Porto seco é um terminal ligado por estrada, via férrea ou aérea

Inicio » Agronegócio » Porto seco é um terminal ligado por estrada, via férrea ou aérea
09/08/2020 Por
Porto seco é um terminal ligado por estrada, via férrea ou aérea

Atualmente, o porto seco é uma das principais ferramentas para comércio exterior

O Brasil ampliou muito a sua relação com o comércio exterior nos últimos anos, principalmente de 1990 até aqui. Mas é importante destacar que a estrutura dos portos marinhos não passou por evoluções nos últimos anos, seja por falta de investimento interno ou pela falta de interesse privado. Esse cenário faz com que o país tenha algumas desvantagens quando comparado a estruturas montadas em outros países.

Pensando neste cenário, foi desenvolvido o porto seco, que é uma excelente alternativa de uso no mercado brasileiro e promete crescer ainda mais nos próximos anos. Reunimos algumas informações sobre como funciona esta nova logística, além de apresentar a importância para esta opção em todo o país.

Porto seco

O que é porto seco?

Porto seco é considerada uma zona secundária, diferente de portos e aeroportos. Assim, para entendermos o que é porto seco, devemos saber que sua área consiste em um espaço alfandegário de uso público.

Por meio de permissão, entidades privadas passam a usar este tipo de local. É dessa forma que acabam recebendo mercadorias que serão exportadas ou que estão sendo importadas, sempre de acordo com as normas fixadas pela Receita Federal.

Por meio de um DAC (Depósito Alfandegado Certificado), as empresas podem oferecer este serviço de despacho, movimentação e armazenamento. Além disso, também é possível realizar a exportação dos produtos, que acabam liquidando o câmbio antes mesmo da partida. De acordo com a fiscalização, a mercadoria ali presente já é considerada exportada.

Em resumo, o trabalho que envolve o que é um porto seco consiste em acelerar os processos burocráticos. Quando a mercadoria chega ao porto marítimo ou aeroporto, ela já está pronta para embarcar. Dessa forma, todos os trabalhos acontecem de maneira mais rápida, deixando o fluxo cada vez mais acelerado.

Porto seco

Importância do porto seco para a exportação

Economicamente, o porto seco ganha cada vez mais espaço por ser extremamente viável, principalmente para os grandes empresários. Os espaços rendem grande economia de tempo e tornam a exportação cada vez mais dinâmica, além de acelerar também a chegada de produtos importados. O escoamento rápido é o grande diferencial desta alternativa.

A logística também é facilitada, fazendo com que regiões do interior dos estados brasileiros possam ter um acesso maior aos produtos vindos do exterior, independente da operação dos aeroportos de cidades menores.

A operação em todo o Brasil faz com que os portos secos sejam extremamente valorizados e gerem integrações rápidas com países vizinhos.

Porto seco

Vantagens em números

O período de armazenamento de uma carga importada é maior quando se trata de um porto seco. A mercadoria pode permanecer no local por até 120 dias, enquanto uma zona primária só manteria o item no local por apenas 90. São 30 dias a mais para planejar alguma retirada ou locomoção.

Em relação ao custo do armazenamento, o porto seco também se destaca. É possível obter uma economia de até 30% dos recursos em comparação com um armazenamento longo em porto marítimo. Ademais, quando se fala em aeroportos, a vantagem é ainda maior, chegando a 90% de custos reduzidos utilizando-se este recurso.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo