zonas rurais está na música “Menino da Porteira”, do artista Sérgio Reis.

Porteira é o nome dado para os grandes portões, que podem ser de madeira ou de plástico, que ficam à frente de residências rurais. Independentemente do tamanho da área, a porteira é fundamental para delimitar o espaço e controlar a passagem. Saiba tudo sobre a importância deste item!

porteira

O que é porteira?

Porteira é o nome dado a um portão grande, que pode ser feito de qualquer material e é fundamental para qualquer área rural.

Isso acontece, principalmente, pela controladoria oferecida em relação a veículos, gados e pessoas. Você tem total controle sobre todos os que estão passando por determinado local.

Em dimensões menores, estes itens também estão presentes na entrada de currais, evitando que animais de médio e grande porte possam romper a passagem estabelecida. No entanto, neste tipo de item, é muito importante investir em porteira curral de um bom material.

Tradição da porteira

A invenção milenar que envolve a presença da porteira não se desenvolveu necessariamente no Brasil.

Os povos antigos que produziam nas áreas rurais sentiam grande necessidade de contar com um item desta natureza, que mantivesse todo o controle de passagem. Por isso, é normal que você encontre este item em fazendas estabelecidas por todas as partes do planeta.

Os elementos rústicos também fazem parte da tradição estabelecida em torno deste elemento. Por isso, é absolutamente comum encontrar porteiras compostas por madeiras mais velhas, que preservam toda a identidade rústica do item.

porteira

Composição da porteira

Para a montagem deste item, você pode contar com uma ou duas folhas entre os mourões, estabelecendo madeiras verticais (também conhecidas como palanques), madeiras horizontais, ferragens, trancas, réguas e dobradiças. Unindo estes itens, você contará com o mais original formato.

Entre os materiais, é necessário optar por madeiras que sejam mais resistentes ao tempo e ao impacto, principalmente pelo fato da porteira ficar exposta ao sol e às chuvas.

No Brasil, há algumas boas opções como Aroeira, Ipê, Itaúba e Faveiro. Os mourões de madeira deve ser extremamente resistentes, oferecendo longa durabilidade de possibilidade de restauração constante.

porteira

A grande parte das porteiras existentes é de funcionamento manual, mas hoje em dia já foram criadas formas de operação elétrica destes elementos. Em alguns casos, também há a possibilidade de fazer com que a presença dos carros acione automaticamente o portão, agindo por meio de um sensor. Porém, é necessário que alguém vistorie estas passagens na porteira de ferro, principalmente quando se tratar da passagem de gado.

Também é possível encontrar a porteira de madeira nas cidades grandes, principalmente em áreas de ferrovias. Estes acessos são controlados por funcionários, que observam quem entra e sai de uma zona considerada de risco.

Nesses casos, porém, a porteira já começa a ser substituída por equipamentos mais modernos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo